Politica Arquivo

 

giygfuigfuyyt

Presidente da Câmara Federal e ex-candidato ao Governo do RN, Henrique Eduardo Alves, do PMDB, tentou usar seu prestígio nacional para barrar a participação do Partido dos Trabalhadores (PT) na campanha de Robinson Faria, do PSD. E quem confirmou isso foi o próprio peemedebista, em entrevista a edição da revista Veja desta semana. Segundo Henrique, foram várias as tentativas de vetar as inserções do ex-presidente petista Lula no programa eleitoral do PSD. Contudo, a cada pedido de suspensão, mais o adversário se utilizava da imagem de Lula. O resultado: Henrique acabou sendo derrotado e culpando o petista por isso.

“Eu procurei o Michel Temer, que na hora telefonou para o Lula pedindo para que não gravasse mais. Tudo bem que a chapa do Robinson estava com o PT para o Senado, mas no plano nacional eu estava com a Dilma. Depois que pedi para pararem, foi quando usaram as propagandas desbragadamente. O Lula não deve ter feito nenhum gesto para pararem de usar. O Temer também procurou o Rui Falcão (presidente nacional do PT), mas não adiantou. Ficou uma coisa muito constrangedora. O Lula ia lá toda hora e classificava o outro candidato como a mudança. Mas sou eu que o conheço, eu que o ajudei, que fui o seu parceiro”, afirmou Henrique.

É importante lembrar que no período pré-eleitoral, o peemedebista chegou a negociar com o PT uma aliança no RN. Contudo, esse acerto não foi viabilizado, justamente, porque Henrique acreditou que a vaga ao Senado, que os petistas potiguares queriam para lançar Fátima Bezerra, deveria ficar com a ex-governadora Wilma de Faria, do PSB. Resultado: Henrique “fechou” com o nome pessebista, partido adversário do PT no plano nacional mas, mesmo assim, queria que o Partido dos Trabalhadores, nacionalmente, não trabalhassem para Robinson, que havia aceitado se aliar aos petistas potiguares. Ler mais…

fabricio entrevista

Em entrevista concedida ao Programa Rádio Cidadão, da Rádio FM Vida, no final da tarde do dia 30 de outubro, o prefeito de Pau dos Ferros, Fabrício Torquato, falou sobre o recente cenário político vivido no município, aquecido em virtude da campanha e do resultado das eleições para governo do estado. De acordo com Fabrício, ao analisar a vitória de Robinson Faria (PSD) sobre o candidato Henrique Alves (PMDB), o atual vice-governador teve um desempenho surpreendente.

“Ele foi um candidato que, com humildade e determinação, conseguiu o crédito de todos os eleitores que nele votaram. O povo se manifestou de forma livre e espontânea. Foi notório perceber que o acordo de gaveta houve ‘lá em cima’ na campanha de Henrique Alves. Não dá para se fazer política desse jeito. Em Pau dos Ferros, o único acordo que deu certo foi o do povo livre, que escolheu o seu candidato”, disse.

Sobre a ampliação da maioria de Robinson em Pau dos Ferros, Fabrício dá o mérito aos pauferrenses. “A maioria de 4.489 votos foi resultado do desejo do povo. Dou crédito total ao povo da minha cidade. O que acontece hoje é que as pessoas já estão ficando maduras em uma cidade como a nossa. E nós não somos curral eleitoral. Essa eleição mostrou isso muito claramente”, afirmou.

robinson-voto

O governador eleito Robinson Faria confirmou que renegociará as dívidas do Estado e anunciou a criação de uma loteria no Rio Grande do Norte, com 100% dos recursos voltados para a área social. Ontem, durante uma intensa agenda de entrevistas, Robinson disse que o projeto da loteria estadual já foi aprovado na Assembleia Legislativa, quando ele ainda era deputado, e agora retomará no comando do Executivo.

“Toda renda será revertida para crianças e adolescentes abandonados. A lotérica será feita com jogos de loteria e 100% dos recursos voltados para as causas sociais”, detalhou.

Presidência da Assembleia

Questionado se articulará na disputa pela presidência da Assembleia Legislativa no próximo mandato, o governador eleito Robinson Faria disse que não infererirá, mas “dialogará”.

