policia Arquivo

Um corpo de um homem de aproximadamente 30 anos foi encontrado nas primeiras horas da manhã deste domingo (24) próximo ao Loteamento Parque dos Flamboyants, no bairro Bela Vista, em Macaíba. O corpo apresentava ao menos 06 disparos de arma de fogo na região da cabeça e foi encontrado por populares que acionaram a PM. Uma equipe do ITEP esteve no local e removeu o corpo até a sede do órgão para ser feita a identificação oficial.

Na Ficha da Polícia RN

Um homem de 31 anos foi assassinado a tiros na madrugada deste sábado (23) na Rua Chile , no bairro da Ribeira, zona leste de Natal. Segundo informações estavam havendo algumas festividades no local na noite de ontem.

Uma equipe do ITEP esteve na cena do crime e removeu o corpo até a sede do órgão. A Polícia Civil irá investigar a motivação.

Notícias no Face RN

O primeiro contingente de homens da Forças Armadas que farão um cerco à Rocinha chegou exatamente às 16h10 na comunidade, na zona sul da cidade. Cerca de 150 soldados do Exército e da Aeronáutica entraram na parte baixa da comunidade junto ao túnel Zuzu Angel.

Eles foram acompanhados por policiais militares e alguns grupos se espalharam pelas principais ruas da localidade, no interior da favela.

A missão principal das Forças Armadas é fazer um cerco à Rocinha para apoiar as operações das polícias civil e militar.

A comunidade da Rocinha, a maior do Rio de Janeiro, é alvo de operações diárias da Polícia Militar desde o último domingo (17), quando houve confrontos entre grupos criminosos rivais pelo controle de pontos de venda da comunidade.

Na manhã de hoje, houve um tiroteio intenso entre policiais e criminosos, que provocou o fechamento da Auto-Estrada Lagoa-Barra, que liga o bairro de São Conrado à Gávea. Cinco escolas e três unidades de educação infantil da prefeitura fecharam as portas, deixando quase 2.500 alunos sem aulas.

Agência Brasil

Uma turista argentina foi agredida com uma coronhada no fim da manhã desta sexta-feira (22) enquanto caminhava pela orla da via costeira, em Natal. O elemento suspeito do crime, fugiu levando um celular e uma câmera fotográfica da mulher. Ela foi socorrida por uma equipe dos bombeiros e encaminhada até o hospital com um ferimento na testa, além de traumatizada com a onda de violência da cidade. A Polícia Militar realiza diligências neste momento pela região na tentativa de capturar o suspeito do crime.

Notícias no Face RN

Três bandidos morreram e um outro foi preso durante uma operação realizada nesta sexta-feira (22) pela Polícia Militar em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. A informação foi confirmada pelo comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Zacarias Mendonça.

Segundo o oficial, a ação aconteceu na comunidade de Olho D’água dos Carrilhos, onde houve uma troca de tiros e os suspeitos foram atingidos e ainda levados ao hospital. A polícia ainda está reunindo as informações sobre a operação.

Na Ficha da Polícia RN

Prisão aconteceu na noite desta terça-feira (19) em Macaíba. Cinco armas foram apreendidas .

A Polícia Militar prendeu uma quadrilha suspeita de assaltar postos de combustíveis na noite desta terça-feira (19) no distrito de Mangabeira, em Macaíba, cidade da Grande Natal.

Segundo a PM, os homens foram presos após um abordagem em um veículo em atitude suspeita. Com eles, foram apreendidos um revólver calibre 32, duas espingardas calibre 12, duas pistolas (uma 380 e outra 765) e um revólver calibre 32.

Os suspeitos confessaram a polícia que pretendiam assaltar um posto de combustíveis em Macaíba e executar criminosos de uma facção rival.

G1/RN

Uma ação policial foi deflagrada e cerca de dez pessoas foram presas nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (20) na cidade de São José de Mipibu, na Grande Natal. A ação, que foi realizada em conjunto pelas polícias Civil e Militar, faz parte de uma operação de combate ao tráfico de drogas na região.

