Educação Arquivo

O prazo para estados e municípios aderirem ao Programa Mais Alfabetização foi prorrogado para 15 de fevereiro. A data anterior para o fim do período de adesão era ontem (2).

A adesão deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle do Ministério da Educação, As escolas terão prazo até 16 de fevereiro para fazer sua inscrição no programa.

O programa foi criado para apoiar escolas no processo de alfabetização dos estudantes de todas as turmas do primeiro e do segundo anos do ensino fundamental.  A proposta consiste em reforçar o trabalho do professor com a participação de um assistente, a fim de aprimorar a experiência dos alunos nas áreas de leitura, redação e matemática. Os assistentes serão estudantes de pedagogia e licenciatura. A previsão é que o programa esteja funcionando em março. Serão investidos R$ 200 milhões para o pagamento dos assistentes pedagógicos.

A expectativa é atender a 4,2 milhões de alunos em aproximadamente 200 mil turmas espalhadas pelo Brasil. O repasse será feito por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) e os auxiliares receberão R$ 150 por mês para cada turma em que atuarem, podendo acumular até oito turmas. Não há vínculo empregatício. Os candidatos a assistente devem, obrigatoriamente, passar por um processo de seleção elaborado pelos municípios.

O programa Mais Alfabetização faz parte da Política Nacional de Alfabetização, lançada pelo MEC em 2017 para combater a estagnação dos baixos índices registrados pela Avaliação Nacional de Alfabetização. O conjunto de iniciativas terá investimento total de R$ 523 milhões.

EBC

O Núcleo Câmara Cascudo de Estudos Norte-rio-grandenses (NCCEN) está com inscrições abertas, até o dia 20 de fevereiro, para os interessados em participar de seleção para Curso de Especialização em Literatura e Cultura do Rio Grande do Norte.

O Curso oferece 66 vagas, das quais seis são destinadas aos servidores da UFRN. As inscrições devem ser feitas via Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa), seguindo as abas Lato Sensu > Processos Seletivos, preenchendo o formulário disponível e anexando os documentos solicitados.

A taxa de inscrição é de R$ 50. A seleção é direcionada para graduados em Letras e áreas afins e será feita com base na análise do currículo dos candidatos. Outras informações podem ser conferidas neste edital.

Agecom/UFRN

Gestor municipal esteve acompanhado por vereadores e pelo secretário municipal de Educação

Acompanhado pelo vice-prefeito Auri Simplício, pelo presidente da Câmara Municipal vereador Gelson Lima, pelas vereadoras Dadaia Ribeiro e Ana Catarina, e pelo secretário municipal Domingos Sávio, o prefeito Fernando Cunha compareceu na abertura da Semana Pedagógica 2018 da Rede Municipal de Ensino de Macaíba, em solenidade realizada na manhã desta quinta-feira (01/02) no Arco-Íris Recepções.

Um bom público composto por dezenas de gestores escolares, professores e coordenadores pedagógicos esteve presente no ensejo.

A Semana Pedagógica é realizada todos os anos e constitui-se em um momento para que esses profissionais reflitam e avaliem o trabalho que vem sendo desenvolvido nas escolas municipais, com ênfase nas práticas cotidianas das salas de aula, visando planejar as melhores ações para o novo ano letivo que está prestes a ser iniciado.

Além disso, são abordados diversos outros temas pertinentes à relação entre as unidades escolares e a Secretaria Municipal de Educação.

Assecom-PMM

Via Portal UFRN – As inscrições para seleção de professores de cursos técnicos da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), em parceria com a Rede e-Tec Brasil, terminam nesta sexta-feira, 2 de fevereiro. A entrega da ficha de inscrição e da documentação deve ser realizada no Setor Pedagógico da Coordenação Geral do e-Tec, localizada no antigo prédio da direção da EAJ em Macaíba, das 8h às 11h e das 14h às 16h.

Os requisitos mínimos para participação no processo seletivo são o diploma de nível técnico ou superior na área do curso e um comprovante de experiência de no mínimo um ano de docência.