“Vou conversar com os deputados. Elegemos seis deputados e a partir dos oito (José Adécio e Gustavo Carvalho aderiram no segundo turno) vamos dialogar. Não vou fazer intervenção na Assembleia. Vou dialogar até porque fui deputado 24 anos e tenho todo direito de dialogar”, destacou.

Ricardo Motta lança seu nome para reeleição na Assembleia

Ricardo Motta

O deputado estadual Ricardo Motta (PROS) já adiantou a assessores que se mantém na disputa para Presidência da Assembleia Legislativa.

Mesmo rachado politicamente com o governador eleito Robinson Faria, Motta tenta construir uma articulação política que o viabilize a continuar na principal cadeira do Legislativo potiguar.

Panorama Político

dna

Blog publica parte da coluna de Túlio Lemos no JH desta segunda e acrescenta comentários.

LAPADA

TORQUATO

O deputado estadual Getúlio Rêgo comprou a briga com o prefeito de Pau dos Ferros, Fabrício Torquato e saiu nocauteado. Disse que Henrique daria uma ‘lapada’ de votos em Robinson e desqualificou a força do prefeito. Foi desmoralizante para Getúlio e seu filho Leonardo a derrota acachapante em seu principal reduto. Falou demais e teve que engolir o fortalecimento da liderança de Fabrício.

DO BLOG: A mudança de lado dos Prefeitos  Fabrício Torquato de Pau dos Ferros e Ivan Junior de Assu para o lado de Robinson deram ao atual governador uma maioria de 14 votos(4400 em Pau dos Ferros e 9600 em Assu), só para o leitor ter ideia, no 1º turno a diferença nesses dois municípios para Robinson Faria foi de 2500 votos. Ficou “feio” na fita o grupo de Getúlio Rego e o de George Soares.

JURÍDICO

O departamento jurídico da campanha de Robinson Faria tem muito o que comemorar. Deu um nó na campanha de Henrique e ainda conseguiu preciosos minutos no programa do adversário justamente nos últimos dias da campanha. Henrique terminou a campanha sendo chamado de mentiroso pelo judiciário potiguar. Bons advogados fazem a diferença.

DO BLOG: O jurídico da campanha de Robinson Faria coordenado pelo advogado Eduardo Nobre com a consultoria indireta do advogado Erick Pereira deu um banho.

MARKETING

O marketing da campanha de Robinson também saiu no lucro. Conseguiu explorar as fragilidades do adversário sem recorrer a mentiras e soube dosar a intensidade das pancadas. O efeito veio das urnas, coroando a vitória do trabalho do publicitário João Maria Medeiros.

DO BLOG: O publicitário João Maria Medeiros com uma equipe com menos da metade do orçamento, esquipe e estrutura da campanha de Henrique Alves conseguiu acertar 100% no planejamento apresentado no período pré-campanha e levar Robinson Faria para o governo.

MAIORIA

francisco-jose-robinson

O jovem prefeito de Mossoró, Francisco José Jr., consolidou definitivamente sua liderança no maior colégio do interior do RN. Ainda no primeiro turno, Henrique esteve com 20% de vantagem sobre Robinson; o prefeito tirou a vantagem do adversário e deu uma maioria de 23 mil votos a Robinson.

No segundo turno, o prefeito Francisco José Jr. conseguiu ampliar a vitória de Robinson em Mossoró para quase 50 mil votos. Reescreveu a história da Capital do Oeste sem precisar do respaldo das oligarquias locais. A vitória maiúscula de Robinson em Mossoró sinaliza para a reeleição do prefeito.

DO BLOG: O prefeito foi fundamental para a vitoria de Robinson Faria, mas o próprio projetava uma vitoria de Robinson Faria no 2º turno com uma maioria de 33 mil votos, quando as urnas falaram essa maioria foi de 48 mil votos. Nõa se enganem, o bairrismo dos Mossoroenses em defender a “honra” da Governadora Rosalba dos ataques pesados da campanha de Henrique Alves falou muito alto.

PESQUISA

PESQUISAS

O Ibope cravou o resultado da última pesquisa para governador do RN. No sábado, o instituto revelou vantagem de 8 pontos para Robinson. As urnas apontaram maioria de 8,84%. A Certus errou feio ao apostar no empate técnico.

