Comovente: Ataque à creche de Janaúba faz mais uma vítima; 13ª morte confirmada

Reprodução: InterTV Grande Minas

O ataque à creche Gente Inocente em Janaúba, no Norte de Minas, fez mais uma vítima na tarde desta segunda-feira (4). A professora auxiliar Jéssica Morgana Silva Santos, de 23 anos, morreu na cidade de Montes Claros, no Norte de Minas. Ela estava internada no hospital Santa Casa desde o ataque à creche, no dia 5 de outubro. Somado às 11 vítimas do ataque e ao responsável pelo ataque, o vigia Damião Soares Santos, esta é 13ª vítima da tragédia.

Segundo a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), três pessoas ainda permanecem internadas em Belo Horizonte. Uma mulher em estado grave e uma criança em estado grave e outra criança já estável.

Indenização

Defensoria Pública do Estado deu início a uma Ação Civil Pública (ACP) em defesa de Janaúba e das vítimas do atentado que vitimou duas professoras e nove alunos de uma escola na cidade. No dia 5 de outubro, um vigia da escola provocou um incêndio na creche Gente Inocente, em Janaúba. A ação pede para que o município indenize os danos sofridos pelos familiares e vítimas do incêndio na creche.

No documento, a Defensoria sustenta a responsabilidade objetiva do município, já que o autor do incêndio, um vigia da creche, era servidor público municipal. Em razão disto, ele tinha amplo acesso à escola. Tanto que, no dia do ataque, ele foi ao local com o argumento de que iria entregar atestado médico à coordenação.

Via Portal BHAZ

Administrador

Deixe uma resposta