Jornalismo Arquivo

A queima de fogos na virada de ano é tradição em muitas cidades do país. Mas o que é motivo de alegria e deslumbramento entre as pessoas, acaba sendo um momento de desespero para os animais, silvestres e domésticos. É possível, entretanto, criar um ambiente seguro para os animais de estimação, para minimizar os riscos de fuga ou para evitar que eles se machuquem.

“A nossa capacidade humana de perceber o mundo não é a mesma dos animais. A sensibilidade de audição e visão pode ser mais ou menos apurada para cada espécie. Nós temos uma capacidade de um gradiente de cores muito mais complexo que a maioria dos animais, mas a percepção auditiva deles é mais apurada que a nossa”, disse a médica veterinária Vânia Plaza Nunes, diretora técnica do Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal e especialista em comportamento e bem-estar animal.

Os riscos para os animais, segundo Vânia, são vários. A luz e o brilho dos fogos de artifícios podem causar mais impacto nos animais noturnos por exemplo, como os morcegos e os gatos. “Eles têm uma acuidade visual muito grande, então pouca luz já é suficiente. Então aquilo [fogos] causa pânico, porque foge ao padrão normal a que eles estão acostumados”, explicou.

Para o olfato, as bombas e fogos também são prejudiciais, pois liberam pólvora e outras substâncias químicas e metais. Mesmo quando os fogos são disparados de balsas no mar, como no Rio de Janeiro, as substâncias se depositam na água, onde também há muitas espécies de animais.

“Com o som, o problema é mais grave ainda”, disse a especialista, pois eles captam os infrasons e os ultrasons, que não são percebidos pelos humanos. “Os morcegos usam isso para se orientar. Se você solta fogos em área perto de mata, eles vão perder a capacidade de voar, podem cair, entrar na casa das pessoas. Para os cães e gatos aquilo também não faz parte do comportamento normal, eles ficam muito assustados”, explicou Vânia.

Segundo a médica veterinária, nesses momentos, os animais têm o chamado comportamento de luta e fuga, que é o comportamento instintivo que todos os seres vivos têm para tentar se defender. Ela explicou que, assim como os animais, pessoas com autismo e crianças pequenas também se incomodam com os efeitos dos fogos.

Preparando o ambiente

Vânia dá dicas que podem ser adotadas para amenizar o estresse e evitar que os animais fujam ou se machuquem. Nas horas mais próximas à virada, para quem ainda tem aves em gaiola, ela orienta a deixá-las em um ambiente fechado e supervisionar os animais. “Deixar água suficiente apenas para beber, mas sem risco de se afogarem caso sofram uma queda”, disse.

Para cães e gatos não é recomendado administrar calmantes, mas, uma semana antes do Réveillon, eles podem usar florais de Bach, que são extratos naturais que ajudam a acalmar. “E sempre que possível, procurar orientação do veterinário”, disse Vânia.

Segundo ela, com antecedência, é possível preparar um ambiente confortável para o animal de estimação e, aos poucos, ir acostumando-o com esse ambiente. É importante não deixar objetos que ele possa derrubar e não deixar portas ou janelas abertas, mas evitando que o ambiente fique excessivamente aquecido. Também existem os feromônios de apaziguamento, que podem ser colocados no ambiente para deixá-lo mais harmônico. Essas substâncias podem ser encontradas nas boas casas de produtos veterinários.

A especialista recomenda ainda colocar uma música ambiente em uma intensidade que vai competir um pouco com o som externo. “E, se possível, a pessoa pode ficar junto, porque a companhia acalma o animal. Mas tomando cuidado para não reforçar o comportamento de medo para o animal”, explicou.

Existe ainda uma técnica de enfaixar o cachorro, que funciona como um abraço, e pode trazer tranquilidade nos ambientes hostis. Segundo Vânia, a faixa levemente elástica deve passar pelo peito do cão e cruzar e amarrar nas costas.

Mudança de comportamento

Para Vânia, as pessoas poderiam abolir os fogos de artifício como forma de diversão. “Talvez usar os recursos de uma forma melhor, empregar o dinheiro para minimizar os danos ambientais e criar outros mecanismos de celebração social”, disse. “Mesmo estando no século 21, continua-se reforçando esse tipo de prática. Está na hora de mudarmos esse marco civilizatório”.

