Curiosidades Arquivo

Portaria conjunta entre o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) prevê ampliação do espectro de rádio FM nos equipamentos fabricados na Zona Franca de Manaus. O documento foi assinado nessa quinta-feira (21).

O espectro disponível para rádios FM vai aumentar devido à implementação da televisão digital e ao desligamento do sinal analógico de TV. Com a portaria, os equipamentos terão de prever o uso da faixa FM entre 76 e 108 MHz — hoje, a faixa vai de 88 a 108 MHz.

A TV digital já foi implantada em Brasília e nove cidades do entorno do Distrito Federal; São Paulo e 38 cidades vizinhas; Goiânia e mais 29 cidades do estado de Goiás; Recife e outras 13 cidades de Pernambuco. O cronograma prevê o desligamento em Fortaleza, Juazeiro e Sobral, no Ceará, e em Salvador, na Bahia, em 27 de setembro. A capital do Rio de Janeiro e 18 cidades do estado; Vitória e cinco cidades do Espírito Santo terão o sinal analógico de TV desligado em 25 de outubro.

“A radiodifusão brasileira vive um momento especial e tem evoluído constantemente”, disse o ministro Gilberto Kassab. “Com a conclusão do desligamento do sinal analógico de TV, o País poderá oferecer mais radiodifusão em FM”, explicou.

Para o ministro do MDIC, Marcos Pereira, a mudança aproxima a Política de Radiodifusão, em especial a Digitalização do Rádio e da TV, e as políticas industriais e de desenvolvimento tecnológico. “Trata-se também de um pleito antigo da Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel). A popularização de receptores com a faixa de 76Mhz a 108MHz facilitará a migração das emissoras de rádio AM, de ondas médias, para FM, sobretudo nas grandes cidades, onde os espectros já estão ocupados”, disse.

Até o final do ano, cerca de mil emissoras AM no País terão passado a utilizar o espectro FM, com áudio de qualidade, menos ruído e interrupções de transmissão e sintonia em dispositivos móveis, como tablets e smartphones.

Portal Brasil

A adoção do horário de verão para gerar economia de energia no Brasil não se justifica mais. A avaliação é do diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino. O horário de verão está previsto para começar no dia 15 de outubro e terminar em 17 de fevereiro do próximo ano. O governo analisa a manutenção ou encerramento do horário de verão.

“A avaliação é que, sob a perspectiva do setor elétrico, o horário de verão não se justifica”, disse Rufino.

Estudos sobre a viabilidade da manutenção do horário de verão, que abrange nove estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além do Distrito Federal (Brasília), estão sendo conduzidos no âmbito do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), que reúne diversos órgãos governamentais ligados ao setor elétrico.

As pesquisas apontam para o fato de que a adoção da hora adiantada não resulta mais em economia de energia, uma vez que a temperatura é quem determina o maior consumo de energia e não a incidência da luz durante o dia. De acordo com o Operador Nacional do Sistema (ONS), atualmente os picos de consumo ocorrem no horário entre 14h e 15h, e não mais entre 17h e 20h.

Enquete

O governo estuda a possibilidade de consultar a sociedade sobre a adoção ou não do horário de verão este ano. A decisão precisa sair rápido e está nas mãos do presidente Michel Temer e do ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho. Se a definição for pela enquete, ela será lançada no Portal do Planalto na próxima semana.

Apesar de não fazer mais diferença na economia de energia, conforme explicou o diretor-geral da Aneel, uma parte da sociedade gosta da sensação de ter uma hora a mais no dia e poderá manifestar isso na enquete.

Além disso, o governo pode levar em consideração o maior movimento do comércio durante o horário de verão. Com dias mais claros, as pessoas ficam mais na rua e consomem mais.

Bandeira vermelha

De acordo com Rufino, em outubro o governo deve passar a cobrar a bandeira vermelha na conta de luz, possivelmente na faixa dois, em razão da escassez de chuvas.

“O que podemos falar agora é de tendência. A bandeira está vinculada ao CMO (Custo Marginal de Operação), que é muito dependente de regime hidrológico e a previsão de chuva. A tendência é que estamos com um regime hidrológico muito desfavorável, com chuvas atrasadas. A tendência é despachar térmicas mais caras”, disse.

