policia Arquivo

Foto: Divulgação/PC/ASSECOM

A continuidade das investigações da Operação Ariús, deflagrada pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), com apoio da Delegacia Especializada de Crimes contra o Patrimônio de Campina Grande (DRF/CG), resultou na prisão de Mateus Emanuel Calixto da Rocha, conhecido como “Mateus Playboy”, 21 anos, em cumprimento a dois mandados de prisão, nesta terça-feira (12). Ele foi preso pela Polícia Civil da Paraíba, quando estava em Campina Grande.

A Operação Ariús, deflagrada na última sexta-feira (08), identificou 15 homens e prendeu 11 investigados que são suspeitos de terem roubado uma agência bancária na cidade de Macaíba, em 12 de julho de 2018. Investigações apontam que os integrantes da organização criminosa são especialistas em roubos a agências bancárias nos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco.

Mateus Emanuel foi preso quando estava escondido em um imóvel no bairro do Alto Branco, na cidade de Campina Grande. Ele é suspeito de participações em ações ilícitas contra instituições financeiras, sendo apontado, inclusive, como integrante do grupo criminoso que teria articulado a fuga em massa de detentos do Presídio do PB1, em João Pessoa, em setembro de 2018.

Os mandados de prisão contra Mateus Emanuel são relativos a um homicídio praticado em Campina Grande e a um ataque a instituições financeiras no Rio Grande do Norte. A Polícia também descobriu que o suspeito encontrava-se foragido do Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte.

Informações da PC/ASSECOM

O secretário Especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, durante entrevista após reunião com o ministro da Justiça, Sérgio Moro. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o secretário Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, se reuniram na sexta (08) em Brasília. Eles trataram “basicamente de aposentadorias especiais de policiais”, informou Marinho, após o encontro de menos de uma hora.

“Conversamos sobre as primeiras medidas da medida provisória que combate fraudes e, em linhas gerais, o que pretendemos com a própria reforma previdenciária”, disse o secretário. Ele informou apenas que Moro fez “algumas considerações” que serão levadas em conta.

De acordo com Marinho, o projeto de reforma da Previdência do governo federal será enviado ao Congresso Nacional até o fim de fevereiro. Para ele, o fato de a proposta ser encaminhada junto com o projeto que torna mais rígido o combate aos crimes violentos, de corrupção e de organizações criminosas, a tramitação dos projetos não será prejudicada.

“A Casa Civil, os ministérios da Economia e da Justiça estão juntos, estabelecendo uma estratégia que dê conforto à tramitação dos dois projetos que tratam de assuntos distintos”, acrescentou Marinho. Ele confirmou que, conforme o presidente Jair Bolsonaro já comentou, também os militares serão incluídos no projeto de reforma da Previdência.

“Na ocasião da remessa do projeto a Câmara, teremos as condições de estabelecer e divulgar qual será a estratégia. Quem vai definir o timing e a forma como irá acontecer será o próprio presidente.”

Informações e foto da Agência Brasil

No final da tarde desta terça-feira(5), a Polícia Militar, através Batalhão de Polícia de Choque (BPCHOQUE), apreendeu três suspeitos que estavam em uma casa onde foi encontrado uma arma de fogo e drogas, na cidade de Macaíba, região metropolitana de Natal.

Por volta das 17h, Policiais Militares do BPCHOQUE realizaram uma operação no Bairro Ferreiro Torto no intuito de coibir o tráfico de drogas naquela região. Em uma casa na rua Inácio Félix de Araújo foram detidos João Victor Silva Barbosa, 22 anos, Natan Thales da Silva Oliveira, 21 anos, e Wedson Ramalho de Lima, 24 anos. Com eles foram encontrados Cocaína, Maconha, Balança de Precisão, material para embalagem da droga, 01 Pistola Cal 9mm da marca Taurus com 02 carregadores, munições de Cal.9 mm e Balaclavas.

A viatura fez a condução dos suspeitos e do material apreendido à Delegacia de Polícia Civil de plantão da zona Norte para realização dos procedimentos cabíveis.

ASSECOM/PM

Foto: Divulgação/PMRN

Por volta das 11h45 desta segunda-feira (04), policiais militares da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (ROCAM) detiveram Manoel Dias de Melo, 73 anos, na travessa Leonardo Gama, bairro Felipe Camarão, zona Oeste de Natal.