DO BLOG: O Ibope acertou em cheio em todo o Brasil no 2º turno, no RN foi certeiro e a pesquisa Certus em parceria com essa blog que acertou no 1º turno não foi nada bem no 2º turno, dando 3% para Robinson de maioria enquanto as urnas apresentaram mais de 8%.

promo-frete-gratis-2014-loja

dilma_vitoria

Após ser reeleita com 51,6% dos votos válidos, na disputa mais apertada da história, a presidente Dilma Rousseff discursou para uma militância inflamada em um hotel de Brasília na noite deste domingo (26). Na fala (leia a íntegra), Dilma defendeu a reforma política por meio de um plebiscito.

“Vamos encontrar a força e a legitimidade exigida nesse momento de transformação para levar à frente a reforma politica. Quero discutir isso com o Congresso Nacional e com toda a sociedade brasileira”, disse a presidente reeleita, que não mencionou o adversário Aécio Neves em seu discurso. Foto: Pedro Ladeira/Folhapr

mad

O candidato do PMDB ao Governo do Estado, Henrique Alves, votou na manhã deste domingo (26) na Fundação José Augusto e disse estar confiante em uma vitória. Ele estava acompanhado de familiares e amigos, incluindo o ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho.

Henrique fez uma avaliação positiva sobre o pleito. “Faço uma avaliação muito positiva. Acho que os debates e a campanha eleitoral, principalmente da nossa parte, muito propositiva, muito honesta, e ofereci ao RN uma vida de 44 anos de trabalho. Espero com grande serenidade uma grande vitória para termos mais força para mudar; É preciso fazer chegar a cada norte-rio-grandense o sentimento de que esse Estado pode ser um Estado mais justo, mais fraterno e mais desenvolvido”, disse o candidato, que pretende acompanhar a apuração do resultado em casa, com a família.

naruto

O candidato do PMDB ao Governo do Estado, Henrique Alves, votou na manhã deste domingo (26) na Fundação José Augusto e disse estar confiante em uma vitória. Ele estava acompanhado de familiares e amigos, incluindo o ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho.

Henrique fez uma avaliação positiva sobre o pleito. “Faço uma avaliação muito positiva. Acho que os debates e a campanha eleitoral, principalmente da nossa parte, muito propositiva, muito honesta, e ofereci ao RN uma vida de 44 anos de trabalho. Espero com grande serenidade uma grande vitória para termos mais força para mudar; É preciso fazer chegar a cada norte-rio-grandense o sentimento de que esse Estado pode ser um Estado mais justo, mais fraterno e mais desenvolvido”, disse o candidato, que pretende acompanhar a apuração do resultado em casa, com a família.

naruto

Robinson

Na noite desta terça-feira (21), o candidato ao Governo do Estado, Robinson Faria, e a senadora eleita Fátima Bezerra levaram a Caravana da Vitória para os municípios de São Gonçalo do Amarante, Extremoz e Ceará-Mirim.

Em São Gonçalo do Amarante, Robinson e Fátima fizeram carreata com o presidente estadual do PT, vereador Eraldo Paiva, e a ex-candidata a prefeita professora Tereza no bairro Jardim Lola.

De São Gonçalo do Amarante foram com a Caravana da Vitória para Extremoz com o vice-prefeito padre Edilson e vereadores. “Tenho certeza de que com o trabalho de Robinson o Rio Grande do Norte vai se desenvolver e ser um lugar melhor para cada potiguar”, afirmou o vice-prefeito durante discurso após a carreata.

Finalizando a agenda desta terça-feira, Robinson e Fátima fizeram carreata e comício em Ceará-Mirim com o deputado estadual reeleito José Dias, o ex-candidato a prefeito Júlio César e o ex-prefeito de Cruzeta e liderança local, José Sally.

“Vou recuperar a Saúde que não tem mais, vou trazer a prosperidade para Ceará-Mirim. Quem vai trazer é Robinson Faria. Essa será a vitória do povo livre do RIo Grande do Norte, vai ser a vitória do 55″, disse Robinson.

POÇO

henrique_alves5

Quando se pensava que a campanha de Henrique não iria mais apelar à baixaria ou se amparar em matéria-prima mentirosa para tentar reverter o quadro adverso, ele conseguiu ir mais fundo. Como falou bastante em poço, realmente parece ter chegado ao fundo do poço de maldades.

