policia Arquivo

Um corpo esquartejado foi encontrado por populares, na manhã desta quarta-feira (07), em uma região de matagal, na comunidade Campo de Santa Cruz, na cidade de Macaíba, região metropolitana de Natal. A vítima ainda não identificada teve os membros arrancados, e em seguida foi queimada.

De acordo com moradores da região tiros foram ouvidos durante a madrugada, mas ninguém chegou a ver qualquer movimentação estranha. A Polícia Militar está no local isolando o corpo. A Polícia Civil e o ITEP já foram acionados para dar início as investigações.

Na Ficha da Polícia RN

Um deles é apontado como autor de roubo em uma granja

Uma ação da Delegacia de Polícia Civil de Macaíba, com apoio da Polícia Militar, resultou na prisão em flagrante de três homens pela prática do crime de tráfico de drogas, nesta segunda-feira (05). Um deles também foi autuado pelo crime de posse ilegal de arma de fogo. De acordo com investigações da Polícia Civil, um deles praticou um roubo em uma granja da cidade no dia 30 de janeiro deste ano.

“Nós chegamos até os homens após termos recebido uma denúncia informando que na zona rural de Macaíba havia um ponto de venda de drogas e que pessoas vindas de São José do Mipibu buscavam drogas nesse lugar. A Polícia Civil e Militar fez diligências na área e abordamos uma dupla que estava em uma motocicleta portando drogas. Conseguimos prender a dupla, Ericlênio Dantas da Silva, 21 anos e Almir Trajano da Silva, 38 anos, com o material ilícito e logo depois localizamos o fornecedor de drogas. No local, nossas equipes prenderam Almir Fernando Damasceno, 30 anos, dono da residência, o qual estava com uma espingarda calibre 12 e objetos que pareciam ser produto de crimes”, detalhou a delegada Michelle Alcântara Dias.

Na Delegacia, já havia um boletim de ocorrência informando sobre o roubo em uma granja, no final de janeiro e a equipe conseguiu identificar que Almir Fernando Damasceno praticou o crime. Os três homens foram autuados pelo crime de tráfico de drogas e Almir Fernando Damasceno, que cumpre pena no regime semiaberto, também foi autuado pelo crime de posse ilegal de arma de fogo.

PC/ASSECOM

 

Um crime de homicídio foi registrado no início da tarde desta terça-feira (06) próximo ao mercado novo na cidade de Macaíba, região da Grande Natal.

A vítima foi identificada como Karolaine Renata, 17 anos. Ela foi assassinada com vários disparos de pistola calibre .380.

Elementos em um carro de placas não identificadas foram vistos fugindo da cena do crime. Segundo familiares, a jovem era usuária se drogas, mas não se sabe ao certo se essa foi a motivação para o crime.

Uma equipe do ITEP é aguardada no local para realizar a remoção do corpo até a sede do órgão em Natal.

Informações da página Na Ficha da Polícia RN

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, defendeu nesta segunda-feira (5) a criação de um sistema federal unificado de segurança pública como forma de aprimorar a troca de informações entre agentes e órgãos públicos, além do desenvolvimento de instrumentos de fiscalização, investigação e repressão mais modernos.

— Propomos a junção e a comunicação entre os órgãos de segurança pública e inteligência já existentes, a fim de que operem conjuntamente, de modo ágil e flexível, em uma rede unificada em nível nacional em prol da segurança dos cidadãos — afirmou.

Em discurso na sessão solene de abertura dos trabalhos legislativos de 2018, Eunício também defendeu a instalação obrigatória de bloqueadores de celulares em presídios, além da construção imediata de colônias agrícolas penais para presos de menor potencial ofensivo. Tais medidas, previstas em projetos que tramitam no Congresso, poderão contribuir para a redução efetiva da criminalidade e diminuir a sensação de insegurança que atinge a população, afirmou.

Eunício disse que a insegurança pública é a “nuvem cinza” que turva os horizontes do Brasil. Em razão disso, afirmou, a população vive em um ambiente em que poucas ou raríssimas famílias podem dizer que não conhecem uma pessoa vítima de algum tipo de violência.