Segundo a especialista, muitas cidades estão conseguindo avançar em projetos de lei que regulam a comercialização e queima de fogos de artifício, como Campinas, Santos e Sorocaba, todas no interior de São Paulo. “Tem uma minimização, mas não resolve o problema”, disse.

Agência Brasil

Divulgado pelo Instituto Mapa, estudo coletou dados pela internet e redes sociais pelo método Coeficiente Eleitoral Digital

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Mapa, e divulgada pelo site O Antagonista, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o deputado Jair Bolsonaro estariam virtualmente empatados nas eleições de 2018 para a Presidência da República.

A pesquisa foi realizada utilizando o método chamado de Coeficiente Eleitoral Digital (CED), que consiste no monitoramento da internet, incluindo ainda as ferramentas de busca e as mídias sociais, utilizando-se de análise integrada de dados, o que resulta em prognóstico de voto.

O estudo aponta que, entre as citações espontâneas, Lula aparece com 23% de apoio, seguido logo atrás por Bolsonaro, com 21%. Além deles aparecem também Luciano Huck (8%), Sérgio Moro (4%), João Dória (3%), Ciro Gomes (2%) e Geraldo Alckmin (2%). Marina Silva, Fernando Haddad , Álvaro Dias, e Henrique Meirelles também aparecem nos dados, porém com 1% de apoio.

Segundo o instituto, o método não é um “índice de intenção de voto das pesquisas por amostragem”, no entanto, possui “assertividade comprovada em comparação às pesquisas tradicionais”.

Pleno News

Foto: Reprodução/WhatsApp

Ao longo deste sábado (30/12), sentimentos de surpresa e alívio vieram à tona na população macaibense ao perceber o patrulhamento de soldados da Força Nacional pelas ruas da cidade após dias de tensão por causa da paralisação da Polícia Militar do RN, iniciada no dia 19 deste mês, ocasionada pelo atraso salarial e pela falta de condições de trabalho.

Relatos expostos nas redes sociais e grupos de WhatsApp da cidade dão conta de que 2 ou 3 viaturas foram vistas em Macaíba no decorrer do dia circulando pelo centro e em variados bairros.

Foto: Reprodução/WhatsApp

A Força Nacional já vem atuando no nosso estado há diversos meses em virtude da crescente onda de violência e da emergência no sistema penitenciário local. Na semana passada, inclusive, o Governo do RN solicitou reforço, e então o Ministério da Justiça enviou mais 30 soldados.

Nesse sentido, na data de ontem (29/12), o Governo Federal publicou em seu diário oficial um decreto autorizando a prorrogação da atuação da Força Nacional no Rio Grande do Norte por mais seis meses. Mais três estados também foram incluídos nesse decreto: Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Sergipe.

O estado do Rio Grande do Norte também está recebendo mais de 2 mil soldados do Exército para ajudar na Segurança Pública de Natal, Região Metropolitana e Mossoró desde a data de ontem. A previsão é que as tropas fiquem até o próximo dia 12 de janeiro.

Redação

Uma tentativa de suicídio foi registrada neste sábado (30/12), onde uma jovem não identificada tentava se jogar da Ponte Newton Navarro (Ponte da Redinha), que liga a região da zona norte à zona leste da capital potiguar, bem como ao litoral sul do estado.

Felizmente, uma equipe da Guarda Municipal de Natal chegou ao local rapidamente e conseguiu impedi-la de pular e, em sequência, tranquilizá-la.

Com informações de Na Ficha da Polícia RN

Aproximadamente 45 milhões de pessoas recebem um salário mínimo em todo o Brasil

O presidente da República, Michel Temer, assinou decreto que aumenta o valor do salário mínimo para R$ 954. O reajuste foi concedido nesta sexta-feira (29). Com a mudança, o piso nacional aumentou em R$ 17. Antes dessa alteração, ele estava em R$ 937.

No Brasil, aproximadamente 45 milhões de pessoas recebem um salário mínimo. Nesse cálculo estão pensionistas e aposentados, que têm os rendimentos pagos pelo governo federal. Para reajustar o salário mínimo, o governo precisa seguir uma fórmula: soma-se a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior (no caso, o de 2016) com o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes.

