Ex-atacante Fernandão morre em acidente de helicóptero

7 de junho de 2014 0 Por Administrador

Ex-jogador de 36 anos morreu em queda de helicóptero (Foto: Internacional/Divulgação)

 

O ex-atacante Fernandão morreu na madrugada deste sábado (7), aos 36 anos, após sofrer um acidente de helicóptero na cidade de Aruanã em Goiás. O ex-jogador voltava de sua casa no interior para Goiânia quando, por volta da 1h30 da manhã, sofreu o acidente, segundo a Polícia Civil. Outras quatro pessoas estavam no helicóptero no momento e nenhuma delas sobreviveu.

 

O presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Noveletto confirmou a morte, disse que tinha Fernandão como “filho” e lamentou o ocorrido. “O Fernandão estava voltando de sua casa para Goiânia e sofreu o acidente. Infelizmente essa informação não tem como não ser verdade. Queria estar falando em um dia 1.º de abril. É uma lástima, mas infelizmente é uma informação que se confirma”, disse, à Rádio Gaúcha.

Fernando Lúcio da Costa, o Fernandão, foi revelado pelo Goiás, atuou por Olympique de Marselha, Toulouse, São Paulo e Al Gharafa, mas se notabilizou e virou ídolo com a camisa do Internacional, pelo qual conquistou dois Campeonatos Gaúchos (2005 e 2008), uma Recopa Sul-Americana (2007), além da Libertadores e do Mundial de Clubes de 2006.

Até por isso, o clube foi um dos primeiros a se manifestar na manhã deste sábado. “O Sport Club Internacional e a nação colorada estão de luto”, dizia a nota no site oficial. “O momento é de profundo pesar pela partida prematura do ídolo de 36 anos, mas o que fica são lembranças gloriosas de um atacante que honrou a camisa do Internacional com seu espírito de liderança, sendo um dos jogadores mais importantes dos 105 anos do clube.”

 

A idolatria de Fernandão no Internacional começou logo em sua estreia, quando marcou o gol de número 1000 na história do Gre-Nal. O jogador ainda foi dirigente e técnico do time gaúcho, mas sem grande sucesso. Ele iniciava agora uma carreira como comentarista de TV. “O clube do povo se solidariza com a família e com todos os fãs de Fernandão. Força!”, apontava a nota do Inter.

Ainda segundo informações da Polícia Civil, o helicóptero em que Fernandão estava foi encontrado sobre um banco de areia às margens do Rio Araguaia. O ex-atacante era o único dos tripulantes ainda com vida quando oficiais chegaram ao local, mas respirava com dificuldades. Ele foi socorrido e encaminhado ao hospital, onde já chegou morto.

Em site oficial, o Inter publicou uma nota em que lamenta a morte do ídolo e decreta luto.

Confira a nota

O Sport Club Internacional e a nação colorada estão de luto. Fernando Lúcio da Costa, o Fernandão, perdeu a vida em um acidente de helicóptero ocorrido na madrugada deste sábado (7/6) em Aruanã-GO.

O momento é de profundo pesar pela partida prematura do ídolo de 36 anos, mas o que fica são lembranças gloriosas de um atacante que honrou a camisa do Internacional com seu espírito de liderança, sendo um dos jogadores mais importantes dos 105 anos do Clube.

Fernandão atuou em 190 partidas e marcou 77 gols – o primeiro deles, logo na sua estreia, em 2004, foi o de número 1000 da história do Gre-Nal. Nascido em Goiânia, mas plenamente identificado com Porto Alegre, foi o capitão do time nas inesquecíveis conquistas da Libertadores da América e do Mundial FIFA, ambas em 2006, e também desempenhou no Colorado as funções de diretor técnico, em 2011, e de treinador, em 2012. Os títulos do Gauchão (2005 e 2008) e da Recopa (2007) também fazem parte da sua trajetória.

O Clube do Povo se solidariza com a família e com todos os fãs de Fernandão. Força!