— Já faz algum tempo que a insegurança pública nos assombra, o que exige de todos nós o esforço e o espírito públicos que possamos reunir em nossas atividades parlamentares. Já temos um exemplo: o sistema nacional da saúde, por meio do SUS, o sistema nacional de educação, por meio do Fundeb, mas nenhum sistema efetivo e unificado na área de segurança pública – afirmou.

O presidente do Senado disse que os três Poderes devem unificar esforços para a modernização da administração da Justiça e de todo o aparato de segurança pública do Estado brasileiro, nas três esferas federativas.

— Um novo sistema unificado de segurança pública permitirá mais rapidez em processos, o aprimoramento na troca de informações entre agentes e órgãos públicos, e o desenvolvimento de instrumentos de fiscalização, investigação e repressão mais modernos e essenciais para combater a nova configuração da criminalidade – afirmou.

Eunício ressaltou ainda que preservar a integridade física dos cidadãos é a primeira obrigação de um Estado democrático, tendo em vista que, sem  direito à vida, todos os outros direitos se dissipam e perdem sentido.

— Nós acreditamos que o Brasil pode vencer os desafios da insegurança pública de maneira firme e corajosa. Mas é preciso agir de forma cada vez mais vigorosa e preventiva contra o crime organizado, o tráfico de armas, o tráfico de drogas e a violência que impera. Como defendem especialistas e autoridades do Judiciário e do Executivo, precisamos de tecnologia, logística e recursos, tanto financeiros como recursos humanos – afirmou.

Agência Senado

Fotos: Reprodução (Facebook/WhatsApp)

Em Macaíba, houve um duplo-homicídio neste sábado (03). Segundo a PM, as vítimas estavam em uma festa de aniversário que acontecia no assentamento Eldorado do Carajás, quando cerca de 10 homens chegaram ao local e tiraram elas de lá. Uma das vítimas, Rubenilson Fabiano da Silva, 32 anos, era o próprio aniversariante.

Do lado de fora, os criminosos atiraram em Rubenilson e em Michel Francisco da Silva, de 26 anos. Eles ainda roubaram duas motos e um carro e fugiram em seguida.

As vítimas chegaram a ser socorridas para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Macaíba, mas não resistiram aos ferimentos.

Informações do G1/RN

Senadinho Macaíba – Na noite desta sexta-feira (02), um homem foi executado a tiros no bairro Campo da Santa Cruz, em Macaíba. Segundo informações de populares ao site Senadinho Macaíba, a vítima identificada por “Binho”, que trabalha em um depósito de bebidas no centro da cidade, estava em um churrasquinho quando cerca de dois homens chegaram em uma moto e efetuaram vários tiros contra o mesmo, que veio a óbito no local.

O Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar foi acionado na tarde desta sexta-feira (02), para averiguar o conteúdo de uma mala abandonada na escadaria do Shopping 10, que fica no bairro do Alecrim, zona leste de Natal. Muitos curiosos se concentram no local. A avenida Leonel Leite foi bloqueada por agentes da STTU.

A Secretaria de Segurança Pública do RN (SESED) informou que o Esquadrão Antibombas do Bope fará a identificação do conteúdo da mala. Até a publicação desta reportagem, não havia informações sobre o que há dentro da mala.

*Felizmente, o caso não passou de um alarme falso. A Polícia detonou a mala e descobriu que havia apenas papéis em seu interior.

Na Ficha da Polícia RN

Uma mulher de 52 anos se entregou à polícia na manhã desta quinta-feira (1º) e confessou que matou o marido de 61 anos envenenado, em Campina Grande.

Segundo a Polícia Militar, o crime foi cometido por causa de ciúmes. A mulher disse à Polícia Civil que colocou um veneno usado para matar ratos no jantar do marido –cuscuz e refrigerante– e na sequência foi dormir.

Segundo a delegada de homicídios Ellen Maria, Ednalva Laurindo Ferreira disse que cometeu o crime porque o marido tinha um relacionamento com outra mulher. O pedreiro Irenaldo Bezerra ingeriu os alimentos com veneno na noite de quarta-feira (31), no Conjunto Ronaldo Cunha Lima.

O idoso foi encontrado morto na cama onde dormia na manhã desta quinta-feira (1º). A mulher foi até a casa de parentes, onde confessou o crime, e os familiares acionaram a polícia. O casal vivia junto havia seis anos.