Portal Brasil

A Presidência da República atendeu à solicitação do governador Robinson Faria e vai enviar dois mil militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica para reforçar o patrulhamento no Rio Grande do Norte, por meio da operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO). O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (29), pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann.

A informação foi confirmada por telefone ao governador Robinson Faria na manhã de hoje. O governador havia pedido as Forças armadas há 8 dias e desde então vinha acompanhando junto ao presidente Michel Temer e ao ministro Raul Jungmann a confirmação da liberação dessas tropas.

O decreto autorizando o início da operação deve ser publicado ainda hoje, com prazo inicial de duração de 15 dias, podendo ser renovado.

“Hoje até o fim do dia, nós teremos 500 militares das Forças Armadas que estarão atuando no patrulhamento ostensivo e na garantia da comunidade da região metropolitana de Natal e Mossoró”, afirmou Jungmann.

Outros 1.500 militares deverão chegar dentro das próximas 48 horas para reforçar a segurança no estado. Além disso, outros 190 agentes da Força Nacional de Segurança já estão atuando no RN.

O ministro da Defesa virá a Natal amanhã (30) para acompanhar o início das operações e participar das atividades de planejamento e coordenação.

ASSECOM/RN

Por meio de medida provisória, governo libera recursos que deverão ser aplicados, preferencialmente, nas áreas de saúde e educação

O presidente da República, Michel Temer, assinou medida provisória (MP) que ajuda municípios com dificuldades financeiras emergenciais. Com a ação, o governo libera R$ 2 bilhões da União para entes que recebem recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) .

Pela medida, que deverá ser publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) desta sexta (29), o valor para cada município será calculado de acordo com as regras do FPM, que considera o número de habitantes para a distribuição dos recursos. As regras determinam que o dinheiro seja entregue após a readequação do Orçamento. Os recursos deverão ser aplicados, preferencialmente, nas áreas de saúde e educação.

“O governo, no início de 2018, promoverá um apoio financeiro no valor de R$ 2 bilhões com objetivo de auxiliar os municípios brasileiros que desde 2015 vêm atravessando sucessivas situações de penúria”, explicou o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Marun. “Essa medida provisória é uma prova do compromisso do governo”, disse.

Portal Planalto

Brasília – O ministro da Educação, Mendonça Filho durante a Cerimônia de Homologação da Base Nacional Comum Curricular (Wilson Dias/Agência Brasil)

O Ministério da Educação anunciou, nesta quinta-feira (28) que o piso salarial dos professores será reajustado em 6,81% a partir de janeiro de 2018.

O valor é 4% acima da inflação anual medida pelo IPCA. Desde 2009, o reajuste do salário-base dos professores é determinado por lei, considerando o índice de crescimento do valor mínimo gasto por aluno.

Com o aumento, o piso passa a ser de R$ 2.455 para a jornada de 40 horas semanais.

Heleno Araújo, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, comenta que o valor ainda está abaixo da média paga a outros profissionais com o mesmo nível de formação. Confira na reportagem de Samanta do Carmo.

EBC

Maioria das visitas foi de caravanas escolares

O ano de 2017 chega ao fim revelando um recorde histórico para o Museu Solar Ferreiro Torto, em Macaíba. O local recebeu alcançou pela primeira vez em sua história um número maior do que 10 mil visitas anuais, mais precisamente 10.382 visitantes até a data de ontem, 27 de dezembro, de acordo com dados informados pelo secretário municipal de Cultura e Turismo, Marcelo Augusto Bezerra.

A maioria dessas visitas deve-se às caravanas escolares vindas de cidades vizinhas, incluindo a capital potiguar – Natal – e de diversas outras partes do Rio Grande do Norte, como o Seridó e a Região Oeste. Em seguida, vem o público da terceira idade. Outra parcela significativa é a dos profissionais de fotografia, relatou o secretário Marcelo.