A Polícia Civil com apoio da Polícia Militar deflagrou a sexta fase da Operação Arecê, tendo como objetivo cumprir mandados de prisão e busca e apreensão contra suspeitos pela prática de diversos crimes como homicídios, roubos, furtos, receptação, estupro, tráfico de drogas entre outros. Houve a participação de 140 policiais e mais de 20 viaturas.

Notícias no Face RN

 

A Policia Militar de Apodi/RN, recebeu na madrugada deste domingo (17) a informação de uma briga entre duas pessoas na Baixa do CAIC e que uma delas estaria ferida por cutiladas de faca.

De imediato, uma viatura da Rádio Patrulha foi até o local e constatou a veracidade da informação; A vítima que era ex-presidiário, identificado como Francisco Fabiano de Oliveira, mais conhecido como “Biano”, de 32 anos de idade, natural de Apodi estava caída ao chão com várias cutiladas de faca pelo corpo.

Biano como apresentava sinais vitais, foi socorrido pelo SAMU ao hospital de Apodi, mas morreu ao dar entrada naquela unidade. Viaturas da Policia Militar realizaram buscas por toda a área, na tentativa de prender o acusado, mas infelizmente não obtiveram êxito.

Na Ficha da Polícia RN

Após informação recebida na sexta-feira 15 pelo telefone de denúncias do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), foi possível realizar a prisão de cinco pessoas e a apreensão de 49 tabletes de maconha, que somados pesam mais de 30 quilos.

O número 127 do Gaeco recebeu o alerta de que um automóvel modelo Gol, de cor branca, estaria saindo de Natal para realizar entrega dos entorpecentes na cidade de Extremoz. O pelotão de Polícia Militar do município foi acionado e efetuou a prisão do motorista com cerca de quatro quilos da maconha. Após a prisão, o acusado levou os policiais a um outro local onde guardava mais de 30 quilos de drogas; e onde foram realizadas as demais prisões. Os cinco acusados foram conduzidos para a Central de Flagrantes da zona Norte de Natal.

Desde a implementação do disque denúncia do Gaeco a atuação na repressão ao crime se intensificou. Além do número 127, o cidadão que quiser fazer qualquer denúncia pode fazer até mesmo pelo Whatsapp, através do telefone (84) 98863-4585; ou por e-mail: disque.denuncia@mprn.mp.br.

Portal BO 

Uma tentativa de assalto na tarde deste domingo (17) nas proximidades da sede do Sinsenat numa área dos Guarapes, divisa entre Natal e Macaíba/RN, resultou em uma intensa troca de tiros entre assaltantes, seguranças do Sinsenat e PMs, que foram recebidos à bala, após serem acionados e chegarem ao local da ocorrência. Segundo informações da página Notícias no Face, um dos marginais morreu, um ficou ferido e um terceiro conseguiu fugir. Policiais ainda estão em busca desse terceiro elemento.

*Notícias no Face 3

*Atualizado posteriormente

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado – DEICOR, após diligências no local onde havia um veículo incendiado às margens da BR-226 na noite da quinta-feira(14), próximo a Bom Jesus, o qual teria sido utilizado em uma tentativa de roubo a dois carros-forte, conseguiram apreender um fuzil Colt AR-15, calibre 5,56. O fuzil estava em um matagal, com uma pane (dupla alimentação), motivo pelo qual, acredita-se que ele tenha sido abandonado. As investigações continuam até que todos os bandidos envolvidos na ação criminosa sejam identificados e presos.