APARTAMENTOS

O programa eleitoral de Henrique usou uma suposta aquisição de 98 apartamentos, que teria sido feita por Robinson, que seria beneficiário do programa popular Minha Casa, Minha Vida. A guerrilha de esgoto da campanha conseguiu, em um só tema, concentrar farsa, mentira, baixaria e uso da boa fé de pessoas humildes.

MENTIRA

A questão dos apartamentos passou bem longe do que foi dito no programa de Henrique. Porém, mesmo que houvesse um sopro de verdade no que foi mencionado como escândalo, é absolutamente repugnante que uma coligação forte politicamente, representativa e com integrantes tão expressivos, precise utilizar instrumentos mentirosos e sujos para atingir seu adversário e conquistar o poder na base do vale tudo.

LEMBRANÇA

Nunca é demais relembrar que Henrique começou a campanha afirmando que havia mudado seu estilo; que o radical do passado não existia mais; que eleição não é guerra; que só fala mal dos outros quem não tem nada para falar de bem de si. Reforçou que sua campanha seria propositiva e não haveria baixaria. Alguns, acreditaram.

REALIDADE

Quando a vitória não foi obtida no primeiro turno, conforme o planejamento da campanha, Henrique voltou ao normal. Ou seja: a máscara do bom moço, que foi usada em parte do primeiro turno, desgastou-se e caiu, revelando bastidores do teatro funcional com objetivo claramente eleitoreiro.

PROMESSA

Aqui, não trata-se de defender ou acusar quem quer que seja. É apenas uma constatação da realidade atual, em comparação com o passado recente. Mas como acreditar em propostas de alguém para o futuro, se não consegue cumprir o que promete em passado recente?

NÍVEL

É com também não confundir uso de mentiras em campanha com a não utilização de ataques entre adversários. Henrique abordar incoerências, fragilidades ou eventuais falcatruas de Robinson, é perfeitamente aceitável e bom para a democracia. Desde que seja respeitado o básico: uso da verdade. Assim como Robinson pode e deve bater nos escândalos e fragilidades de Henrique. Também respeitando o eleitor ao usar somente a verdade.

DESESPERO

Herique Alves

Nítido desespero da campanha de Henrique ao fazer uso de uma situação privada, alicerçada em fraude, para que haja respaldo da sociedade a algo que é explicitamente mentiroso. Caracteriza-se como total falta de respeito ao eleitorado, que é obrigado a engolir algo expelido pelo intestino de um marketing em desespero.

DESESPERO II

A cada dia que passa, o marketing baiano, importado por Henrique para ‘apimentar’ o segundo turno, escorrega na dose da desconstrução e conhece o efeito boomerangue de ataques inconsistentes. O programa mente na apresentação do candidato e no ataque.

APRESENTAÇÃO

Para mostrar um candidato ‘povo’, o marketing de Henrique já o colocou em situações inéditas em seus 44 anos de vida pública. Já tomou café com populares; já caminhou no meio do mato e conversou sem pressa com agricultores; já bateu papo com jovens; e ontem, Henrique tomou café com uma pessoa simples que mora em uma casa humilde. Tudo que ele nunca fez na vida. As imagens são incompatíveis com a história do candidato. Talvez por isso, o efeito não tenha sido o desejado.

SILÊNCIO

henrique-poderoso

Henrique conta em seu palanque com seis ex-governadores, três senadores e uma infinidade de prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e lideranças de quase 20 partidos. Até o momento, silêncio absoluto de conivência com o uso de mentiras e fraudes na campanha eleitoral. O que é que tá havendo?

AFRONTA

Do jornalista e advogado Gustavo Negreiros, no Twitter: “A campanha no RN partiu para baixaria geral. O programa ontem do PMDB resolveu afrontar a inteligência popular. Será que ninguém no PMDB ouviu falar que existe permuta imobiliária, prática comum no mercado?!?!”.

CONSTRUÇÃO

Negreiros conclui: “Acho muito mais inteligente a construção de um pensamento do que a desconstrução de uma imagem concretizada apenas em argumentos mentirosos. Se as campanhas já estão usando de artifícios desonestos com o eleitor o que esperar depois da posse do governador eleito?!?!”