As vagas são para os cursos técnicos em Administração, Agroindústria, Agronegócio, Contabilidade, Cooperativismo, Finanças, Logística, Manutenção e Suporte em Informática, Qualidade, Química e Redes de Computadores.

Os candidatos serão selecionados por região para atuação nos polos de Acari, Apodi, Caraúbas, Areia Branca, Assú, Caicó, Ceará-Mirim, Ceará-Mirim (Assentamento Rosário), Currais Novos, Goianinha, Ipanguaçu, Itajá, Jaçanã, João Câmara, Lajes, Macaíba, Macau, Martins, Monte Alegre, Mossoró, Natal, Nova Cruz, Parelhas, Parnamirim, Santa Cruz, São Gonçalo do Amarante, São João do Sabugi, São José de Mipibu, São Paulo do Potengi, Touros e Vera Cruz.

Mais informações no site, na seção Processos Seletivos, edital 003/2018.

Ascom – EAJ

A Prefeitura de Macaíba está realizando reformas nas escolas da rede municipal. Entre as unidades beneficiadas, estão as escolas Dayse Hall, no bairro Campinas; Elviro Xavier, em Guarapes; Venera Dantas, em Mangabeira; José Mesquita, em Riacho do Sangue; Jessé Pinto Freire em Félix Lopes e Manoel Simplício em Peri Peri.

As escolas Pedro Gomes e Lagoa dos Cavalos também estão recebendo melhoramentos e outras unidades de ensino receberão os trabalhos em breve. Para 2018, a previsão é que mais de 20 escolas sejam contempladas com essas obras.

Prefeitura de Macaíba (Facebook)

Ontem (30/01) a cidade de Macaíba ficou triste com a notícia da morte de uma das maiores gestoras escolares do município de Macaíba, Professora Graça.

Tive a honra de conhecê-la ainda em 1986 quando eu prestava meus serviços na Secretaria de Educação, mas foi no CE Pedro Gomes onde a pequena/grande mulher mostrou como se deve administrar uma escola.

Graça se agigantava naquele espaço, tratava como sua no literal da palavra. Zelava, cuidava do jardim, das paredes, dos corredores, das salas de aula, de tudo, e ainda se mantinha firme na parte pedagógica. Dava gosto ir ao Pedro Gomes, era um centro modelo.

Pois é, mas hoje estive no velório e acompanhei o enterro até o cemitério local. Foi o sepultamento da gestora que mostrou como se pode fazer muito com tão pouco, os tempos eram outros, mas sempre foi assim.
Mas ela tinha uma coisa que fez a diferença: ELA ADMINISTRAVA COM AMOR!

Minha gratidão à Graça, a mestra que mesmo lá de dentro da escola, nos ensinou o que nunca devemos esquecer. Que a educação pública pode e deve ser de excelência.

Daqui sentiremos a sua falta, e todos os macaibenses devem a Graça, no mínimo, um MUITO OBRIGADO.

Descanse em paz, mestra!

Por Marcelo Augusto – Secretário de Cultura de Macaíba

A Prefeitura de Macaíba informa à população que o período de inscrições da Escola de Música para este ano de 2018 começou. Desta quarta (31/01) até a próxima sexta (02/02), serão feitas a renovação e revisão das inscrições dos alunos já matriculados. Os documentos do aluno necessários para renovação são cópias da carteira de identidade, certidão de nascimento, CPF, declaração escolar e uma foto 3×4. Os documentos dos responsáveis pelo estudante são cópias da carteira de identidade, CPF e comprovante de residência.

Com relação às inscrições para novos alunos, o período será da próxima segunda-feira (05/02) até a sexta-feira (09/02). A documentação a ser apresentada é a mesma mencionada para os que já são alunos da Escola de Música. Os interessados devem comparecer com seus pais ou responsáveis na Rua Doutor Pedro Matos, sem número (antiga sede da Igreja Universal do Reino de Deus), das 8h às 11h e das 13h30min às 16h30min.