Atualmente, está em vigor a tarifa amarela na cobrança da conta de luz. Esta tarifa representa um acréscimo de R$ 2,00 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Com a adoção da tarifa vermelha, o preço da tarifa de energia passa a ter um acréscimo e vai a R$ 3,00 por 100 kWh. No caso do patamar dois, esse valor seria maior: R$ 3,50 a cada 100 kWh consumidos.

Agência Brasil

A Comissão de Viação e Transportes aprovou proposta que altera a Lei Antifumo (Lei 9.294/96) para proibir o uso de cigarros, cigarrilhas, charutos, cachimbos ou qualquer outro produto com fumo em aeronaves e veículos de transporte coletivo ou individual onde esteja gestante, criança ou adolescente.

Foi aprovado um substitutivo do relator, deputado Altineu Côrtes (PMDB-RJ), para o Projeto de Lei 4074/15, do Senado, e outros três apensados. O projeto original incluía a alteração também no Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069/90) e previa pena de detenção para os infratores.

Cortês, no entanto, acolheu sugestões de outros deputados para excluir do texto as punições e incluir a proibição apenas na Lei Antifumo. “Entendemos que a inclusão da vedação na Lei 9.294, de 1996, já seria suficiente para alcançar os efeitos pretendidos”, disse.

Tramitação

O projeto, que tramita em regime de prioridade, será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois, segue para análise do Plenário.

Agência Câmara Notícias

No meio da votação da aprovou o fim das coligações partidárias, um discurso inflamado feito na data de ontem (20/09) causou polêmica na Câmara Federal, o deputado Cabo Daciolo (PTdoB-RJ), que se elegeu quatro anos atrás pelo PSOL, defendeu o fechamento do Congresso e a intervenção militar no país. Disse que ali só tem corruptos e pediu que os brasileiros estendam a bandeira do Brasil em suas janelas e varandas como forma de protesto. O parlamentar também fez duras críticas à Rede Globo.

Após o evento relatado ontem (18/09), um novo tremor de terra ocorreu na região de João Câmara. O novo evento ocorreu às 22:09 UTC (19:09, hora local), teve magnitude preliminar estimada em 1.4 (um pouco abaixo do limiar de percepção para essa região, de 1.5) e epicentro próximo ao evento anterior.

O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

O registro do evento na estação RCBR está mostrado na Figura 2.

A ocorrência de um novo evento gera uma expectativa sobre a evolução da sismicidade nos próximos dias. Infelizmente a sismologia ainda não conseguiu desenvolver métodos de previsão de terremotos. Sendo assim, pode ser que esses dois eventos sejam singulares, isto é, isolados, ou pode ser que eles prenunciem um novo ciclo de intensa atividade sísmica na região. Só o tempo dirá qual das hipóteses é correta.

*Fonte: LabSis/UFRN, RSISNE, INCT-ET

O Paraná tremeu na madrugada desta segunda-feira (18). Dois terremotos foram registrados em duas cidades do Paraná, segundo dados do Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo.

O primeiro deles, registrado à 0h16, teve 4,5 graus de magnitude com o epicentro na cidade de Rio Branco do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba. Também houve registro de tremores em Colombo, Itaperuçu e Almirante Tamandaré, segundo relatos de ouvintes hoje de manhã no Jornal da Banda B. Fotos com rachaduras nas paredes começaram a circular nas redes sociais.

Registro no site do Centro de Sismologia da USP

Dois minutos depois, o segundo abalo, de 5,1 graus de magnitude atingiu a cidade de São Jerônimo da Serra, que fica a 337 quilômetros da capital.
A profundidade do primeiro tremor foi de 51 quilômetros, e a do segundo foi de 10 quilômetros. Até o momento não há informações de vítimas ou danos.

Rádio Cultura Foz/Banda B

 

(AP Photo/Andrew Medichini)

Por Agências/DL – Fernando Meirelles será diretor do filme “The Pope”, que será produzido para o serviço de streaming Netflix, apresentando a relação entre o papa Francisco e o antecessor, Bento XVI, noticiou nesta quarta-feira (7) o site Deadline.

De acordo com o veículo especializado, Jonathan Pryce, o High Sparrow, em “Game of Thrones”, fará o papel do atual líder da Igreja Católica. Já Anthony Hopkins está em negociações para interpretar Joseph Ratzinger, que ostenta o título de papa emérito.