Para 2018, Marcelo Augusto explicou que a sua pasta pretende ofertar cursos de qualificação para guia turístico, capacitando os funcionários que trabalham no local para atender a crescente demanda de público. Também serão formados guias-mirins em parceria com o 138º grupo de escoteiros Augusto Severo, que tem sede no local.

É importante frisar que, a partir de amanhã (29/12), o Solar Ferreiro Torto entra em recesso para visitações, retornando à sua rotina habitual no próximo dia 09 de janeiro.

“É uma satisfação muito grande para a Prefeitura de Macaíba ter batido esse recorde de mais de 10 mil visitantes no ano de 2017. E para 2018, as ações traçadas e planejadas junto com Dr. Fernando, nós vamos cada vez mais incrementar e, certamente, aumentar esse número. Essa é a tendência, pois sabemos de sua importância, já que ali é um sítio arqueológico, um marco zero da colonização de Macaíba e também o segundo engenho da então capitania do Rio Grande. Então, temos muita história para contar.”, declarou Marcelo Augusto.

Solar Ferreiro Torto

Patrimônio histórico tombado pela Fundação José Augusto, o Museu Solar Ferreiro Torto abriga em seu acervo 250 fotografias de personalidades e momentos da história política, social, econômica e religiosa de Macaíba. O espaço foi reinaugurado como complexo turístico e cultural em 2003, na administração do prefeito Fernando Cunha.

Um dos mais belos espaços públicos do estado, às margens do Rio Jundiaí, o local, que abrigou o segundo engenho da capitania do Rio Grande do Norte, também conta uma rica diversidade de espécies de fauna e flora como aves, crustáceos, palmeiras-imperiais e coités.

O Solar está aberto para visitação das 8h às 16h, de terça a sexta e sábado e domingo, das 9h às 15h. Para agendar uma visita ao local, basta ligar para o número 3271-6524 ou para a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo pelo número 3271-6562.

Assecom-PMM

Neste ano, administração macaibense também concedeu aumento salarial e efetuou o pagamento adiantado do 13º salário

A Prefeitura de Macaíba completa 2017 realizando o pagamento em dia do funcionalismo municipal em todos os meses do ano, sempre dentro do mês trabalhado. O pagamento de dezembro começou na última terça-feira (26) pelos funcionários e aposentados do MacaibaPREV.

Nesta quinta-feira (28), os servidores das demais secretarias recebem seus salários e amanhã (29) será a vez dos funcionários da educação e da saúde. O pagamento em dia dos trabalhadores soma-se a outras medidas de responsabilidade com os servidores da administração, como a antecipação do 13º salário, pago no último dia 4 de dezembro.

Em agosto deste ano, a Prefeitura também concedeu aumento salarial de até 25% para os servidores municipais. Este foi o terceiro aumento concedido nos últimos cinco anos pela administração, além dos ajustes obrigatórios, como o dos professores.

De janeiro de 2013 até este mês, a Prefeitura de Macaíba, administrada pelo prefeito Fernando Cunha, efetua rigorosamente em dia o pagamento do funcionalismo, uma das poucas prefeituras do Rio Grande do Norte a manter o salário em dia durante todo este período, mesmo em um cenário de incertezas na economia brasileira.

Pagamento em dia, aumento salarial e antecipação do 13º salário valorizam os trabalhadores e incentiva-os a desempenhar cada vez melhor as suas funções, promovendo um melhor atendimento à população em geral e o desenvolvimento de Macaíba. Uma demonstração de respeito e compromisso com os funcionários da administração municipal macaibense.

TCE destaca eficiência da administração

A organização das contas públicas da Prefeitura, fator que proporciona o pagamento em dia de todos os direitos dos trabalhadores, foi destacada pelo segundo ano consecutivo, pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN). A instituição divulgou no último dia 15 de dezembro em seu portal oficial que apenas oito municípios do Rio Grande do Norte conseguiram alcançar o índice “B”, do Índice de Efetividade de Gestão Municipal (IEGM) em 2016.

Entre eles, apenas Macaíba pertence ao grupo das maiores e mais desenvolvidas cidades do estado. O índice tem o objetivo evidenciar a correspondência entre as ações dos governos e as exigências da sociedade. Em dezembro de 2016, o município foi considerado pelo TCE/RN como um dos 15 mais efetivos do RN.