O público-alvo da Escola de Música de Macaíba são os estudantes de 10 a 18 anos de escolas públicas. Aulas de flauta, violino, bateria, guitarra, entre outros instrumentos, são oferecidas pelo projeto que tem suas atividades realizadas no contraturno das aulas regulares dos estudantes. É indispensável que seja apresentada uma declaração escolar atualizada em todos os casos.

Assecom-PMM

Setor de desenvolvimento de jogos é um dos que mais cresce no País, que arrecadou R$ 1,3 bilhão no ano passado

Jogos de videogame já deixaram de ser coisa de criança e viraram profissão para muitos adultos. Hoje, 66,3 milhões de brasileiros são jogadores regulares, de acordo com dados da Associação Brasileira dos Desenvolvedores de Jogos Digitais (Abragames). O número torna o Brasil um mercado consumidor em expansão para esses produtos – o 13º maior do mundo quando se trata de vendas de jogos eletrônicos.

Por isso, o Ministério da Cultura lançou o curso a distância “O setor de games no Brasil: panorama, carreiras e oportunidades”, para capacitar quem quer se especializar na área.

Diversidade de funções

A cadeia de produção de jogos envolve uma diversidade de profissionais. Roteiro, desenho de cenários, trilha sonora e animações com modelagem em 2D e 3D, até a programação de suas funcionalidades, são necessários. Além disso, também é preciso divulgar o projeto em redes sociais e defender a ideia para possíveis clientes. Por isso, há espaço para formados em audiovisual, música, computação gráfica, desenho industrial, marketing e comunicação.

Mercado

Segundo a diretora executiva da Abragames, Eliana Russi, “a cadeia é bem eclética, com bastante possibilidade de encaixe dos profissionais”. Ela ressaltou que esse é um “setor que está crescendo muito rápido e muito forte”.

“Hoje em dia o vídeogame tem sido muito mais levado a sério, não é só para criança. É um entretenimento como qualquer outro. Há vários gêneros, para todas as idades e tipos: desde os puramente de reflexo até jogos de mais raciocínio”, explica o designer de jogos Hugo Vaz, que trabalha em uma das maiores empresas do setor no País.

Oferta de vagas

Quem volta seus estudos para a área de games encontra no País boas oportunidades de trabalho. Segundo levantamento da Apex-Brasil, 300 empresas atuam no setor. A maior parte delas está concentrada em São Paulo. Hugo Vaz começou na Behold há oito anos como estagiário e hoje conseguiu se consolidar na empresa.

“O conhecimento em desenvolvimento de jogos está por todo lado: há livros e cursos disponíveis. Para fazer um bom jogo basta prática e persistência e conhecer o mercado. Dá para se viver disso”, ponderou o designer. Dados da Abragames mostram que o País é o 4º maior consumidor de games do mundo. Por isso, Eliana Russi afirma que o cenário para desenvolvedores é animador.

Capacitação

Por lidar diretamente com tecnologias, as mudanças e inovações no universo dos games é constante. Portanto, é preciso estar antenado com as novidades. “Para ser um bom desenvolvedor, tem que ter a mente aberta e jogar todo dia todo tipo de coisa”, aconselha Vaz. “Saber o que é divertido, o que o pessoal gosta, o que está em alta ou em baixa, conhecer o mercado e os processos, o que torna um jogo uma ideia possível de ser um projeto é essencial”, completou.

Oportunidades

Com o surgimento de novas plataformas, como tablets e smatphones, houve ainda a democratização da oferta de jogos. Assim, as possibilidades para desenvolvedores também se ampliaram. “Há muito potencial para trabalhos autorais. E, como o acesso a esses jogos está relativamente simples em celulares e lojas on-line, é relativamente comum ver uma pessoa conseguir fazer um projeto vingar”, disse Vaz.