2e

heriqu

PÂNICO

A imprensa nacional noticia que há pânico em algumas campanhas já vitoriosas em primeiro turno e outras que disputam a segunda etapa do pleito. Tudo por conta da possibilidade de divulgação do depoimento dos dois corruptos delatores do esquema na Petrobras. Ou seja: que vai vazar, é uma certeza; o problema é quando.

FORÇA

Justificável a irritação de lideranças do PMDB do RN em relação à chapa presidencial, que tem Dilma e Temer na composição. Afinal, o povo do PMDB atribui à força do ex-presidente Lula, o crescimento de Robinson Faria, que teria provocado o segundo turno. Um deputado disse a este colunista: “A força de Lula no interior é impressionante. Sem ele, Robinson não teria crescido tanto”.

SINCERIDADE

Garibalde

O ministro Garibaldi Filho continua como exceção entre os políticos, no quesito sinceridade. O pai de Waltinho concedeu entrevista e afirmou ter sido surpreendido com a ‘virada’ de Robinson no segundo turno e conclama o eleitorado de Henrique a “não morrer de véspera, que nem peru” e também “não arriar a bandeira”. O discurso de Henrique é de vitória; o de Garibaldi, é de realidade.

DNA CENTER

PSDC

O Partido Social Democrata Cristão (PSDC) presidido pelo futuro vereador de Natal, Joanilson de Paula Rêgo oficializou nesta segunda-feira (20) em reunião com os integrantes do partido o apoio ao candidato ao Governo, Robinson Faria (PSD).

Em seu discurso Joanilson destacou os projetos de Robinson pelo Rio Grande do Norte e sua motivação em fazer o melhor governo para o Estado. “Robinson reúne as qualidade de um bom governador: tem diálogo com todos, experiência e está muito motivado a recuperar o Estado. Teremos um bom governador! Podem confiar”, destacou Joanilson.

Ao lado da senadora eleita Fátima Bezerra (PT), Robinson agradeceu o apoio do partido, da militância e dos apoiadores do jurista Joanilson. “Nossa caminhada é feita com coragem e simplicidade. Quero pedir a cada um de vocês que nessa reta final nos ajude a conquistar mais apoios, mais votos e apresentar nossas propostas para os potiguares. Vamos juntos construir um Rio Grande do Norte mais justo”, frisou Robinson.

Uma das bandeiras do PSDC no Rio Grande do Norte é a defesa de uma sociedade justa e solidária, ideal defendido também por Robinson.

DO BLOG: No 1º turno o PSDC apoiou o candidato do PMDB, Henrique Alves

mad

Fatima e robinson

Do Site Thaisa Galvão: A senadora eleita Fátima Bezerra (PT) foi convidada para acompanhar a presidente-candidata Dilma Rousseff (PT) ao debate de hoje na TV Record, em São Paulo.

Fátima chegou a comprar a passagem e ficaria até amanhã, para participar de um encontro da executiva do PT.
Porém, decidiu cancelar a viagem para fortalecer a campanha de Dilma e Robinson Faria no RN.

 

mad

Robinson

Motivados em eleger o candidato Robinson Faria (PSD) ao Governo do Estado e a reeleger a presidente Dilma Rousseff (PT), os líderes comunitários, amigos e integrantes do #55 participaram nesta quinta-feira (16) de reunião no Comitê da coligação Liderados Pelo Povo. Durante a reunião, Robinson agradeceu os apoio das lideranças e pediu empenho da militância neste segundo turno.

“A mudança na história política do Rio Grande do Norte já começou quando conseguimos eleger Fátima para o Senado e com a força de cada um, chegaremos ao Governo. Temos um time forte, onde ouvimos as sugestões, onde todos participam. Conversem sobre nossas propostas, convidem os amigos, os vizinhos para o nosso grupo: aqui somos todos liderados pelo povo”, destacou.

Ao lado da senadora eleita Fátima, o candidato pediu votos para a presidente Dilma Rousseff (PT) e falou das transformações sociais feitas pelo governo do PT. “Hoje o nosso Brasil é mais justo com os que mais precisam por causa dos programas sociais de Lula e Dilma. Vamos fortalecer o desenvolvimento social e cuidar das pessoas com apoio do governo federal, com o apoio de Dilma”, justificou.

