Blog Arquivo

Reprodução: WhatsApp

Projeto Rodas de conversas com os novos beneficiários do Programa Bolsa Família teve início hoje (23) no CCI território do CRAS Tavares de Lyra.

Objetivo das rodas de conversas é esclarecer os novos beneficiários sobre o cadastro único e o programa bolsa. Eles são informados sobre todos os programas que o CadÚnico da acesso, e  as condicionalidades do PBF. As reuniões levam também informações sobre os serviços socioassistencias do município. Hoje participaram a equipe do CRAS Tavares e do Acessuas.

São Paulo – Vacinação dos profissionais de saúde contra H1N1 no Hospital das Clínicas (Rovena Rosa/Agência Brasil)

Começa hoje (23) a 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Até o dia 1º de junho, devem ser imunizados idosos a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 5 anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais também devem receber a dose. Neste caso, é preciso apresentar uma prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem procurar os postos de saúde em que estão registrados para receber a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.

Dia D

O chamado Dia D de mobilização nacional deve ocorrer em 12 de maio. A previsão é de que nessa data estejam abertos 65 mil postos de vacinação, sendo 37 mil de rotina e 28 mil volantes, com o envolvimento de 240 mil pessoas. Também estarão disponíveis, para a mobilização, 27 mil veículos terrestres, marítimos e fluviais.

De acordo com o Ministério da Saúde, a dose protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul, conforme determinação da Organização Mundial da Saúde (OMS), incluindo o H1N1 e o H3N2.

“A vacina contra gripe é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos”, informou o ministério.

Agência Brasil

A Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está com inscrições abertas, até o dia 30 de abril, para o processo seletivo de vagas remanescentes para voluntários do projeto de extensão Xerimbabo.

O Projeto atua desde 2011 na educação em saúde nas escolas do município de Macaíba, através de palestras, encontros e brincadeiras, levando temas como Leishmaniose, Raiva, Toxoplasmose, entre outras doenças transmitidas por animais.

Podem se inscrever alunos de cursos técnicos e graduações. A seleção será realizada dia 02 de maio. Os interessados em participar do projeto devem realizar a inscrição através deste link.

Agecom/UFRN

Evento será realizado através de parceria entre Prefeitura de Macaíba e faculdade particular

Mais conhecida como “Praça do M”, a Praça Augusto Severo, no centro de Macaíba, será palco de um grande evento de responsabilidade social na próxima quarta-feira (25), que será viabilizado graças a uma parceria entre a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social, e a Faculdade Estácio de Sá.

Serão quatro frentes de atuação: Redes e Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS), com orientação em estratégia de negócios para microempresários com o Business Model Canvas; Gestão de Recursos Humanos, com orientação de currículos e participação em processos seletivos; Ciências Contábeis, com orientação fiscal; e Direito, com atendimento jurídico e orientação com foco na temática do imposto de renda (IR).

Todos os atendimentos serão realizados de forma gratuita. O evento denominado de I Ação de Responsabilidade Social 2018.1 está previsto para começar a partir das 10h, estendendo-se até às 15h.

*Foto ilustrativa (Arquivo-PMM)

Assecom-PMM

Gelson Lima, presidente da Câmara dos vereadores, também participou do encontro que resultou na ótima notícia para os macaibenses 

O ministro do Esporte, Leandro Cruz, garantiu ao prefeito de Macaíba, Fenando Cunha, a liberação de R$ 2 milhões para a realização de obras de ampliação da Vila Olímpica do município. A garantia foi dada na noite desta quarta-feira (18), em reunião realizada no gabinete do senador Garibaldi Filho. Além do prefeito e de Garibaldi, também participaram da audiência o senador José Agripino, o deputado federal Walter Alves , o prefeito de Natal, Alvaro Dias, o presidente da Câmara dos Vereadores de Macaíba, Gelson Lima, o procurador do município macaibense, Adauto Neto e o secretário de Integração da Região Metropolitana, Sérgio Cunha.

A verba destinada à Macaíba deverá ser liberada em cerca de um mês. A Vila Olímpica é o maior complexo poliesportivo do Rio Grande do Norte, instalada em uma área de mais de 50 hectares. “A Vila é um trabalho de médio a longo prazo que busca tirar as crianças da rua através do esporte. Nosso objetivo é combater a violência e formar atletas”, afirmou Fernando Cunha.

O senador Garibaldi Filho elogiou a iniciativa da prefeitura macaibense e destacou a importância da prática esportiva na melhoria da qualidade de vida da população. O prefeito Alvaro Dias acertou com o ministro Leandro Cruz o envio de alguns projetos de interesse de Natal – entre eles o de revitalização do ginásio Nélio Dias – que estão sendo elaborados por sua equipe.