Portal Brasil

O Programa Complementar de Estudos do Ensino Médio (Proceem) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está com inscrições abertas, até a próxima sexta-feira, 2,  para o curso preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O curso é direcionado exclusivamente para estudantes da rede pública de ensino e conta com 160 vagas.

Podem se inscrever na seleção estudantes de qualquer idade residentes do Rio Grande do Norte, que tenham cursado integralmente o Ensino Médio em escola pública, e que não possuam vínculo com instituições públicas de ensino superior. As inscrições devem ser realizadas online por meio do preenchimento do formulário disponibilizado neste link.

O curso oferece preparação complementar para as áreas do conhecimento em Linguagens, códigos e suas tecnologias, Matemática e suas tecnologias, Ciências da Natureza e suas tecnologias e Ciências Humanas e suas tecnologias.

Outras informações podem ser conferidas no edital do processo ou na página do Proceem no Facebook.

Agecom/UFRN

Os aprovados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) devem procurar, a partir de hoje (30), as instituições escolhidas para a efetivação da matrícula. O período de matrícula vai até 7 de fevereiro.

O Sisu é o sistema informatizado do MEC, utilizado por instituições públicas de educação superior na oferta de vagas a estudantes, com base nas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

ProUni
Nessa segunda-feira (29), o Ministério da Educação abriu a consulta para vagas do Programa Universidade para Todos (ProUni). Neste ano, serão oferecidas 242.987 bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em 2.976 instituições privadas de educação superior. As inscrições começam em 6 de fevereiro.

Agência Brasil


A equipe do blog Informativo Atitude aproveita esta ocasião para parabenizar a jovem Ana Clara Simplício em virtude de sua aprovação no último ENEM para o curso de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, conquistando a oitava posição, conforme os resultados do SISU 2018. Ana Clara é filha do vice prefeito de Macaíba, Auri Simplício.

ASSECOM/DETRAN/RN – O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) por meio da Controladoria Regional de Trânsito (CRT), disponibilizou, em seu website, um link com questões que simulam a prova teórica. O Simulador de Prova direciona para as trinta questões semelhantes às que caem no “provão”, o teste teórico.

Para acessar, basta entrar no site do Detran (www.detran.rn.gov.br) , clicar no link “cidadão” (situado na caixa a direita da página) e escolher a opção “Simulador de Prova”, logo em seguida o candidato terá acesso às questões , basta informar CPF, nome e o tipo de prova que se pretende simular. Estão disponíveis provas para 1ª habilitação, Renovação e Reciclagem.

A aprovação na prova teórica é requisito para realizar as aulas práticas, processo necessário para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Para o Assessor Pedagógico da CRT, Jacob Costa, o simulador facilitará uma boa nota e performance do candidato que terá acesso a questões semelhantes das cobradas no Provão. “Outros Detrans, inclusive, já possuem essa ferramenta em seus websites”, considera.

No ano de 2016, foram realizadas, no Rio Grande do Norte, 62.383 provas teóricas e, no ano de 2017, foram 49.369 provas, o que representou uma redução de 13.104 (-20,8%) provas. Entre 2016 e 2017 o índice de reprovação caiu de 51,8%, em 2016, para 44,0%, em 2017, representando uma redução de 7,8%.

Foto: Divulgação

O período de matrícula dos aprovados começa nesta terça-feira, 30, e vai até 7 de fevereiro

A lista de candidatos aprovados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2018 já está disponível para consulta na internet (sisu.mec.gov.br). Estão sendo oferecidas, ao todo, 239.716 vagas em 130 instituições, entre universidades federais, institutos federais de educação, ciência e tecnologia e instituições estaduais.

O período de matrícula dos aprovados começa nesta terça-feira, 30, e vai até 7 de fevereiro. O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação utilizado por instituições públicas de educação superior na oferta de vagas a estudantes, com base nas notas obtidas no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

Via O Povo Online

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Educação ambiental, combate a queimadas, apoio a unidades de conservação e terras indígenas são ações que podem ser ampliadas nos municípios com recursos do ICMS ecológico, o Imposto sobre circulação de Mercadorias e Serviços que funciona como incentivo para investimento em preservação ambiental. Para ter acesso aos recursos, as prefeituras precisam apresentar até o dia 15 de março relatórios e documentos sobre atividades realizadas em 2017.