A mulher foi presa e levada para a carceragem na Central de Polícia da cidade. O corpo da vítima foi levado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande.

G1/PB

Na Ficha da Polícia RN – Um bandido morreu na tarde desta quinta-feira (01) após uma troca tiros com a Polícia Militar na comunidade da Baviera, zona rural da cidade de Assu, no interior do Rio Grande do Norte.

Na ocasião, a PM realizava um operação no local quando um elemento identificado até então como Ronaldo, mais conhecido por ‘Magrão’ reagiu à ação da polícia atirando contra a viatura do 10º BPM.

Houve o revide e ‘Magrão’ acabou sendo baleado. Os próprios policiais chegaram a socorrê-lo para o hospital regional de Assu, mas ele veio a óbito antes do socorro médico. Magrão e os seus comparsas, incluindo algumas mulheres, são suspeitos de vários arrastões em residências e em lojas da cidade.

BG – Uma criança de nove anos foi flagrada nesta quinta (1º) dirigindo uma carreta na BR-304. A PRF prendeu o pai da criança, que estava no banco do passageiro do veículo. O homem foi liberado em seguida.

O pai da criança vai responder por crime de trânsito: entregar veículo automotor para pessoa não habilitada. Ele foi multado no valor de R$ 1.760, podendo ainda pegar de seis meses a um ano de detenção, a depender da sentença judicial.

 Foto: PRF 

.

PC/ASSECOM – Na tarde desta quarta-feira (31), a Polícia Civil entregou 30 novas viaturas que serão distribuídas em 30 unidades policiais do interior do Rio Grande do Norte, sendo 27 delegacias municipais e três delegacias especializadas.

A entrega dos veículos ocorreu no pátio da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (SESED), em Natal, e contou com a presença do Governador do Estado Robinson Faria, do Vice-governador Fábio Dantas, da Secretária de Estado da Segurança Pública e Defesa Social Sheila Freitas e da delegada-geral de Polícia Civil Adriana Shirley.

Há alguns meses que uma quadrilha de assaltantes vem agindo com muita violência e continuamente na região do Mato Grande. Quadrilha essa formada por membros das cidades de Touros, Maxaranguape, Ceará Mirim e adjacências.

Na manhã desta terça-feira (30), populares através do 190 informaram que no Assentamento Rosário, entre Ceará Mirim e Dom Marcolino, seis elementos armados estavam supostamente desmontando carros em um acampamento na mata.

Uniram-se o GTO de Touros, inclusive policiais de folga voluntários, Força Tática de Ceará Mirim e as Rádios-Patrulha de Touros e Maxaranguape e seguiram em direção ao local, onde foram recebidos por disparos de armas de fogo, o que provocou resposta por parte da PM à injusta agressão.

No confronto, dois bandidos vieram a ser feridos, sendo estes socorridos ao hospital de Touros, porém felizmente não resistiram aos ferimentos.

Também foram presos as pessoas de Ivanderson Luiz de Oliveira, foragido, contra si pesavam dois mandados de prisão, inclusive um é da justiça de São Paulo.

O segundo preso foi a pessoa de Paulo Cézar de Melo, informante de Fubá ( líder da quadrilha e por enquanto foragido). Ainda na ocorrência, mais duas pessoas ainda não identificadas conseguiram fugir de posse de armas longas. Foram apreendidos uma espingarda caseira, dois simulacros e pistola e um revólver calibre 38.

Informações da página Na Ficha da Polícia RN

 

O juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal em Curitiba, determinou o leilão do apartamento triplex, localizado no Guarujá (SP) e que, de acordo com a Justiça, pertence ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O imóvel já havia sido penhorado pela Justiça, em Brasília, em um processo judicial de uma empresa de materiais de construção, contra a empreiteira OAS.

Na decisão, Moro afirma que o apartamento foi confiscado como prova de crime e não poderia ter sido penhorado. O juiz acrescenta que, confiscado, o apartamento não pertence a Lula ou a OAS.

O juiz paranaense esclarece, ainda, que a renda do leilão deve ser destinada à Petrobras, como uma compensação pelos crimes praticados na gestão da estatal.