Notícias 24 Horas

A Polícia Militar registrou um crime de homicídio na noite deste sábado (16) no bairro Passagem de Areia, em Parnamirim. Segundo informações, o elemento conhecido como “Fábio Índio”, 35 anos, foi assassinado a tiros em via pública. Fábio era apontado pela Polícia Civil como sendo o autor dos disparos que vitimou uma mulher no dia 2 de janeiro de 2013. Após o crime, “Índio” fugiu para o Rio de Janeiro e acabou sendo preso em maio de 2016, porém por brechas na legislação estava solto. Uma equipe do ITEP foi acionada para fazer a remoção do corpo até a sede do órgão em Natal.

Na Ficha da Polícia RN

O governador Robinson Faria fez a entrega oficial, nesta sexta-feira (15), de diversos equipamentos que irão auxiliar as forças de segurança do Rio Grande do Norte no combate ao crime organizado.

São 173 armas – entre pistolas, carabinas e espingardas – 16.820 munições e 1.260 equipamentos distribuídos entre Polícia Militar Polícia Civil e Corpo de Bombeiros Militar. O investimento foi possível através de uma parceria do Governo do RN com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

“É mais uma conquista para a Segurança Pública do Rio Grande do Norte diante de uma série de ações que temos feito, como diversas prisões de quadrilhas nos últimos dias. Nosso governo não vai recuar no combate ao crime”, afirmou o governador Robinson Faria.

A secretária Sheila Freitas também destacou a importância da chegada de novos equipamentos para as forças de segurança. “Nossos policiais agora têm mais armas e equipamentos para o enfrentamento ao crime organizado, para realizar um trabalho ainda mais eficaz”.

O governador ainda parabenizou a atuação dos agentes de segurança pública estaduais. “Os nossos policiais não têm medido esforços para defender a nossa população. Tem existido uma cumplicidade muito grande para o combate ao crime e o empenho demonstrado por todos tem é digno de agradecimento”.

Tribuna de Notícias/Notícias no Face

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) aprovou, nesta quarta-feira (13), requerimento de audiência pública para discutir a descriminalização do cultivo da maconha para uso pessoal. O tema é objeto da sugestão legislativa 25/2017, cujo relator é o senador Sérgio Petecão (PSD-AC).

A intenção de Petecão é ouvir as opiniões de quem é contra e a favor de os usuários plantarem a própria cannabis, como sugeriram os internautas por meio do e-Cidadania, para decidir em seu relatório se a proposição deve prosseguir no Parlamento como projeto de lei.

— É um tema polêmico, está na ordem do dia, não podemos nos esquivar e correr desse debate. A comissão poderá dar uma contribuição grande para que possamos aprovar ou não esse tema no Senado — afirmou.

Agência Senado

Um dos homens integrantes de uma quadrilha especializada em roubo a bancos, a qual havia participação no estado do Rio Grande do Norte, foi um dos dois mortos durante confronto com policiais do estado do Pará, nessa terça-feira, após invadir um hotel. Davidson José Alves (Nenem) teria invadido o hotel após um assalto em Benevides, e morrido após troca de tiros. Ele fazia parte da mesma quadrilha de Rafael Leopoldino da Silva, vulgo “Lourinho”, preso no dia 13 de julho deste ano em uma residência na praia de Búzios, com diversas armas de grosso calibre.

Na época do ocorrido, Rafael tinha dois mandados de prisão em aberto no Rio de Janeiro, sendo condenado por roubo a banco, e tinha se apresentado com o nome falso de “Rafael Martins Gonçalves da Costa”. Através de investigações, a polícia descobriu que a residência em que Rafael estava, foi alugada pelo cabo do Corpo de Bombeiros Militar, Thiago Saulo, suspeito de alugar casas para o uso de quadrilhas especializadas em assaltos a bancos e carros-forte. Ele foi preso pela Deicor no dia 14 de julho deste ano. A quadrilha atuava nos estados da Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Rio de Janeiro, São Paulo, e Pará. Nesta quinta-feira (14), a polícia civil de Pernambuco,  anunciou a prisão de três mulheres suspeitas de integrarem a quadrilha especializada. Foram presas: Cecília Izabelly Alves (PB), Abrona Samua Alves de Melo (RN) e Janeide Nazaré dos Santos (PE).