No Tocantins, o presidente do Instituto de Natureza do Tocantins – o Naturatins –, Hebert Brito, disse que o número de cadastros feitos no estado ainda está abaixo da expectativa. “No ano passado, o alcance foi de quase a totalidade dos municípios. Cerca de 95% e 96% dos 139 entregaram a documentação e receberam uma parcela boa do ICMS ecológico para ser reinvestido exatamente na proteção do meio ambiente.”

Os documentos sobre as ações ambientais de 2017 passarão por análise técnica do instituto. Correções e documentação extra podem ser solicitadas e, por isso, os gestores devem enviar os relatórios o quanto antes para evitar a perda do prazo final.

Os recursos do ICMS ecológico – que no ano passado somaram cerca de R$ 92 milhões – também podem ser usados para garantir o funcionamento dos órgãos ambientais municipais, inclusive conselhos e fundos de meio ambiente.

Mais informações sobre o programa podem ser encontradas no site ou pelo telefone (63) 3218-2693.

Morte de macacos

O Naturatins lançou nesta semana uma campanha de combate aos crimes ambientais envolvendo macacos. Nos últimos sete dias, foram encontrados dois macacos mortos no Parque Cesamar, em Palmas. Ainda não se sabe a causa da morte dos primatas. Eles foram encontrados sem sinais de agressão física. O material recolhido na necrópsia será analisado pelo Instituto Evandro Chagas, no Pará.

O presidente do instituto Naturantins lembrou que os macacos ajudam no monitoramento e nas ações de combate à febre amarela. A doença é transmitida por mosquitos, entre eles o Aedes aegypti. Os macacos não transmitem febre amarela.

“A equipe técnica da Naturatins, veterinários, em conjunto com a área do parque também estão trabalhando em conjunto com a área do parque, também estão trabalhando nesse sentido. Além da educação ambiental, procuramos levar o máximo de informação possível.”

O Tocantins é um estado que já possui circulação viral da febre amarela e, por isso, a vacinação é obrigatória a partir dos nove meses de idade. O secretário-executivo da Secretaria de Saúde de Palmas, Whisllay Maciel Bastos, informou que, após a morte dos dois macacos, o número de pessoas em busca de vacina contra a febre amarela dobrou na cidade. A maior parte das pessoas vai aos postos de saúde porque perdeu o comprovante de vacinação. Apenas uma dose ao longo da vida é suficiente para imunização.

“O risco que está presente aqui são pessoas que vieram de fora. De áreas em que a vacinação não é obrigatória. É muito menos de pessoas que residem aqui porque elas já foram estimuladas a serem vacinadas e protegidas.”

Ainda não existe previsão para a divulgação da causa da morte dos dois macacos em Palmas. Mas a campanha contra os crimes ambientais continua e denúncias de ataques aos animais silvestres podem ser feitas pelo telefone 0800 631155.

EBC

 

Cem meninos e meninas do SCFV passeiam pelo Rio e conhecem mais sobre educação ambiental e a história do Rio Grande do Norte.

Um dia especial para 100 crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). O brilho nos olhos das meninas e meninos ao navegar pelas águas do Rio Potengi e da história do Rio Grande do Norte era uma evidência. Por iniciativa da Prefeitura de Macaíba, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) os jovens participaram de uma aula do projeto Barco Escola Chama-Maré, do Governo do Estado, nesta quinta-feira (25), em Natal.