Para Sérgio Moro, o leilão é importante pois evitará a depreciação do apartamento. O juiz disse ter lido na imprensa que desde 2014 a OAS, que era formalmente a proprietária, não paga o IPTU do imóvel.

Lula, a quem é atribuída a propriedade de fato, também não pagou o imposto relativo ao triplex.

Até o fechamento desta matéria, a reportagem não conseguiu contato com a construtora OAS e a defesa do ex-presidente Lula não se manifestou.

EBC

Após postar fotos de duas plantas de maconha no Facebook, um rapaz de 28 anos acabou preso nesta segunda-feira (29), em Campo Grande, no Jardim Tijuca. Ele tentou fugir correndo pelos fundos da residência.

Os policiais chegaram até a residência depois de denúncias anônimas. Na residência, os policiais encontraram o autor que apresentou nervosismo tentando fugir pelos fundos da residência sendo alcançado pelos militares.

Já próximo ao muro da casa, os militares localizaram as duas plantas. Quando indagado sobre onde teria conseguido ele disse que comprou as sementes na internet pelo valor de U$S de 12 dólares.

Os policiais encontraram duas plantas de 1,50 de altura. O rapaz foi levado para a delegacia de polícia e as plantas de maconha para a Denar (Delegacia Especializada no Combate ao Narcotráfico).

Midiamax

Policial Darlan Santana Carvalho, de 40 anos, foi morto na tarde da segunda-feira (29) após ser baleado em uma tentativa de assalto no bairro do Planalto, na zona Oeste de Natal

Agora RN – As últimas 72 horas foram marcadas pela violência contra policiais militares no Rio Grande do Norte. Ao todo, três agentes de segurança foram assassinados ao longo do período. O último caso foi o do policial militar Darlan Santana Carvalho, de 37 anos, morto na tarde da segunda-feira, 29, após ser baleado em uma tentativa de assalto na zona Oeste de Natal.

A morte do policial foi a segunda em menos de oito horas nesta segunda-feira. Por volta das 4h, um sargento da reserva foi morto na cidade de Extremoz, na Grande Natal.

Segundo informações da PM, Darlan Santana Carvalho foi baleado na cabeça e nas costas. Ele estava dentro uma farmácia, na Rua Miramangue, quando dois homens tentaram assaltar o estabelecimento. O policial tentou evitar a ação criminosa, mas os assaltantes efetuaram disparos. Na troca de tiros, além de Darlan, um dos criminosos foi ferido e morreu ainda no local.

O outro envolvido no crime acabou detido minutos depois. Identificado como Lucas Felipe Barbosa, de 21 anos, foi encaminhado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil. Testemunhas afirmam que ele, de fato, participou da ação criminosa.

Darlan Santana foi levado ao Hospital Walfredo Gurgel. Ele foi submetido a uma cirurgia, mas não resistiu aos ferimento. Ele prestava serviço à PM desde 2006. Era lotado no Centro de Formação e Aperfeiçoamento da instituição.

O outro caso desta segunda-feira, 29, envolveu o sargento da reserva Itagibá Maciel de Medeiros, de 54 anos, que foi assassinado por volta das 4h, em Extremoz, na região metropolitana de Natal. Segundo informações, pelo menos seis pessoas participaram deste crime.

Na última sexta-feira, o sargento José Ailton de Lira foi morto a tiros na comunidade de Jacaré Mirim, em São Gonçalo do Amarante, também na grande Natal. Ele estava no horário de folga, em um bar, quando foi surpreendido por dois homens. O policial foi morto com tiros na cabeça.

Matéria completa aqui:

http://agorarn.com.br/destaques/em-apenas-72-horas-rn-contabiliza-tres-policiais-militares-mortos/

Reprodução/Facebook – Na Ficha da Polícia RN

Um veículo do tipo Doblò ELX de cor cinza (com detalhes pretos) e placas MYI-5348, com licenciamento em São Gonçalo do Amarante, foi encontrado abandonado neste domingo (28/01) no Loteamento Bosque Brasil, que está localizado no município de Macaíba, divisa com  o município de Parnamirim, Região Metropolitana de Natal.