O idoso foi preso suspeito de estar fabricando armas de fogo artesanais, sendo encontradas em sua residência uma espingarda de fabricação artesanal e várias coronhas.

Na Ficha da Polícia RN

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, se reúne com governadores e secretários estaduais de Segurança Pública para apresentar o Projeto de Lei Anticrime. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O projeto de lei Anticrime que o governo federal vai enviar ao Congresso Nacional nos próximos dias prevê mudanças em 14 leis, entre elas, o Código Penal, a Lei de Execução Penal, a Lei de Crimes Hediondos e o Código Eleitoral. A intenção, segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, é combater a corrupção, crimes violentos e facções criminosas.

O ministro Sergio Moro apresentou hoje (4) a proposta a 12 governadores, vice-governadores e secretários estaduais de Segurança Pública, em Brasília. Mais cedo, ele conversou sobre o projeto com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

De acordo com a minuta do projeto, divulgado à imprensa, a iniciativa prevê alterações legais, elevando penas para crimes com arma de fogo. Além disso, o governo conta com o aprimoramento do mecanismo que possibilita o confisco de produto do crime, permitindo o uso do bem apreendido pelos órgãos de segurança pública.

As medidas visam ao endurecimento do cumprimento da pena para crimes considerados mais graves, como roubo, corrupção e peculato que, pela proposta, passa a ser em regime inicial fechado.

Veja a íntegra do projeto de lei

O projeto pretende deixar claro que o princípio da presunção da inocência não impede a execução da condenação criminal após segunda instância.

A reforma do crime de resistência, introduzindo soluções negociadas no Código de Processo Penal e na Lei de Improbidade, é uma das propostas, contando também com medidas para assegurar o cumprimento da condenação após julgamento em segunda instância, aumentando a efetividade do Tribunal do Júri.

De acordo com o projeto, será considerado crime arrecadar, manter, movimentar ou utilizar valores que não tenham sido declarados à Justiça Eleitoral, popularmente chamado de caixa dois.

Outro ponto conceitua organizações criminosas e prevê que seus líderes e integrantes, ao serem encontrados com armas, iniciem o cumprimento da pena em presídios de segurança máxima. Condenados que sejam comprovadamente integrantes de organizações criminosas não terão direito a progressão de regime.  A proposta ainda amplia – de um para três anos – o prazo de permanência de líderes de organizações criminosas em presídios federais.

Agência Brasil

Policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) com o apoio da Delegacia Regional de Santa Cruz prenderam, nesta terça-feira (29), um homem de 18 anos. Ele estava foragido e é investigado dentro da Operação Clowns, deflagrada em Setembro de 2018, quando o suspeito ainda era adolescente.

De acordo com as investigações da DHPP, o jovem aparece nas imagens que flagraram o homicídio de Ranieri Pablo, conhecido como “Pequeno”, em agosto de 2018, no bairro Neópolis. A morte de Ranieri ocorreu em vingança após um outro homicídio.

Denúncias anônimas apontaram que o mesmo estava escondido com a sua esposa em uma residência, em Santa Cruz-RN. A mulher dele também foi presa, pelo crime de favorecimento pessoal, porém pagou fiança e foi liberada.

Das 11 pessoas envolvidas no crime, um morreu em confronto com a Polícia Militar em uma outra ação, 7 pessoas foram presas, dois adolescentes foram apreendidos e um homem se encontra foragido.

Informações da PC/ASSECOM

Foto: Divulgação/PRF

No final da noite desta quinta-feira (24), no km 193 da BR 304, no município de Lajes/RN, durante fiscalização de rotina, a Polícia Rodoviária Federal abordou um caminhão trator, de cor branca.

O condutor do veículo, um homem de 41 anos, que viajava de Itapissuma/PE para Mossoró/RN, apresentou nervosismo exacerbado durante a abordagem.

Após buscas no interior da cabine, foram encontrados 53 comprimidos do medicamento nobésio forte, além de uma pistola de 7,65 mm, de fabricação francesa, contendo 8 munições, carregada e pronta para o uso.

O motorista foi preso por porte ilegal de arma de fogo e porte de droga para consumo. A ocorrência foi encaminhada para a Central de Flagrantes em Natal/RN.