A aula-passeio, com saída do Iate Clube do Natal, navegando pelo Potengi, ofereceu uma viagem no tempo por pontos importantes da capital potiguar. Um novo ponto de vista sobre a Cidade do Sol. Ponte Newton Navarro, Fortaleza dos Reis Magos, Redinha, Porto de Natal, Ribeira, Cidade Alta e a riqueza cultural presente nestes lugares e muitos outros observados durante o trajeto também proporcionaram uma conscientização sobre a necessária preservação dos recursos naturais, como o próprio Potengi, patrimônio potiguar.

Um dia diferente na vida de Eric Pinheiro Alves, 11 anos, morador da Morada da Fé. Em seu primeiro passeio pelo rio, o menino destacou o sentimento dele. “É bonito demais! A história é bonita, legal, importante. É a primeira vez que faço um passeio assim”, disse Eric.

A alegria dele também estava presente na fala de Andryelly da Silva, 11 anos, que também mora no bairro Morada da Fé. Ao lado do grupo de amigas, ela afirmou: “Estou achando maravilhoso isso aqui!”, declarou. De acordo com o coordenador do SCFV, Thiago Sanderson, a ideia é que as crianças e adolescentes do serviço participem de outras atividades semelhantes a aula.

Assecom-PMM

Inauguração de creche modelo, reforma de escolas, formação continuada e valorização profissional estão entre os destaques

O ano de 2017 foi um dos mais positivos para a Educação macaibense nesta década. A Secretaria Municipal de Educação – SME fez um balanço das muitas ações que a pasta realizou e apontou, dentre outros itens, reforma de escolas, formação continuada e valorização profissional como destaques.

Todas essas conquistas emergem em meio a um cenário de crise e dificuldades econômicas que afeta inúmeros municípios de todas as regiões do país. No quesito estrutural das escolas e creches, destaca-se a inauguração de nova creche modelo Damiana França Rodrigues, no distrito de Canabrava, construída com recursos próprios, o novo estabelecimento de ensino tem capacidade para atender mais de 250 crianças com idades entre dois e cinco anos, contando com cinco salas, um pátio, um berçário e uma brinquedoteca. Além disso, diversas unidades receberam serviços elétricos e hidráulicos de manutenção, assim como pintura, sendo uma delas reformada: Escola Municipal Fabrício Gomes Pedroza.

Quanto à formação continuada, 2017 foi iniciado com uma jornada pedagógica para todos os professores da rede municipal. E no decorrer do ano, foram ofertadas várias capacitações para os docentes, conforme cada etapa de ensino em que atuam. Somente os da Educação Infantil tiveram quatro formações e dois seminários. O município também tem concedido promoções aos seus professores, 93 tiveram suas mudanças de letra concedidas e 15 mudaram de nível.

Novas metas

Para este ano de 2018, uma grande operação para reforma de mais de 20 escolas está prevista, começando já nestes primeiros meses. Também já estão assegurados para este ano letivo o fardamento do alunado e o material didático da Educação Infantil. Outras três creches do tipo modelo estão sendo construídas, que juntas atenderão aproximadamente mil crianças.

A Secretaria Municipal de Educação elaborou um sistema próprio de avaliação, com a participação de professores, diretores e coordenadores, tendo sido aprovado pelo Conselho Municipal de Educação. A Portaria que regulamenta esse sistema entra em vigor neste ano letivo.

Outro ponto de destaque são as eleições democráticas para gestores. A partir de agora, serão 24 escolas administradas por gestores eleitos por meio de voto. O município totaliza 43 escolas, e a previsão é que todas elas realizem eleições ainda neste ano de 2018, onde os eleitos terão direito a um mandato de 2 anos.

Assecom-PMM

O acervo de obras raras da Biblioteca Acadêmico Luiz Viana Filho é composto por aproximadamente 2,9 mil exemplares. Desse total, cerca de 1,3 mil publicações, algumas com mais de 300 anos, também estão disponíveis para download gratuito pela biblioteca digital. Mônica Rizzo, coordenadora da biblioteca, destaca que a divulgação das obras democratiza o acesso dos cidadãos.

— São obras não apenas de importância mundial, mas que também dizem respeito à formação histórica do Brasil — afirmou Mônica.