Assecom-PMM

Agência Senado – O Plenário do Senado aprovou em outubro o PLC 110/2017, que regulamenta a distribuição de recursos do Fundo Especial de Financiamento da Campanha (FEFC). A proposta, que já foi sancionada (Lei 13.488/2017) e valerá para as eleições de 2018, também altera regras eleitorais e limita gastos de campanha.

Estimado em R$ 1,7 bilhão para 2018, o fundo criado pela Lei 13.487/2017 será composto por 30% das emendas de bancadas estaduais e pela compensação fiscal paga às emissoras de rádio e de TV por propaganda partidária, que será extinta.

Os recursos do fundo serão distribuídos da seguinte forma: 2% divididos por todos os partidos; 35% divididos pelos partidos com deputados eleitos, na proporção dos votos recebidos para a Câmara dos Deputados; 48% divididos na proporção das bancadas na Câmara; e 15% divididos na proporção da bancada no Senado.

Para 2018, a representação a ser considerada será o tamanho da bancada, na Câmara e no Senado, em 28 de agosto de 2017. Nos anos seguintes, a representação será a resultante da eleição.

O candidato que quiser ter acesso aos recursos do fundo deverá fazer requerimento por escrito ao órgão partidário respectivo.

Ler mais…

Os novos trabalhos de iluminação pública de Macaíba continuam. Postes nas ruas Potengi, Dinarte Mariz, Areia Branca, Doutor Pedro Matos, Prudente Alecrim, Baltazar Marinho e Francisco da Cruz estão recebendo os consertos, que estão sendo realizados neste primeiro momento em locais com problemas críticos de iluminação. A nova empresa contratada pela Prefeitura realizará os serviços em todo o município, inclusive na zona rural.

Via Facebook da Prefeitura de Macaíba

ASCOM/CBMRN – Muito utilizados nas festas de fim de ano, o manuseio de fogos de artifício, produtos que têm materiais explosivos em sua composição, exigem cuidados. A correta utilização evita acidentes graves como queimaduras, amputações e incêndios. O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN) orienta a população de como comemorar o réveillon com segurança, seja em ambientes domésticos ou em eventos abertos.

De acordo com a major Denise Bezerra, chefe do Serviço de Atividades Técnicas (SAT) da corporação, os fogos devem ser utilizados longe de postos de combustível, produtos inflamáveis, fios de eletricidade, fachadas de edifício e florestas. Ele destacou ainda que é prudente evitar soltar fogos perto de animais, pois eles costumam ficar enraivecidos e descontrolados. Também é preciso analisar a classificação dos fogos e para quais ambientes a utilização é permitida.

“Com relação aos fogos de artifício é preciso ficar atento à procedência, às especificações técnicas para o uso, a data de validade, se o produto é certificado pelo Inmetro e ainda a faixa etária que ele pode ser utilizado”, explicou.

A major explica que a maior parte dessas ocorrências acontece em festejos dentro de casa, quando a manipulação de explosivos se dá de forma inadequada. “A maior parte das pessoas que compra esse material sequer lê a embalagem, as instruções de uso. Muitos ainda soltam foguetes sob efeito de bebidas alcoólicas ou deixam que crianças e adolescentes manipulem esses artefatos”, observa.

“Sempre apontar os fogos de artifícios para um local seguro, longe de pessoas, longe de copa de árvores, fiação e prédios. Utilizar algum objeto prolongável, entre sua mão e o artefato explosivo, porque no caso de uma ativação antecipada do fogo de artifício nós não teremos lesões. Toda vez que for soltar, nunca olhar para um rojão ou para a bomba para evitar lesão nos olhos e nas mãos”, explica.

Em caso de queimaduras, a recomendação inicial é esfriar a lesão com água corrente e fria. Não deve ser colocado nenhum produto em cima, como pasta de dente, manteiga, clara de ovo ou nada que o vizinho diga que se deve fazer. Envolva o membro ou a extremidade queimada e leve a vítima a um hospital, ou a um posto de saúde para que um médico que possa avaliar.