Há dez dias da eleição do segundo turno, Robinson lembrou da importância do uso das redes sociais e pediu que cada um tente multiplicar os votos conseguidos no primeiro turno. “A nossa caminhada continua até o dia 26 de outubro. Devemos lembrar disso todos os dias, apresentando nossos projetos, conversando com a população. Vamos com coragem e determinação fazer um Estado melhor para todos”, comentou.

Robinson agradeceu o empenho das lideranças em Natal, dos vereadores Maurício Gurgel (PHS), Hugo Manso (PT), Fernando Lucena (PT), Klauss Araújo (PP), o ex-candidato a deputado estadual Luiz Gomes (PEN), do ex-presidente da Câmara, Edivan Martins e dos apoiadores da campanha, como Julianne Faria, Teresa Freire, representantes de categorias como policiais, professores, profissionais de saúde e amigos

Praça new

É neste sábado! Vista sua camisa, traga sua bandeira e vamos juntos com a juventude 55 quebrar as correntes e libertar o RN das velhas oligarquias. A juventude 55 fará um grande movimento pela mudança neste sábado em Macaíba. A concentração é na Praça de Coló, às 8h com destino à feira livre da cidade. Vamos juntos com os jovens que querem o melhor por Macaíba e o Rio Grande do Norte.

henrique robinson campanha

Do Blog Robinson Pires: Segundo os números do Ibope divulgados ontem (15) – considerando votos brancos, nulos e os indecisos – Robinson Faria (PSD) teria 45% e Henrique Alves (PMDB) 38% da preferência do eleitorado. Considerando que o Rio Grande do Norte 2.326.583 eleitores, o vice-governador chega a 1,046 milhão de votos e o presidente da Câmara 884 mil votos. Resumindo: Robinson sairia vitorioso com 160 mil votos de maioria.

José-Adécio

Dizem que o deputado estadual José Adécio (DEM) está a caminho de anunciar apoio a Robinson Faria, candidato ao Governo do Estado pelo PSD.

No primeiro turno, Adécio “apoiou” a candidatura ao Governo do Estado do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB).

Na verdade foi um apoio silencioso, pois ninguém viu José Adécio participar de nenhuma mobilização com Henrique. Nem muito menos pedir votos para o candidato do PMDB.

Ao contrário, se viu muito por aí adesivos de Adécio ao lado do material dos candidatos Robinson e Fátima.

Mas…o senador José Agripino Maia (DEM) está trabalhando para Adécio pelo menos continuar como estava.

Pesquisa de intenção de votos para à Presidência mostra que o tucano Aécio Neves está na frente na corrida em Minas Gerais. De acordo com o Instituto Veritá, o tucano superou a petista e reverteu o quadro do primeiro turno, quando ficou na segunda posição. Segundo o levantamento divulgado nesta terça-feira, Aécio tem 57% e Dilma 43% dos votos válidos. No levantamento nacional o tucano tem 54,8% dos votos válidos, contra 45,2 da petista. A margem de erro é de 1,4 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Se inseridos os que manifestaram intenção de votar em branco ou nulo, que somam 7%, e os que não souberam ou não responderam, que totalizam 5,8%, Aécio fica com 47,8% e Dilma com 39,4%. De acordo com o Instituto Veritá, foram ouvidos 5.165 eleitores, entre os dias 06 e 08 de outubro. O nível de confiança da pesquisa é de 95%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-01067/2014.

izania

Do Blog Robson Pires: A equipe da Divisão de Combate ao Crime Organizado (Deicor) deflagrou na manhã desta terça-feira (14) a Operação “Chaturanga”. Durante a ação, que foi resultado de oito meses de investigação, foram cumpridos cinco mandados de prisão temporária decretados pelo Juízo Criminal de Macaíba.

Foram presos na cidade de Macaíba o cabo da PM José Félix de Lima Filho, de 48 anos; seu filho Francisco Jeferson Félix de Lima, de 25 anos; e Charles Caio Santos da Costa, de 28 anos. Em Natal foi cumprido um mandado contra Valéria Alexandre Cortez Ribeiro, de 31 anos, atual companheira do tenente Iranildo Félix de Souza, de 27 anos. Iranildo, que já estava preso, também foi alvo da operação e agora acumula mais um mandado de prisão.