O livro mais antigo é o Novvs Orbis feu Descriptionis Indiae Occidentalis, de Johannes de Laet, datado de 1633. Trata-se de uma descrição geográfica, etnológica e linguística da América, além de relatos e desenhos de animais e plantas da região, com especial destaque para o Brasil.

Outra obra de grande valor histórico é a versão digitalizada do decreto que aboliu a escravatura no Brasil, dando origem à Lei Áurea. O documento é assinado pela princesa Isabel (1846-1921), cujo nome completo era Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bragança e Bourbon.

A coordenadora destaca a “coleção particular do senador e bibliófilo Luiz Viana Filho, com quase 11 mil volumes, negociada com a família em 1997, após o falecimento do colecionador”.

— A coleção contempla obras de cunho político e sobre as questões de estabelecimento das fronteiras brasileiras. Por sua relevância no contexto do acervo, essa coleção conta com instalações de guarda exclusivas e já foi objeto de exposições e publicação do Catálogo de Obras Raras e Valiosas da Coleção Luiz Viana Filho — explicou.

Esse catálogo também está disponível, na internet, para qualquer pessoa, no Brasil e no exterior. As obras são de domínio público ou tiveram direitos autorais cedidos pelos proprietários, possibilitando acesso e download gratuitos pelo site do Senado.

Variedade

A Biblioteca Digital do Senado disponibiliza para download gratuito na internet mais de 260 mil documentos. O acervo digital reúne, entre outros itens, livros, artigos de revistas, notícias de jornal, textos de senadores e servidores do Senado e legislação, inclusive em áudio.

A atualização do acervo digital é feita conforme a aquisição de novos livros e a produção intelectual da Casa. Novos artigos são disponibilizados semanalmente na página. Já as notícias dos jornais são inseridas diariamente.

Agência Senado

Foto: Vinícius Loures/Câmara dos Deputados

Professora Dorinha Seabra Rezende é favorável à continuidade do Fundeb

O Fundeb, como é conhecido o fundo que repassa recursos para estados e municípios aplicarem em educação, é responsável por mais da metade dos gastos no ensino básico, que engloba creches, o ensino fundamental e o ensino médio.

O fundo, no entanto, tem data para acabar. Ele foi incluído na Constituição em 2006 com previsão para durar só 14 anos, ou seja, até 2020.

Na Câmara dos Deputados, uma comissão especial analisa proposta de emenda à Constituição (PEC 15/15) que torna o fundo permanente. O colegiado começou a trabalhar em janeiro de 2016 e tem até o final de fevereiro deste ano para votar a matéria.

Assim que o Congresso voltar ao trabalho, no início de fevereiro, a relatora da proposta, deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), vai apresentar seu relatório.

Para a deputada, a manutenção do fundo é fundamental para que o Brasil pelo menos iguale os investimentos em educação feitos pelos 35 países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

“O objetivo central é garantir a continuidade desse financiamento, dando assim condições para que os sistemas de ensino organizem seus novos planos de carreira, melhorem a escola, façam equiparação salarial e, acima de tudo, invistam mais no custo-aluno”, disse a relatora.

Distribuição
Além de tornar o Fundeb permanente, a PEC 15/15, da deputada Raquel Muniz (PSC-MG), estabelece que pelo menos 60% dos recursos serão usados para o pagamento dos professores e que o governo federal vai complementar os valores sempre que o estado ou município não conseguir atingir o piso salarial nacional.

O texto também proíbe retrocessos na educação e torna caso de improbidade administrativa o não cumprimento dos repasses.

Dados
O Fundeb é formado por recursos dos governos federal, estaduais e municipais, mas as prefeituras recebem de volta quase o dobro do que aplicam, o que varia de acordo com o número de alunos matriculados na educação básica.

No ano de 2015, o fundo somou R$ 134,3 bilhões, sendo que, desse total, R$ 13,3 bilhões foram repassados pela União; R$ 39,6 bilhões pelos municípios; e R$ 81,4 bilhões pelos estados.