Informações do site da PRF

Foto: Reprodução/WhatsApp

Um corpo de um jovem foi encontrado na manhã desta terça-feira (22) na  comunidade “Muvuca”, em Macaíba. A vítima foi identificada até o momento por nome de João Paulo. De acordo com informações de populares ao site, o jovem foi assassinado na madrugada de hoje.

 Ainda segundo populares, a vítima teve o rosto desfigurado devido a disparos de arma de fogo.

Até o momento não há informações sobre os suspeitos e o que teria motivado o crime. A investigação ficará por conta da DP de Macaíba

Via Senadinho Macaíba

Imagem: Divulgação/CIOSP

Sistema auxilia as Polícias Civil, Militar e Federal na prevenção e resolução de crimes.

A interligação do Sistema de Videomonitoramento da Prefeitura de Macaíba com o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) completa 100 dias neste mês de janeiro de 2019. A ação foi realizada em outubro de 2018 e tem auxiliado o trabalho das Polícias Civil, Militar e Federal com imagens em tempo real oriundas de 17 câmeras espalhadas pelo município.

O Sistema está implantado no município desde 2015, inicialmente com três câmeras, após uma série de estudos, levantamentos de informações e conhecimento de práticas similares em todo o Brasil, em cidades como Curitiba, Natal e Goiânia e tem contribuído para a prevenção e resolução de crimes em toda Macaíba.

Histórico

Desde que assumiu a administração municipal macaibense, em janeiro de 2013, o prefeito Fernando Cunha, preocupado com os índices de violência que a cidade de Macaíba estava enfrentando, assim como a maioria das cidades brasileiras, decidiu iniciar um estudo sobre a utilização de equipamentos de segurança, dentre eles câmeras de videomonitoramento, mesmo que esta área de atuação da administração pública seja de competência direta dos governos Estadual e Federal.

Para realizar estes estudos, o secretário municipal de Trânsito e Transporte, Juedson Costa começou a elaborar ainda em 2013 um levantamento das práticas de utilização de câmeras de monitoramento pelo país.

Assecom-PMM

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) está com equipes de fiscalização da Operação Lei Seca distribuídas no litoral potiguar. As ações que fazem parte da Operação Verão 2019, deflagrada pelo Governo do Estado no início deste mês, têm a missão de proporcionar segurança no trânsito combatendo a mistura álcool e direção, como também inibindo possíveis delitos relacionados a roubo de veículos e tráfego irregular sem a devida documentação legal do condutor e do automóvel.

Outro ponto importante realizado nas abordagens é que os policiais orientam os condutores de veículos 4X4 a não trafegarem na faixa de areia de praia para não colocar em risco a integridade física dos banhistas. O tráfegos nessas áreas é proibido por portaria específica do Detran e aquele condutor flagrado desobedecendo a norma será autuado, podendo até mesmo ter o veículo retido.

De acordo com o coordenador da Operação Lei Seca do Detran, tenente-coronel Flávio Santos, o trabalho de fiscalização vai continuar durante todo o período do veraneio. “É uma importante ação no sentido de evitar acidentes e preservar vidas. A atuação planejada, especializada, imparcial e ética dos policiais militares da Lei Seca são algumas das características da confiabilidade da população no nosso trabalho”, comentou.

Informações e foto do Portal do Detran/RN

Ícone feito por Freepik do www.flaticon.com

Sobe para 399 o número de pessoas presas ou apreendidas por suspeita de participação na onda de ataques no Ceará desde o dia 2 de janeiro, segundo o último balanço da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do estado, divulgado no sábado.

Desde o início da onda de violência, que atinge municípios em todo o estado, suspeita-se que a ordem para os ataques parta de presídios onde estão líderes de facções criminosas.

Na madrugada deste sábado, décimo oitavo dia de ataques, criminosos provocaram uma explosão em uma ponte em Fortaleza. Na sexta, três homens foram presos após incendiar um ônibus na capital.

As ações de facções criminosas deixaram em alerta todo o estado. Prédios públicos, viadutos, estradas, ônibus e locais com veículos foram incendiados ou atingidos de alguma forma pelos grupos.