Cada tipo de produto Pirotécnico tem uma classificação, de acordo com o seu poder de explosão ou queima. Essa classificação está adequada à idade do usuário e de acordo com a norma do Ministério do Exército, R 105, para isso todo produto deve possuir na embalagem sua classificação, que pode ser: Classe A (Infantil) – Podem ser vendidos a menores e sua queima é livre (recomendável assistência de adultos); Classe B (Juvenil) – Podem ser vendidos a menores, mas a sua queima é proibida em terraços, portas ou janelas que tenham proximidade com vias públicas (também sob a assistência de adultos); Classe C (Adulto) – Venda proibida a menores de 18 anos; Classe D (Profissionais) – Venda proibida a menores de 18 anos em qualquer hipótese. Só pode ser queimado com licença prévia da autoridade competente.

Confira mais algumas dicas

· Evite a compra de material clandestino, que na maioria das vezes não é testado.

· Confira sempre o certificado de garantia do foguete.

· Ao utilizar os fogos de artifício leia atentamente as instruções contidas na caixa.

· Não segure os fogos de artifício com as mãos. Compre artefatos que venham com a base para encaixar no suporte dos fogos de artifício, para que seja possível colocar no chão.

· Prenda o rojão em uma armação, em uma cerca ou em um muro, e não fique próximo na hora de acender.

· A distância para explodir os fogos com segurança é de 30 a 50 metros de pessoas, edificações e carros.

· Não tente acender fogos que falharem. Se não ocorrer a detonação, jamais tente reutilizá-lo. Tenha sempre um recipiente de água por perto para colocar os foguetes já usados, ou aqueles que falharam, para não haver riscos de novas explosões.

· Dispare os fogos somente ao ar livre, um de cada vez, e veja se não há substâncias inflamáveis ou redes elétricas nas proximidades.

· Nunca atire fogos de lugares fechados, como carros ou residências.

· Nunca atire fogos na direção de outras pessoas.

· Nunca faça experiências, modifique ou tente fazer seus próprios fogos de artifício.

· Nunca utilize fogos após ingerir bebidas alcóolicas;

· Não desmontar os fogos;

· Não fumar dentro dos estabelecimentos que vendem fogos;

· Uma simples bombinha, se estourar muito perto do rosto de alguém ou de outras partes do corpo, pode causar cegueira, trauma acústico ou mutilação.

· Não deixar as crianças manipularem, tampouco permanecerem próximas aos fogos.

· Mantenha a caixa de fósforos ou isqueiros longe do alcance de crianças para que elas não utilizem esses materiais escondidas de você.

· Em caso de queimaduras, a recomendação inicial é esfriar a lesão com água corrente e fria. Não deve ser colocado nenhum produto em cima, como pasta de dente, manteiga, clara de ovo ou nada que o vizinho diga que se deve fazer. Envolva o membro ou a extremidade queimada e leve a vítima a um hospital, ou a um posto de saúde para que um médico que possa avaliar.

Foi num clima de paz e descontração que se realizou o encerramento das atividades do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de Macaíba (SCFV) neste ano de 2017. O serviço atende a mais de mil crianças e adolescentes de 7 a 17 anos, proporcionando-lhes atividades recreativas, educativas, culturais e socioassistenciais.

O projeto, que é o reordenamento do antigo PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil) e do Projovem, é coordenado pela Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social. O objetivo maior é promover o bem-estar social mantendo os jovens longe das situações de risco social.

Muitas mães foram conferir de perto uma exposição mostrando as principais atividades desenvolvidas ao longo do ano. A sede do serviço está localizada na Rua Professor Paulo Mesquita, no Conjunto IPE.

Já o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) atua como a principal porta de entrada do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), sendo responsável pela organização e oferta de serviços da Proteção Social Básica (PSB) nas áreas de vulnerabilidade e risco social.

Além de ofertar serviços e ações de proteção básica, o CRAS possui a função de gestão territorial da rede de assistência social básica por meio do incentivo à organização e à articulação das unidades a ele referenciadas e o gerenciamento dos processos nele envolvidos. Por meio do CRAS, dezenas de mulheres têm acesso a acompanhamento social e atividades profissionalizantes. Em Macaíba, são duas unidades: Tavares de Lyra e Fabrício Pedroza.