O longa mostrará a escolha do alemão como o Bento XVI, a posterior renúncia em 2013, além da sucessão pelo argentino Jorge Mario Bergoglio, que se tornaria o papa Francisco.

O diretor de “Cidade de Deus” e, mais recentemente, da Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos de 2016, não dirige um filme completo desde “360: A Vida é um Círculo Perfeito”, de 2011, que contou com Hopkins no elenco.
Há três anos, Meirelles participou de “Rio, Eu Te Amo”, dirigindo um dos 11 segmentos da obra.

Via Mídia Max

Mais cidades têm adotado o turismo como estratégia para promover desenvolvimento, mostra o Mapa do Turismo Brasileiro, estudo do Ministério do Turismo (MTur) lançado nesta quinta-feira (14). Ao todo, 3.285 municípios em 328 regiões turísticas foram registrados em 2017. Em 2016, eram 2.175 cidades em 291 regiões.

A região com o maior número de cidades turísticas é a Sudeste, com 1.138. Em seguida, estão as regiões Sul (905), Nordeste (758), Norte (259) e Centro-Oeste (225). Para o ministério, o crescimento registrado neste ano está relacionado às ações de conscientização de gestores municipais e estaduais, que buscaram identificar e classificar mais cidades. Com isso, elas podem acessar políticas públicas diversas, inclusive investimentos.

O mapa serve como base para o planejamento e a execução de políticas para o setor. Neste ano, ele apresenta nova categorização das cidades, que foram escalonadas de A a E, tendo como parâmetros o fluxo turístico e o número de empreendimentos regulares cadastrados. De acordo com o documento, 740 municípios, o que equivale a 23% do total, estão nas categorias A, B e C. Eles concentram 93% do fluxo de turistas doméstico e 100% do fluxo internacional. Os demais ocupam, em geral, um papel no fluxo turismo regional.

Para ser incluído no mapa, o município precisa cumprir algumas regras, como ter órgão responsável pela pasta de turismo e destinar recursos para o setor na Lei Orçamentária. A elaboração do instrumento começa com a inserção de documentos no Sistema de Informações do Programa de Regionalização do Turismo e, em seguida, as regiões apontadas são validadas ou não  pelos fóruns e conselhos estaduais de Turismo.

Além da nova classificação, o MTur informou, ao divulgar o novo mapa, que a atualização do instrumento será feita a cada dois anos. Antes, não havia um período fixo para isso. “O mapa é um instrumento muito importante para gestão, estruturação e promoção dos destinos. Por isso, é importante que ele esteja sempre atualizado, garantindo que os municípios que queiram trabalhar o turismo como uma atividade econômica tenham prioridade dentro das políticas e ações do MTur”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão, que acrescenta que a nova estratégia faz parte do Plano Brasil + Turismo, lançado neste ano.

Agência Brasil

A pílula pode mudar a estrutura física e algumas funções cerebrais, de acordo com uma pesquisa da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos

Por Exame – Uma pesquisa realizada na Universidade da Califórnia (UCLA), nos Estados Unidos, trouxe informações alarmantes para mulheres do mundo todo. Os pesquisadores da instituição descobriram que o uso de anticoncepcionais pode estar danificando o cérebro.

Os cientistas dividiram 90 mulheres em dois grupos: 44 que tomavam as pílulas regularmente e 46 que não. Eles notaram que duas regiões específicas do cérebro, o córtex orbitofrontal lateral e o córtex cingulado posterior, tendiam a ser mais finos nas mulheres que tomavam a contracepção oral.

Se você não é médico, provavelmente nunca ouviu falar dessas duas regiões do cérebro. Elas desempenham um papel importante na saúde das pessoas. O córtex orbitofrontal lateral, por exemplo, regula as emoções e a resposta a recompensas.

Aliás, mudanças no córtex orbitofrontal lateral podem ser responsáveis pelo aumento da ansiedade e sintomas depressivos que algumas mulheres sentem quando começam a tomar a pílula.

Já o córtex cingulado posterior está envolvido com o pensamento interior-dirigido. Essa parte do cérebro está relacionada à memória e ao desenvolvimento de planos para o futuro.

Os cientistas ainda não determinaram se estas alterações neurológicas são permanentes. “Nós precisamos fazer mais estudos para descobrir se comportamentos podem ser alterados pela pílula”, disse Nicole Petersen, neurocientista da UCLA, em entrevista ao Huffington Post.