Resultado de imagem para denilson Gadelha

Este Informativo Atitude tentou, hoje pela manhã, falar com a Senhora Patrícia Correia de Lima, mulher do policial Herbet Pessoa, que está lotada no gabinete do vereador Denilson Gadelha. Infelizmente, a esposa de Herbinho não foi trabalhar, novamente.

PROCESSO NO AR

Depois da nota publicada neste Informativo Atitude    a respeito da venda da Creche Casulo alguns veículos da imprensa potiguar estão pensando, em breve, publicar reportagem sobre as velhas práticas políticas do RN, com depoimentos das partes integrantes do processo. Abaixo, procuração de venda do prédio público.

Agecom/UFRN – O Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva (PPGSCol) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está com inscrições abertas, até o dia 9 de maio, para seleção de mestrado e doutorado acadêmico para a área de Saúde Coletiva com ingresso em 2018.

Ao todo, são oferecidas 10 vagas para o mestrado e 7 para o doutorado. As inscrições para os dois processos seletivos devem ser realizadas por meio de preenchimento de formulário específico, envio da documentação solicitada e pagamento da taxa de 120 reais. O acesso aos formulários de inscrição está disponível na página do PPGSCol, na sessão Processos Seletivos.

As etapas de seleção para o mestrado são: prova escrita, apresentação e análise de projeto de pesquisa e avaliação curricular. Já para o doutorado, será levada em consideração a análise do currículo e projeto de pesquisa do candidato e a sua arguição. O resultado da seleção será divulgado nos dias 26 de junho para o doutorado, e 27 de junho para o mestrado.

Outras informações sobre os dois processos seletivos podem ser consultadas no edital ou pelo telefone (84) 3342-2338.

Foto: Jane de Araújo/Agência Senado

O presidente em exercício do Senado, Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), se reuniu nesta quarta-feira (18) com o ministro da Integração Nacional, Pádua Andrade, e com parlamentares do Nordeste para debater as obras de transposição do Rio São Francisco. Estavam presentes os senadores Eduardo Amorim (PSDB-SE), Elmano Férrer (Pode-PI), Fátima Bezerra (PT-RN), Fernando Bezerra (PSB-PE), João Alberto Souza (PMDB-MA), José Maranhão (PMDB-PB), José Pimentel (PT-CE) e Garibaldi Alves (PMDB-RN).

— Há uma expectativa muito grande, principalmente por parte do Ceará e do Rio Grande do Norte, de que essas obras sejam concluídas. O ministro manifestou preocupação pela substituição de uma empresa que executa a obra, mas, deixou claro, que isso não vai causar grande retardamento. Nós esperamos que até o final do ano ou logo no início de 2019 as obras estejam concluídas” — afirmou Garibaldi.

Na conversa com o ministro, os parlamentares ressaltaram a preocupação com as obras do chamado Eixo Norte da transposição que vai beneficiar moradores dos estados do Ceará, da Paraíba, de Pernambuco e do Rio Grande do Norte.

Agência Senado

Fotos: Márcio Lucas

A Prefeitura de Macaíba, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação (SME), promoveu a quinta edição do Seminário Paulo Freire, na tarde desta terça-feira (17), no auditório da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ). O tema do Seminário neste ano foi “O despertar de uma consciência pedagógica: reflexões sobre criatividade e novas práticas” e contou com a realização de uma oficina ministrada pelo consultor José Anchieta, com o título “As três cápsulas da inovação para educadores”.

O público-alvo foi diretores, vice-diretores, coordenadores e professores das escolas do ensino fundamental II e EJA de Macaíba.O prefeito Fernando Cunha prestigiou o evento ao lado do secretário municipal de Educação, Domingos Sávio de Oliveira. O Seminário Paulo Freire é realizado em Macaíba desde 2013 e homenageia a vida e obra do Patrono da Educação Brasileira, reconhecido internacionalmente pela sua atuação como educador, sendo um dos brasileiros com maior número de títulos honoris causa concedidos por universidades de todo o mundo, a premiação máxima concedida por uma universidade.

Assecom-PMM

Nesta terça-feira (17), a Comissão de Desportos da Câmara Municipal de Natal realizou uma reunião na qual aprovou três matérias a fim de encaminhá-los para votação no plenário da Casa. O primeiro texto a ser apreciado é o de autoria do vereador Klaus Araújo, subscrito pelo vereador Dinarte Torres, que assegura o acesso dos personal trainers às academias de ginástica para o acompanhamento de seus clientes sem necessidade do pagamento de comissão por hora-aula ministrada individualmente ao aluno.