 

Estratégias serão definidas em nova reunião, nesta quarta

A agilidade na liberação de financiamentos para governadores em troca de apoio à Reforma da Previdência do Governo Federal foi confirmada nesta terça-feira (26) pelo ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun (PMDB). Marun, no entanto, negou durante entrevista coletiva no Palácio do Planalto que as tratativas representem chantagem com os governantes.

O ministro falou com jornalistas depois de se reunir com Michel Temer (PMDB), nesta tarde. Segundo ele, a aprovação da Reforma em fevereiro, na volta dos trabalhos na Câmara dos Deputados, é dada como certa pelo Governo.

As estratégias para que a aprovação de fato ocorra serão definidas em reunião marcada para esta quarta-feira (27) que contará, inclusive, com presença do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), além do presidente Temer.

Entre as estratégias do governo Temer estão liberação de financiamentos para os Estados. Questionado por jornalistas se os recursos liberados pela Caixa Econômica Federal se transformariam em “moeda de troca”, Marun desconversou.

“Recursos com a Caixa e BNDES são assuntos de governo, se não fosse, o governador faria com outros bancos. Queremos que os governadores nos auxiliem, não acredito que seria chantagem nesse aspecto”, afirmou o ministro.

Sobre quais ações Temer poderia tomar em relação aos governadores que não apoiem a reforma, Marun se limitou a dizer que as liberações devem ocorrer com maior agilidade em caso de apoio à Reforma.

Marun afirmou que tem visto cada vez “menos gente não querendo votar a favor da reforma”, mas lembrou de políticos da oposição, que continuam contra a aprovação da medida de Temer.

Midiamax

Melhora das previsões consta em publicação do Banco Central divulgada nesta segunda-feira (26)

O mercado financeiro está cada vez mais otimista com o cenário para 2018. Projeções coletadas pelo Banco Central mostram que os principais especialistas em economia melhoraram as previsões para inflação, juros e crescimento do País.

Isso, na prática, significa que eles esperam um ano muito melhor do que foi 2017, com o País gerando mais riqueza e empregos, com mais acesso a crédito e mais qualidade de vida para a população.

Os dados fazem parte do Boletim Focus, uma publicação semanal na qual o Banco Central reúne as projeções de cerca de 100 economistas para os principais indicadores do País. Essa pesquisa é divulgada toda segunda-feira.

Juros 2018

Segundo a pesquisa, pode haver mais espaço para queda de juros no País. Os especialistas projetam que a Selic deve cair mais no próximo ano, para 6,75% ao ano. Atualmente, a taxa está em 7% ao ano.

As expectativas para o Produto Interno Bruto (PIB) também melhoraram. Uma semana antes, a previsão era de que o País iria crescer 2,64% no próximo ano; agora, esse número aumentou para 2,68%.

O cenário para inflação também é favorável para os consumidores e mostra que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) pode fechar 2018 abaixo da meta central, em 3,96%. Há uma semana, essa projeção era maior, estava em 4%.

Portal Brasil

O Governo do RN vai protocolar hoje no Ministério da Fazenda um Recurso Hierárquico Próprio dirigido ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, em defesa da edição da Medida Provisória que prestaria auxílio-financeiro ao Rio Grande do Norte.

O documento foi preparado após manifestação pública do Ministério, na manhã desta terça (26), informando que suspendeu a edição da MP que prestaria auxílio ao RN. O Governo do Estado solicita que o Governo Federal “reforme a decisão recorrida, afastando todo e qualquer impedimento ao trâmite administrativo da Medida Provisória a ser editada em socorro ao Rio Grande do Norte”.

No documento assinado pelo Governador Robinson Faria, o Governo do RN historia que no dia último 12 de dezembro o Tribunal de Contas da União, em julgamento de consulta formulada pelo Ministério do Planejamento, deu o aval à abertura de crédito extraordinário pela União para transferência de recursos a Estados em grave crise financeira, de acordo com o previsto constitucionalmente. “Jamais houve qualquer intenção em descumprir vedações constitucionais e legais atinentes à destinação dos valores a serem transferidos”, diz o documento, e acrescenta que “o repasse se enquadra no conceito de Transferência Obrigatória Legal, sem vedação na Constituição”.