Pesquisas e mais pesquisas

Em 2010, pesquisadores já haviam documentado que a pílula oral altera algumas partes do cérebro envolvidas na regulação do humor. No entanto, eles haviam descoberto que determinadas regiões tinham aumentado de tamanho.

Apesar de preocupante, já era de se esperar que a pílula provocasse efeitos negativos no cérebro. Afinal, hormônios sexuais, como o estrogênio, influenciam (e muito) o sistema nervoso da mulher.

Esta não é a primeira vez que um estudo revela os males dos anticoncepcionais. Uma pesquisa recente descobriu que mulheres que tomam contraceptivos orais combinados (aqueles que combinam diversos tipo de hormônios) têm um risco de trombose venosa quadruplicada em relação àquelas que não tomam pílulas.

Via Agora RN

Neste 7 de setembro, a Rede Nacional de Rádio apresenta série especial que conta a história de personagens importantes no processo de independência do país.

Intitulada Heróis e Heroínas da Independência, a série traz dez programetes sobre brasileiros e brasileiras que tiveram atuação decisiva no processo de emancipação do país. Todo o material pode ser reproduzido, de graça, por qualquer emissora de rádio do país.

A série também será veiculada na programação da Rede Nacional de Rádio, distribuída via satélite, pelo mesmo sinal da Voz do Brasil, até o dia 8 de setembro, às 14h03 e às 18h.

Conheça aqui brasileiros e brasileiras que foram importantes para a independência do Brasil: 

Sepé Tiaraju – No final do século 18, o índio guarani despontou como líder das forças missioneiras na Guerra Guaranítica pelas terras do Sul do país. Tinha horror à escravidão e até hoje é venerado como santo no Rio Grande do Sul.

Frei Caneca – Foi um dos principais líderes da Revolução Pernambucana contra a dominação portuguesa em 1817. Também esteve à frente da Confederação do Equador, que rejeitava a constituição conservadora outorgada por dom Pedro I em 1824.

Domingos José Martins – Foi um dos mentores da Revolução Pernambucana em 1817. Comerciante bem-sucedido, não concordava com altos impostos e desmandos de Portugal no Brasil Colônia. Ajudou a difundir os ideais de liberdade em reuniões no Recife, em Salvador e no Rio de Janeiro.

Luís Gonzaga das Virgens e Veiga – Ele foi um dos líderes da Conjuração Baiana – revolta popular que mobilizou a Bahia em 1798 contra o sistema colonial português. Negro e neto de escravos, deixou de ser promovido na carreira militar por causa dos ideais republicanos e acabou sendo enforcado.

Cipriano Barata – Nasceu em Salvador e se formou médico em Portugal, onde conheceu as ideias iluministas. Dedicou-se à política e à imprensa, e foi preso diversas vezes sob acusação de ser “inimigo do imperador”.

Joana Angélica – No início do século XIX, a religiosa baiana foi protagonista de um dos episódios mais dramáticos nas batalhas pela independência do Brasil. Ela morreu defendendo o Convento da Lapa, em Salvador, contra o ataque dos soldados portugueses.

Maria Felipa – Na Ilha de Itaparica, perto de Salvador, a pescadora conseguiu vencer a tirania dos portugueses com sua força e inteligência. Era descendente de negros escravizados do Sudão, e se vestia com batas e turbantes.

Maria Quitéria – Foi a primeira mulher a integrar o Exército, na campanha da Bahia pela independência do Brasil. Contra a vontade do pai, fugiu de casa para se alistar, vestida com as roupas do cunhado.

Bárbara Heliodora – No final do século XVIII, o Brasil Colônia sofria com os desmandos de Portugal. Em Minas Gerais, um grupo de intelectuais e comerciantes mineiros se uniu para defender os ideais de liberdade do povo brasileiro. Entre eles, estava Bárbara Heliodora, considerada a primeira poetisa do país e primeira mulher a participar de um movimento político.

Bárbara de Alencar – Avó do escritor José de Alencar e matriarca de uma família de revolucionários em um Nordeste marcado pelo patriarcado, em 1817, proclamou e assumiu a presidência da República do Crato, no interior do Ceará. Por defender os ideais separatistas, entrou para a história como primeira presa política do país.