Em relação à distribuição das verbas, R$ 58,1 bilhões foram para os estados; e R$ 76,2 bilhões para os municípios, repasses feitos conforme as matrículas.

PNE
Nas quase 30 audiências públicas promovidas pela comissão especial, especialistas defenderam que o Fundeb se torne definitivo como maneira de garantir uma melhor distribuição dos recursos, principalmente para municípios pobres, e para que o Brasil consiga atingir as metas definidas pelo Plano Nacional de Educação (PNE).

O Brasil ainda está longe de atingir a meta de colocar, até 2024, 50% das crianças de até 3 anos na escola. O índice hoje é de 30%. O mesmo ocorre em relação aos jovens de 15 a 17 anos efetivamente matriculados no ensino médio. O índice atual está em 62%, enquanto a meta para 2024 é de 85%.

Agência Câmara Notícias

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam hoje (23) e vão até a próxima sexta-feira (26) exclusivamente pelo site, sem cobrança de taxas.

Estão sendo oferecidas, ao todo, 239.601 vagas em 130 instituições, entre universidades federais, institutos federais de educação, ciência e tecnologia e instituições estaduais.

Podem se inscrever estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017, que obtiveram nota na redação diferente de zero e que não sejam treineiros (participantes menores de 18 anos no primeiro dia de realização da prova).

Para se inscrever, o candidato precisa do seu número de inscrição e da senha cadastrados no Enem de 2017. É preciso estar atento aos documentos exigidos pelas instituições para a efetivação da matrícula, em caso de aprovação.

O Sisu foi desenvolvido para selecionar candidatos às vagas das instituições públicas de ensino superior que utilizarão a nota do Enem como única fase de seu processo seletivo. A seleção é feita com base na nota obtida pelo candidato. No site, é possível consultar as vagas disponíveis, pesquisando as instituições e os seus respectivos cursos participantes.

Confira o cronograma do Sisu:

– 23/1 a 26/1: período de inscrições (as notas de corte serão divulgada nos dias 24, 25 e 26)

– 29/1: resultado da chamada regular

– 29/1 a 7/2: prazo para participar da lista de espera

– 30/1 a 7/2: matrícula da chamada regular

– 9/2: convocação dos candidatos em lista de espera pelas instituições a partir desta data.

EBC

Estão abertas as inscrições para seleção de professores de cursos técnicos da Rede e-Tec Brasil para atuarem em vários municípios do Rio Grande do Norte.

As inscrições devem ser feitas no Setor Pedagógico da Coordenação Geral do e-Tec, localizada no antigo prédio da direção da EAJ em Macaíba, da 8 às 11 horas e das 14 às 16 horas. O prazo termina dia 2 de fevereiro de 2018.

Os requisitos mínimos para participação no processo seletivo são diploma de nível técnico ou superior na área do curso e comprovante de experiência de, no mínimo, um ano de docência.

As vagas são para os cursos técnicos em Administração, Agroindústria, Agronegócio, Contabilidade, Cooperativismo, Finanças, Logística, Manutenção e Suporte em Informática, Qualidade, Química e Redes de Computadores.

Os candidatos serão selecionados por região para atuação nos polos de Acari, Apodi, Caraúbas, Areia Branca, Assú, Caicó, Ceará-Mirim, Ceará-Mirim (Assentamento Rosário), Currais Novos, Goianinha, Ipanguaçu, Itajá, Jaçanã, João Câmara, Lajes, Macaíba, Macau, Martins, Monte Alegre, Mossoró, Natal, Nova Cruz, Parelhas, Parnamirim, Santa Cruz, São Gonçalo do Amarante, São João do Sabugi, São José de Mipibu, São Paulo do Potengi, Touros e Vera Cruz.

Mais informações em www.etec.eaj.ufrn.br na seção Processos Seletivos, edital 003/2018.

E-tec EAJ