No recurso, o Governo do RN destaca a importância da transferência de recursos para a manutenção dos serviços essenciais à população, diante do momento de extrema dificuldade financeira pelo qual passa o Estado, gerada por uma combinação de circunstâncias que inclui a crise econômica, a redução de repasses federais, seca prolongada, queda drástica na receita vinda de royalties e aumento do déficit previdenciário.

ASSECOM/RN

A senadora Rose de Freitas (PMDB-ES) apresentou uma proposta de emenda à Constituição para dificultar o afastamento dos chefes dos Poderes Executivo e Legislativo por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com a PEC 49/2017, eventuais decisões contra os presidentes da República e do Congresso devem ser aprovadas pela maioria absoluta da Corte (6 dos 11 ministros). A regra valeria inclusive para procedimentos cautelares ou liminares.

A PEC 49/2017 aguarda a indicação de um relator na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Na justificativa, a autora faz referência a um episódio ocorrido recentemente. Em dezembro de 2016, o ministro Marco Aurélio Mello concedeu uma liminar para afastar o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) da Presidência do Senado. Mello entendeu que, como havia se tornado réu em um processo no STF, Calheiros não poderia continuar no cargo por estar na linha sucessória do presidente da República.

A Mesa Diretora do Senado decidiu aguardar a deliberação do Pleno do STF antes de decidir sobre um possível afastamento de Renan Calheiros. Por seis votos a três, a Corte derrubou a liminar de Marco Aurélio.

De acordo com Rose de Freitas, a medida pode impedir “esse tipo de procedimento indiscutivelmente traumático”. Ela lembra que um processo de impeachment contra ministro do STF exige decisão de dois terços do Senado, assim como o afastamento do presidente da República depende do voto de dois terços dos deputados.

“Não é admissível decisão monocrática, mormente em sede liminar, com o condão de afastar o comando do Legislativo federal, em qualquer de suas Casas”, argumenta Rose de Freitas na justificativa da PEC.

Agência Senado

Reprodução: WhatsApp

Um animal solto em plena BR-304, nas proximidades da sede do SAMU Metropolitano, em Macaíba, causou uma tragédia nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (26/12).

O fato aconteceu quando um motociclista identificado como Jarbas Morais, “Jarbinha”, de 27 anos de idade, pilotava uma motocicleta e colidiu com o animal que vagava sobre a pista. Com o impacto, o jovem sofreu ferimentos graves que o levaram a óbito ainda no local.

Trabalhadores com direito ao abono salarial ano-base 2015 têm até quinta-feira (28) para sacar o beneficio. O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) informou que esse é o prazo final e não haverá nova prorrogação. Segundo o MTE, até o fim de novembro 1,4 milhão de brasileiros com direito ao benefício ainda não tinham sacado o dinheiro.

Quem trabalhou na iniciativa privada em 2015 pode retirar o dinheiro em qualquer agência da Caixa Econômica Federal ou em uma casa lotérica. Servidores públicos devem procurar o Banco do Brasil. Cada trabalhador recebe valor proporcional à quantidade de meses trabalhados formalmente naquele ano. Se a pessoa trabalhou o ano todo, recebe o valor na íntegra. Quem trabalhou por seis meses, por exemplo, recebe metade do valor. Os pagamentos variam de R$ 79 a R$ 937.

Quem tem direito

Para ter direito ao abono salarial ano-base 2015, é preciso ter trabalhado formalmente em 2015 e atender a alguns requisitos, como estar vinculado formalmente a uma empresa ou a um órgão público por pelo menos 30 dias naquele ano, ter remuneração média de até dois salários mínimos no período, estar inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos e ter os dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Para saber se tem direito ao benefício, é possível fazer uma consulta ao site do Ministério do Trabalho com o número do PIS ou do CPF e a data de nascimento. Também é possível obter informações nas agências bancárias ou ligando para o Alô Trabalho, 158. As ligações são gratuitas de telefone fixo em todo o país.

A Caixa Econômica Federal fornece a informação aos beneficiários do PIS também pelo telefone 0800-726 02 07. O Banco do Brasil atende os beneficiários do Pasep no número 0800-729 00 01.

Agência Brasil