Agência Brasil

Foto: Divulgação

“Esta é a história da sua vida, do seu país. É a história daqueles que, por justiça, foram aonde não imaginavam chegar”. Assim, diz a chamada para um dos filmes nacionais mais comentados do momento, na página do Facebook que divulga a produção: “Polícia Federal – A Lei é Para Todos”, que promete contar a história da Operação Lava Jato através da sétima arte.

O filme estreia exatamente neste feriado de 07 de setembro, Dia da Independência do Brasil. Confira o trailer oficial:

Near-Earth asteroid, artwork

Um asteroide de mais de 4 quilômetros de diâmetro vai passar pela Terra nesta sexta-feira (1), segundo a Nasa. Chamado de “Florence”, ele é o maior já registrado pela agência. Mas a Nasa garante que o asteroide não apresenta riscos. O Florence foi descoberto em março de 1981 e passará pela Terra a uma distância de sete milhões de quilômetros.

“É o maior objeto celeste a passar tão perto do nosso planeta desde a descoberta do primeiro asteroide nas proximidades da Terra, há mais de um século.”, confirmou a Nasa em seu site.

Segundo Paul Chodas, responsável pelo Centro para o Estudo de Objetos Próximos à Terra, da Nasa, “muitos asteroides conhecidos cruzaram a Terra com uma distância mais curta do que fará o Florence, porém, todos eles eram menores”.

Os cientistas da Nasa também planejam estudar o asteróide durante sua passagem, utilizando poderosos telescópios na Califórnia e em Porto Rico. “As imagens resultantes devem permitir determinar as dimensões exatas do asteroide e também revelar os detalhes de sua superfície com uma precisão de 10 metros”, comentaram.

O Florence não deverá retornar às imediações do planeta até outubro de 2024, afirmou a Nasa (ANSA)

ANSA

O Brasil já tem 207 milhões, 660 mil e 929 de habitantes, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados hoje (30) no Diário Oficial da União. No ano passado, o levantamento anual do IBGE indicava uma população de 206,08 milhões de brasileiros.

São Paulo permanece na liderança como o estado mais populoso com 45 milhões, 94 mil e 866 habitantes. No ano passado, a população paulista era formada por 44,75 milhões de habitantes. Mais cinco estados têm população acima de 10 milhões de habitantes: Minas Gerais (21.119.536),  Rio de Janeiro (16.718.956), Bahia (15.344.447), Rio Grande do Sul (11.322.895) e Paraná (11.320.892).

O Distrito Federal (DF) que, no ano passado, tinha 2,98 milhões de habitantes, agora tem mais de 3,039 milhões de pessoas. Acre (829,6 mil), Amapá (797,7mil) e Roraima (522,6 mil) são os estados que registram população inferior a 1 milhão de habitantes.

Agência Brasil

 

Nós achávamos que nada poderia ser pior do que perfumes íntimos para mulheres (como se pinto tivesse cheiro de flores, né?), até que inventaram produtos de “beleza vaginal”. Ok, a gente deixou passar essa – e quando vimos já havia um mercado de bijuterias para a perseguida.

O produto está sendo comercializado pela empresa de acessórios BoDivas, com sede em Tóquio (Japão). Trata-se de uma espécie de pulseira para a virilha feminina que foi apelidada de BeachTail. Segundo as imagens publicadas no site da empresa, o acessório parece ser acoplado na parte de baixo do biquíni ou da calcinha para dar um brilho extra nas partes da moça.

A bijuteria vaginal é feita de aço inoxidável e dois brilhantes coloridos que ficam pendentes na parte externa da roupa. A mesma empresa comercializa também correntes e brincos para os mamilos e um acessório feito especialmente para o clitóris que, teoricamente, “se encaixa no corpo feminino”.

Hypeness

Ela terminou com o noivo Yugnir Ângelo no início do mês

Dez dias após o anúncio do término do noivado com o empresário Yugnir Ângelo, a cantora sertaneja Marília Mendonça foi vista aos beijos com um ator na noite do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (23).

De acordo com o jornalsita Léo Dias, do “Fofocalizando”, o ator é o carioca Matheus Corcione, de 25 anos. Ele vive o personagem Téo no filme “Chocante”, que estreia em outubro nos cinemas, e também participa do programa “Ferdinando Show” do Multishow.