Os investigados foram presos após a Polícia analisar seus depoimentos e identificar várias divergências nas declarações prestadas acerca do crime que vitimou a ex-mulher do tenente Iranildo, Izânia Maria Bezerra, de 31 anos.

O crime

Izânia Maria morreu no dia 16 de fevereiro deste ano, quando foi atingida por quatro tiros no pescoço e na cabeça em uma estrada carroçável em Macaíba. Na ocasião Iranildo também foi atingido. O tenente foi socorrido e encaminhado para o Pronto Socorro Clóvis Sarinho, mas não ficou ferido porque estava com um colete a prova de balas no momento do crime.

Depois de Ibope e Datafolha apontarem empate técnico entre Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) na disputa pelo segundo turno, com vantagem numérica para o tucano, pesquisa Sensus publicada pela revista “Isto É” no último dia 11 apontou uma vantagem de 17 pontos do tucano sobre a petista, animando a militância tucana e deixando apavorados os apoiadores da presidente Dilma Rousseff.

Para tentar entender tamanha discrepância, o blog Olho Neles, do jornal O TEMPO, tentou analisar a base da pesquisa, com os únicos dados disponíveis no registro feito no Tribunal Superior Eleitoral (TSE): os municípios pesquisados.

De acordo com as informações prestadas pelo instituto ao TSE, as entrevistas foram feitas em 136 municípios e a escolha das cidades a serem pesquisadas pode ajudar a explicar a divergência com os índices do Ibope e do Datafolha. O Olho Neles cruzou a votação dos municípios no primeiro turno com as cidades escolhidas pelo Sensus para sua pesquisa de segundo turno e chegou à conclusão de que, proporcionalmente, a base utilizada beneficiou cidades “aecistas”.

No primeiro turno, Dilma venceu em 3.648 municípios, enquanto Aécio ficou à frente em 1.821 cidades, e Marina obteve melhor votação em 99 municípios. Ou seja: Dilma venceu em 65,51% dos municípios, enquanto Aécio venceu em 32,70% e, Marina, em 1,77%.

No levantamento da Sensus, no entanto, das 136 cidades escolhidas, 66 deram vitória à presidente no primeiro turno, enquanto 61 deram vitória ao PSDB e 9 ao PSB. Portanto, na amostra do instituto, 48,52% das cidades foram “dilmistas” no primeiro turno, 44,85% foram aecistas e 6,61% preferiram Marina.

O caso fica nítido em Minas Gerais. No Estado, Dilma venceu em 640 cidades no primeiro turno, enquanto Aécio faturou em outras 213. Portanto, Dilma venceu em 75,02% das cidades, enquanto Aécio levou a melhor em 24,97%. O natural seria imaginar que a amostra, agora, contemplasse esse cenário. No entanto, entre as 15 cidades sorteadas pelo instituto para o levantamento do segundo turno, nove foram “aecistas” (60% do total) no primeiro turno, e apenas 6 foram “dilmistas” (40%).

Embora Minas tenha 853 municípios e São Paulo possua 565, foram ouvidos moradores de 15 cidades mineiras, e 23 cidades paulistas. Por lá, a vitória de Aécio foi bem maior.

Os dados disponíveis não permitem saber a distribuição dos eleitores ouvidos em cada cidade, não sendo possível saber quantas pessoas foram entrevistadas em São Paulo (maior eleitorado do país) e quantos foram ouvidos em Minas (segundo maior colégio eleitoral).

Outro lado

Questionado como é feita a escolha dos municípios a serem pesquisados, o diretor do instituto Sensus, Ricardo Guedes, afirmou que a escolha é feita através do método de Probabilidade Proporcional ao Tamanho (PPT). Ele disse que há uma boa distribuição pelo Brasil, de forma diversificada.

Ricardo Guedes ainda negou que a pesquisa tenha sido vendida para a “Isto É” após ser realizada. No TSE consta que foi o próprio instituto Sensus que pagou pelo levantamento, depois divulgado pela revista semanal. Segundo Ricardo Guedes, trata-se de uma “parceria”.