Elas foram presas no Cabo de Santo Agostinho, sendo apreendidas com elas a quantidade de 12 tabletes de maconha, um revólver calibre 38, 45 cordéis explosivos, 10 toucas ninja, 5 coletes balísticos, 3 Quilos de ANFO, uma moto serra, 2 marteletes e diversos equipamentos para prática de crimes contra instituições bancárias. O papel delas na quadrilha era auxiliar os criminosos na logística para o cometimento dos crimes.

A Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor/RN) já tinha indiciado seis membros da organização  criminosa e   procura o foragido da Justiça Jonathan Soares de Oliveira,  integrante dessa organização , que  está sendo desmantelada pelas forças policial dos estados, através de um trabalho conjunto. A Deicor prosseguirá na procura por  Jonathan no estado do Pernambuco.

Agora RN

Uma quadrilha de assaltantes tentou roubar o dinheiro de dois carros-fortes nas imediações da cidade de Bom Jesus, no interior do estado, na noite desta quarta-feira (13/09). Felizmente, o crime não prevaleceu desta vez.  Os criminosos foram embora após uma troca de tiros com vigilantes e policiais militares. Antes de fugir, os bandidos colocaram fogo em uma caminhonete nas proximidades da pequena ponte que divide os territórios de Bom Jesus e de Macaíba.

Na Ficha da Polícia RN

 

 

Condenados que são monitorados eletronicamente poderão ter que assumir as despesas referentes à manutenção desses equipamentos. É o que prevê o Projeto de Lei do Senado (PLS) 310/2016, que sugere a inclusão desse artigo na Lei de Execução Penal (Lei 7.210/1984). Aprovado na Comissão e Justiça (CCJ) do Senado nesta quarta-feira (13) em caráter terminativo, caso não haja recurso para votação em plenário, o texto seguirá direto para a Câmara dos Deputados.

De autoria do senador Paulo Bauer (PSDB-SC), a proposta estabelece que os custos com o monitoramento possam ser descontados do salário que o preso recebe pelo trabalho remunerado que ele exerçe.

Dados do primeiro diagnóstico nacional sobre monitoração eletrônica do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), reproduzidos na justificativa da proposta, atestam que atualmente existem cerca de dez situações em que os presos no Brasil são monitorados, somando mais de 18 mil pessoas sobre vigilância. O estudo também aponta que são gastos em média R$ 300 por mês para monitorar condenados. O principal item utilizado na monitoração é a tornozeleira eletrônica.

Na justificativa, Bauer afirmou que os recursos investidos nesse programa chegam em torno de R$ 23 milhões e que abrigam até 40 mil pessoas. “O gasto com a manutenção do monitoramento eletrônico representa 12% das despesas de um condenado encarcerado, a sociedade brasileira não pode e não deve arcar com esse custo”, justificou o senador.

Agência Brasil

A determinação para que serviços de atendimento ao consumidor passem a receber ligações de telefones celulares é o primeiro item da pauta da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT). A comissão reúne-se nesta quarta-feira (13), às 8h30.

O Projeto de Lei do Senado (PLS) 445/2016, do senador Roberto Muniz (PP-BA), tramita em caráter terminativo na comissão. Atualmente esses serviços atendem apenas chamadas de telefones fixos. Para justificar a proposta, Muniz argumenta que o Brasil tem quase cinco vezes mais aparelhos móveis. O relator, senador Otto Alencar (PSD-BA), é a favor da aprovação do texto.

Celular furtado

Outro item da pauta é o PLS 70/2017, que permite ao usuário de telefone celular que teve o aparelho furtado, roubado ou perdido a manutenção do número antigo. Hoje, ao bloquear o aparelho, ele perde o direito de usar o código de acesso, ou seja, tem que adquirir outro chip com número novo.

A proposta, do senador Paulo Bauer (PSDB-SC), recebeu parecer favorável do relator, senador Otto Alencar.