Informações adaptadas da página Na Ficha da Polícia RN

Foto: Divulgação/Receita Federal

Fisco apreendeu 11,16% mais cigarros e 122,4% mais drogas que em 2016

A Receita Federal apreendeu, em 2017, R$ 2,3 bilhões em mercadorias nas ações de combate ao contrabando, ao descaminho e à pirataria. O resultado é 9,46% maior que o alcançado em 2016, quando as apreensões somaram R$ 2,1 bilhões. As apreensões de cigarros cresceram 11,16%, e as de drogas, 122,4%.

Houve também crescimento nos indicadores de agilidade da Receita Federal nas operações de comércio exterior. Em 2017, na importação, o Grau de Fluidez, indicador que considera o percentual de declarações de importação desembaraçadas em menos de 24 horas, alcançou 92,97%. Na exportação, considerando declarações desembaraçadas em menos de 4 horas, o indicador alcançou 96,74%.

Portal Brasil

Portal TJRN – O juiz Daniel José Mesquita Monteiro Dias, em processo da 5ª Vara Cível de Natal, condenou a Telemar Norte Leste S/A (Oi Fixo) a devolver a um consumidor o valor gasto com a internet no período contratado, com juros e correção monetária, em virtude de falha na prestação de serviços de acesso à internet pela empresa.

Na ação judicial, o autor alegou ter contratado com a empresa Oi a prestação de serviço de telefonia e acesso à internet via banda Larga (Velox) com velocidade de 600 k pela quantia de R$ 43,35.

Relatou que a velocidade da internet nunca alcançou o volume contratado mesmo depois de várias reclamações junto à prestadora de serviço. Com isso, buscou a Justiça almejando o recebimento em dobro do valor desembolsado para pagamento das faturas, bem como a condenação da empresa no pagamento de indenização moral.

De acordo com as próprias alegações da Oi, o magistrado Daniel Monteiro Dias verificou a presença de culpa na falha da prestação se serviços. Primeiramente, a empresa alegou que o consumidor estaria utilizando a internet para fins comerciais. No entanto, a própria empresa realizou a instalação no local contratado, não podendo alegar o desconhecimento de tal situação para prestação de serviços.

Além do mais, considerou que a empresa não se desincumbiu de seu ônus em comprovar que orientou o consumidor no que se refere ao não cumprimento da velocidade da internet em razão do modo de instalação.

O juiz também verificou que os documentos não são suficientes para atestar a utilização em pousada, porém, ainda que o fosse, a responsabilidade é da Oi em orientar e informar o consumidor claramente de tal diferenciação, inclusive não se comprometendo com a velocidade informada.

Da mesma forma, entendeu que a localização da sede do município em relação ao local de instalação, também não se apresenta como fundamento hábil a afastar a responsabilidade civil por parte da empresa no cumprimento das disposições contratuais. Isto porque, no seu entendimento para o caso analisado, deve imperar o princípio da boa fé objetiva.

“Ora, se a ré foi até a praia de Pipa e realizou a instalação do equipamento necessário ao fornecimento da internet tinha pleno conhecimento de suas limitações técnicas a ensejar uma inobservância contratual, não cabendo ao consumidor, simplesmente, aquiescer com a falha na prestação do serviço”, assinalou.

Por fim, o magistrado ressaltou que, verificada a falha na prestação de serviços, pois foi fornecida uma internet em velocidade bastante inferior à contratada e insuficiente para atender aos fins visados pela contratante, provando o descumprimento contratual, por parte da ré.

“De modo que entendo cabível a devolução dos valores pagos de maneira simples, tendo em vista que não vislumbro conduta dolosa por parte da empresa fornecedora”, decidiu.

(Processo nº 0118284-44.2014.8.20.0001)

Projeto do senador José Medeiros (Pode-MT) determina que o motorista embriagado ou sob efeitos de drogas que se envolver em acidente com morte, lesões corporais ou danos a terceiros deve ter o carro apreendido (PLS 599/2015). O texto estabelece a perda do carro mesmo que o condutor não seja o proprietário do veículo. Medeiros argumenta que as pessoas devem ter mais responsabilidade na hora de emprestar o automóvel. O carro apreendido irá a leilão e o dinheiro arrecadado será usado para indenizar as vítimas e pagar as despesas com o processo.

Agência Senado