Equipe de TV fica no meio de tiroteio

Uma equipe de reportagem da TV Borborema, afiliada do SBT em Campina Grande, na Paraíba, tomou um grande susto na manhã desta terça-feira (9), quando fazia uma matéria no bairro do Jeremias, um dos mais perigosos da cidade.

A repórter Cláudia Gomes e seu cinegrafista estavam entrevistando uma mãe que havia acabado de perder o filho, na casa da família, quando de repente um carro branco com a placa de táxi chegou na rua, e alguns homens que estavam dentro começaram a atirar para o alto.

Segundo relatos da própria jornalista, todos ficaram muito assustados com a situação e fugiram do local. Ela disse que correu para dentro da casa, o cinegrafista acabou pulando o muro para outra residência e o motorista da equipe, que estava dentro do carro do lado de fora da casa, também saiu às pressas com o próprio veículo.

A equipe da emissora só voltou à rua apenas quando moradores da região alertaram de que os homens já haviam saído. Depois de toda a confusão, eles retornaram imediatamente à redação da emissora, e não chegaram ao registrar Boletim de Ocorrência na polícia.

Cláudia conta que o tiroteio pode ter relação com o homicídio que foi tema da entrevista, crime que é fruto de uma briga de gangues nos bairros vizinhos do Jeremias e do Araxá. “O que nos intriga é saber se eles chegaram para intimidar a gente, da reportagem, ou para amedrontar a família, que estava dando entrevista”, explica.

A repórter diz que nunca havia passado por uma situação de tensão tão grande como essa, envolvendo tiros. “Eu fiquei na dúvida, me perguntando se eles [os bandidos] iriam entrar dentro da residência, porque a mulher tinha narrado que o filho havia sido morto na rua, e os bandidos chegaram atirando pra todo lado também. Uns conseguiram correr e não foram atingidos, mas ele não conseguiu e foi morto”.

Apesar do susto, todos os integrantes da equipe se encontram bem. Apenas o cinegrafista sofreu pequenos arranhões, ao tentar pular o muro da casa para se esconder em outra.

Administrador

Deixe uma resposta