Convocados pelo governo do Ceará para reforçar a segurança pública, 800 dos cerca de 1.200 policiais militares da reserva apresentaram-se à corporação. E 150 já voltaram a patrulhar as ruas da capital do estado, alvo de ataques criminosos organizados. Além disso, o estado conta com homens da Força Nacional de Segurança Pública fazendo o reforço nas ruas.

A ofensiva teria começado em reação à nomeação do secretário de Administração Penitenciária, Luís Mauro Albuquerque, e às medidas anunciadas como a não separação de presos em presídios por facção.

Radiogência Nacional

Foto: Reprodução/WhatsApp

Assalto, perseguição, troca de tiros e acidente na RN 160 próximo à entrada do conjunto Brasil em São Gonçalo do Amarante.

As primeiras informações dão conta de que a dupla cometeu um assalto em São Gonçalo, a Polícia estava passando e assim iniciou uma perseguição onde terminou após a dupla cair.

A Samu foi acionada para socorrer os feridos. No local, muitos populares observavam a situação.

Informações do Notícias no Face/Alerta São Gonçalo

Um lutador de artes marciais de 41 anos foi morto a tiros no final da noite desta terça-feira (15) dentro de um bar no conjunto cidade Satélite, na Zona Sul de Natal. Ainda não há pistas dos assassinos nem da motivação do crime.

Segundo a Polícia Militar, George Luiz da Silva estava em uma mesa do lado de fora do bar quando um carro se aproximou com três pessoas dentro. Sem descer do veículo, eles atiraram no lutador. O bar fica na esquina da Avenida dos Xavantes com a Rua Mogi Guaçu. O lutador ainda tentou correr, mas não conseguiu escapar.

Após os disparos, os assassinos fugiram. A PM ainda disse que o pai e um irmão de George foram ao bar assim que souberam do homicídio, mas não tinham suspeitas para a motivação do assassinato.

Buscas ainda foram feitas pela região, mas nenhum suspeito foi encontrado. O crime será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) segue com a Operação Praia Segura direcionada ao litoral potiguar. As ações empreendidas por meio da equipe policial da Operação Lei Seca foram montadas em pontos itinerantes de blitzen nas praias de Genipabu, Redinha, Pitangui, Graçandu e Praia do Meio. Durante as fiscalizações foram realizados 97 testes de alcoolemia, resultando na autuação de três motorista por desrespeito à Lei Seca.

De acordo com informações repassadas pelo oficial da Lei Seca, major Charleson Santos, nas barreiras fiscalizatórias foi flagrado um bugueiro credenciado dirigindo sob influência de álcool. “O bugueiro estava em serviço e no teste do bafômetro foi constatado um valor de 0,15 miligramas de álcool por litro de ar expelido”, contou.

Além do combate a motoristas alcoolizados, a fiscalização focou o trabalho no sentido de coibir a circulação proibida de veículos na orla, no sentido de evitar ocorrências de acidentes envolvendo banhistas que estão utilizando as praias. A medida também abordou condutores para checar a documentação dos motoristas e veículos.

A fiscalização na área litorânea do Estado vem sendo intensa durante este mês de janeiro, que é quando a movimentação de veículos é ampliada e são realizados vários eventos e shows musicais devido ao período de veraneio.

Informações e foto da Assecom/Detran-RN

A semana promete ser decisiva para dois temas considerados prioritários para o governo: a posse de arma de fogo e a reforma da Previdência.

Sobre a posse de armas, o presidente Jair Bolsonaro deve assinar um decreto logo no começo da semana, com novas regras. Essa medida deve facilitar que as pessoas comprem armas para ter em casa. E não altera as regras de porte de arma, que é quando a pessoa pode circular armada.

Já a equipe econômica deve apresentar a proposta de reforma da Previdência a Bolsonaro. É isso o que falta para aparar as últimas arestas e produzir o texto que será apresentado à Câmara dos Deputados.

Entre as decisões importantes a serem tomadas estão a definição das idades mínimas para homens e mulheres se aposentarem; se o sistema vai mesmo deixar de ser o de repartição e passar a ser para capitalização; e se a reforma vai atingir todos os trabalhadores ou se alguma categoria ficará de fora.

Radioagência Nacional

Foto: Governo de Goiás

O presidente da República Jair Bolsonaro sancionou, com vetos, a lei que reforça a prevenção e o combate ao contrabando. A Lei 13.804, de 2019, publicada nesta sexta (11) no Diário Oficial da União, estabelece punição para o motorista que participar de receptação, descaminho e contrabando de mercadorias.