No Instagram da cantora, Matheus já apareceu comemorando o aniversário de um amigo de ambos. No último dia 6 de agosto, o ator publicou uma foto ao lado de Marília Mendonça com a lengenda “não desafina ao vivo”.

Marília viveu um relacionmento de dois anos com o empresário Yugnir Ângelo, até a separação no início do mês. De acordo com a assessoria da cantora, o casal, que planejava se casar em 2018, terminou o noivado de maneira “tranquila” e sem brigas.

Polêmica com ex

Quem não gostou nada do novo casal foi a ex-namorada de Matheus, a estudante Marina Marques. Ela alega que os dois tinham um relacionamento e que está inclusive gravida do ator, de acordo com o portal Extra.

“Estamos grávidos sim! De 4 meses. E depois disso tudo, mais que nunca terminados”, disse Marina. “Eu não sabia que ele tinha ficado com Marília. Soube de uma maneira brutal. Fui muito exposta. Ele não teve zelo pela relação, seja ela qual for”, desabafou a moça.

A estudante disse que recebia mensagens de Matheus enquanto ele se relacionava com a cantora. Os dois iniciaram um namoro em março de 2016, e tiveram uma relação cheia de indas e vindas, até que Marina engravidou.

Mídia Max

Uma jiboia com cerca de três metros de comprimento foi capturada, nessa quinta-feira (17), por policiais do Batalhão Ambiental da Polícia Militar em um terreno entre os bairros do Geisel e Cuiá, na Zona Sul de João Pessoa.

De acordo com a Ambiental, por ser de grande porte, a cobra precisou ser segurada por três policiais antes de ser condicionada em uma gaiola.

O animal foi encaminhado ao Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), onde vai ser avaliado e passará por um período de quarentena, antes de ser solto na natureza.

Portal Correio

A Pantys lançou quatro modelos de calcinhas – tanga, biquíni, clássica e “hot pant – com preços que variam de R$ 75 a R$ 95 no site da marca

A calcinha absorvente se tornou mais conhecida no Brasil em novembro de 2016, quando a chef Bela Gil contou que as usava no lugar de absorventes comuns e coletores menstruais. Na época, ela contou que comprava a roupa íntima no exterior.

Agora, foi lançada a primeira marca brasileira especializada no produto, a Pantys, que produz calcinhas com tecido antimicrobiano com bloqueador de odores. Ela possui apenas 1/3 da espessura de um absorvente padrão, absorve o equivalente a dois absorventes externos, é reutilizável, pode ser lavada na máquina e dura até dois anos. A recomendação é de usá-la de 6 a 10 horas, nos dias de fluxo intenso, e o dia todo nos dias de fluxo leve.

Uma das bandeiras que a marca levanta é a da sustentabilidade. É estimado que, durante a vida, as mulheres tenham cerca de 450 ciclos menstruais, descartando 150 quilos de absorventes. Com as calcinhas, o lixo gerado é reduzido drasticamente.

A Pantys lançou quatro modelos de calcinhas – tanga, biquíni, clássica e “hot pant – com preços que variam de R$ 75 a R$ 95 no site da marca.

O Tempo

Imagine a seguinte cena: você está acompanhando sua esposa grávida no hospital e acaba saindo de lá operado de hemorroidas por engano. Parece filme. Mas aconteceu na vida real.

Uma confusão no hospital de Shenyang Hunnan Xinqu, na China, fez com que um homem passasse por uma cirurgia de hemorroidas por engano enquanto esperava a mulher dele dar à luz. Identificado apenas como Wang, o rapaz foi confundido com outro paciente que estava aguardando pelo procedimento.

O hospital justificou ao jornal Peoples Daily Online, dizendo que só tem duas salas de operação e que Wang foi encaminhado para aquela que serviria para realizar o parto da esposa. A mulher, no entanto, ainda estava em preparação em outra sala. Neste momento, um médico chega e pede para que ele tire as calças e deite na mesa de operação.

“Foi estranho. Eu perguntei o motivo disso e ele apenas disse: ‘Faça o que eu estou mandando’, disse Wang ao jornal. O médico aplicou a anestesia e realizou o procedimento para remover as hemorroidas. “Quando estava na mesa de operações, ouvi um bebê chorando e fiquei muito feliz”, contou.

O hospital percebeu o erro e ofereceu a Wang a quantia de cerca de R$ 2,5 mil como compensação, mas eles ainda estão em negociação.