Rodovias

Os senadores devem analisar ainda o PLS 5/2017, do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), que visa garantir a cobertura de celular em todos os trechos de rodovias federais e estaduais. A intenção do projeto é possibilitar aos motoristas que trafegam pelas rodovias fazerem chamadas para guincho ou Bombeiros quando presenciam ou sofrem acidentes. A proposta também é relatada pelo senador Otto Alencar, que apresentou voto pela aprovação, com emendas.

A reunião da CCT será realizada no Plenário 7 da Ala Senador Alexandre Costa.

Agência Senado

Foto: Alisson Silva – Edição MS

Motociclista foi trazida a Campo Grande e recebeu alta neste domingo

Uma motociclista de 33 anos teve a perna ‘dilacerada’ após ter o membro prensado entre um carro e um muro em Coxim, a 275 km de Campo Grande. A vítima foi atingida pelo carro do vizinho após suposta discussão no bairro Senhor Divino. Apesar da gravidade do ferimento a mulher não sofreu fratura e já recebeu alta da Santa Casa de Campo Grande.

Após ser trazida a Campo Grande, a vítima foi atendida por ortopedista e cirurgião vascular, que cuidaram do ferimento e deram orientações para dar continuidade aos cuidados em casa.

Conforme o Edição MS, a mulher foi atingida pelo carro na noite de sábado (09), em frente à sua casa no bairro Senhor Divino, no momento em que tentava fechar o portão. O Ford Escort que atingiu a motociclista estaria sendo dirigido por um vizinho. A agressão aconteceu após uma discussão entre ambos.

O autor teria jogado o carro para cima da vítima, que estava acompanhada de duas adolescentes, sendo uma sua filha. Com o impacto, a mulher ficou com a perna presa entre o carro e o muro da casa, causando o grave ferimento.

A discussão teria sido motivada por conta de jogo de baralho. O autor ainda teria pegado um pedaço de concreto, tipo resto de construção, e destruído a motocicleta do irmão da vítima. O caso foi registrado pela polícia.

Mídia Max

Projeto convoca plebiscito sobre Estatuto do Desarmamento

Projeto apresentado nesta semana no Senado prevê um plebiscito para consultar a população sobre a revogação do Estatuto do Desarmamento. A lei, de 2003, limitou a comercialização e o porte de armas de fogo. Apesar de a população ter rejeitado, em referendo, a proibição da comercialização de armas de fogo e munição em território nacional, as demais regras restritivas do Estatuto continuam valendo. O Projeto de Decreto Legislativo (PDS) 175/2017 será analisado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Autor do projeto, o senador Wilder Morais (PP-GO) sugere que a população seja consultada sobre três questões: se a população rural com bons antecedentes deve ter o porte de arma assegurado; se o Estatuto do Desarmamento deve ser revogado e substituído por uma nova lei que assegure o porte de armas de fogo a qualquer cidadão preencher os requisitos; e se o Estatuto do Desarmamento deve ser revogado e substituído por uma lei que assegure a posse — e não o porte — de armas de fogo a qualquer cidadão preencher os requisitos.

Ter a posse de uma arma de foto significa manter uma arma em casa ou no trabalho. Já o porte garante o direito de andar na rua com a arma. Atualmente, a pena prevista para a posse irregular de arma de uso permitido vai de um a três anos com multa, enquanto a pena para a posse ilegal desse tipo de arma varia de dois a quatro anos, também com multa. As penas para a posse e o porte de armas de uso restrito (usadas pela Polícia e pelas Forças Armadas) são maiores e chegam a seis anos.

Para o senador, a lei atual garante segurança aos criminosos, que continuam “trabalhando” armados, mas não à população, que vive angustiada.  “As pessoas não podem ficar reféns do crime. Não podem se trancafiar cada vez mais, enquanto os criminosos andam e cometem crimes em plena luz do dia”, afirmou Wilder Morais.

Agência Senado