De acordo com o texto, que teve origem no PLC 8/2018, a pessoa condenada por um desses crimes, em decisão judicial transitada em julgado, terá cassado seu documento de habilitação ou será proibido de obter a habilitação para dirigir veículos pelo prazo de cinco anos. A lei entra em vigor em agosto deste ano.

Vetos

O texto enviado à sanção previa ainda regras para locais de comercialização de cigarros e bebidas alcoólicas. A obrigatoriedade de avisos com os dizeres: ”É crime vender cigarros e bebidas de origem ilícita”, em estabelecimentos comerciais foi vetada pelo presidente. Para Bolsonaro, essa regra poderia resultar em “um risco ao livre exercício da atividade econômica, princípios consagrados nos artigos 170 e 171 da Constituição”.

Outro artigo vetado abria a possibilidade de punição da pessoa jurídica. Segundo o texto, a empresa que transportar, distribuir, armazenar ou comercializar produtos oriundos de furto, roubo, descaminho ou contrabando ou produtos falsificados perderá sua inscrição no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ).  Os sócios das pessoas jurídicas condenadas também seriam proibidos de adquirir concessão de novo registro no CNPJ, pelo prazo de um a cinco anos.

Segundo a mensagem de veto, “tal propositura afigura-se dissociada dos princípios da razoabilidade, proporcionalidade e individualização da pena preconizados pelo sistema jurídico nacional.”

Informações da Agência Senado

Foto: Reprodução/WhatsApp

Na manhã desta sexta-feira(11), a Polícia Militar, através do 5ºBPM, conseguiu evitar um arrastão à uma residência e apreender três suspeitos, no bairro de Candelária, zona Sul de Natal.

Nas primeiras horas da manhã, o CIOSP recebeu a informação de que estava ocorrendo uma arrastão à uma residência no bairro e as viaturas se deslocaram ao local.

Os suspeitos estavam dentro da casa se preparando para fugir quando os militares os cercaram, na tentativa de fuga houve troca de tiros e um dos suspeitos foi alvejado e, posteriormente, socorrido ao Pronto Socorro Clóvis Sarinho.

Os militares conseguiram deter Jackson Martins da Costa, 22 anos; Alex Felipe Nascimento de Lima, 22 anos; E Deyvson Diego do Nascimento Barbosa, 26 anos. Com eles foi encontrada uma Espingarda calibre 12.

Os suspeitos foram conduzidos à Central de Flagrantes para realização dos procedimentos cabíveis.

Informações da PM/ASSECOM

Uma investigação conduzida pela Comissão Especial da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), criada para elucidar homicídios contra agentes de segurança, prendeu João Maria Gomes da Silva, 30 anos e apreendeu um adolescente de 17 anos, na manhã desta quinta-feira (10). A dupla é apontada como os responsáveis pelo latrocínio do agente penitenciário Paulo Roberto da Silva Rocha, 38 anos, no dia 14 de dezembro de 2018.

João Maria foi preso mediante o cumprimento de um mandado de prisão preventiva, quando estava escondido no bairro Planalto e o adolescente foi apreendido na cidade de Parnamirim. “Nossas investigações e análises das câmeras de segurança nos revelaram que João Maria foi o autor dos disparos que mataram o agente penitenciário. O adolescente participou do crime pilotando a motocicleta e dando fuga ao assassino. Uma das nossas linhas de investigações mostram que o agente de segurança pode ter sido morto, por vingança. Um irmão do João Maria, teria sido espancando pelo agente penitenciário, e isto fez com que o suspeito fosse matar Paulo Roberto”, detalhou o delegado da DHPP, Frank Albuquerque.

Imagens de câmeras de segurança mostram que agente foi morto após ter circulado por várias ruas do bairro Candelária. Quando ele chega na porta de casa, o garupa da motocicleta efetua um disparo contra a arma do agente e depois um tiro fatal na cabeça. “Quando a agente cai no chão, o João Maria rouba a arma e a dupla sai em fuga. Até o momento, não localizamos a pistola que foi roubada da vítima, pois a dupla afirma que a arma teria sido vendida”, destacou o delegado Frank Albuquerque.

Informações e foto da PC/ASSECOM