O vereador Kleber Fernandes apresentou uma emenda ao projeto. “Nossa contribuição tem a intenção de oferecer mais segurança para as academias no momento de receber profissionais que não fazem parte do seu quadro de funcionários. Por exemplo, as academias poderão exigir apresentação do registro do personal no Conselho Regional de Educação Física e certidões cíveis e criminais. Ou seja, segurança e transparência para todos”, justificou.

Uma proposta do vereador Preto Aquino sobre a avaliação periódica dos equipamentos esportivos da capital potiguar recebeu parecer favorável do colegiado. “O objetivo é submeter a estrutura esportiva do município ao exame técnico para verificação de condições de segurança e adequações para os praticantes, com a participação da sociedade civil organizada, além de observar as condições de acessibilidade dos equipamentos”, disse Preto.

Também foi acatado um projeto de autoria do ex-vereador Aldo Clemente que regulamenta o uso dos espaços públicos situados na orla, praças, parques e outras áreas verdes da cidade, para fins de orientação e treinamento, em caráter regular, de atividades físicas e esportivas em grupos, por profissionais de Educação Física e/ou Pessoas Jurídicas deste segmento.

Na sequência foi debatida uma proposição do vereador Robson Carvalho, presidente da Comissão de Desportos, que prevê três aulas obrigatórias de Educação Física nas escolas da rede municipal de ensino. O presidente do CREF-16/RN, Francisco Borges de Araújo, elogiou a iniciativa. “Recebemos com satisfação este projeto que visa incentivar a prática esportiva entre crianças e adolescentes”, pontuou.

“Queremos com esta matéria fazer com que a Educação Física seja uma prioridade nas escolas de Natal. O esporte é uma ferramenta fundamental para o processo pedagógico, pois ajuda no desenvolvimento cognitivo, promove a socialização e melhora a saúde. O projeto acaba de ser encaminhado para a Comissão de Justiça, que é a porta de entrada de todas as propostas que tramitam no Legislativo”, concluiu Robson Carvalho.

 

passaporte furtado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na tarde desta terça-feira, estava em poder de Edson Antônio Moura Pinto, o mesmo que, em 19 de dezembro de 2013, comprou os dois pedalinhos usados no sítio de Atibaia, também investigado pela Operação Lava-Jato. Os documentos foram furtados de um veículo estacionado em Curitiba, segundo a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann.

O carro usado por Moura Pinto estava estacionado em uma rua próxima ao Diretório do PT de Curitiba, na região central. Além do passaporte, foram levados objetos pessoais, como roupas, uma pasta com documentos e talões de cheque.

A Polícia Civil do Paraná confirmou o furto, mas não informou se os itens levados pertenciam a Lula.

Moura Pinto é subtenente do Exército e assessor especial do ex-presidente — ele trabalha na segurança do petista desde que Lula deixou o Palácio do Planalto, em 2010.

NOTAS FISCAIS DOS PEDALINHOS

Os pedalinhos fazem parte da investigação da força-tarefa da Lava-Jato contra o ex-presidente. Os procuradores afirmam que Lula recebeu os equipamentos e outros benefícios no sítio de Atibaia como propina da Odebrecht e da OAS. O petista nega irregularidades, e diz que o sítio não é propriedade sua.

Lula é investigado desde fevereiro de 2016 sob suspeita de ser o real proprietário do sítio. O ex-presidente foi denunciado nesse caso em maio do ano passado, e o juiz Sergio Moro tornou o ex-presidente réu em agosto do ano passado.

Os pedalinhos têm gravado os nomes dos netos de Lula. As notas fiscais de compra dos pedalinhos estavam em nome de Moura Pinto.

O GLOBO

 

 

O presidente do PSDB, Geraldo Alckmin, tem sido pressionado a promover a expulsão do senador Aécio Neves (MG) do partido, como forma de reduzir os dados causados às candidaturas tucanas em outubro, principalmente a presidencial, após a decisão unânime da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), tornando o político mineiro réu por corrupção passiva e também obstrução da Justiça.

Alckmin até gostaria de ver Aécio pelas costas, nunca foram grandes amigos, mas o político paulista é avesso a atitudes incisivas.

A história política recente registra vários casos de políticos expulsos dos respectivos partidos por fatos semelhantes ou até menos graves.

Quando presidia o PSDB, em 2006, Tasso Jereissati não hesitou em expulsar três deputados tucanos citados na CPI dos Sanguessugas.

Em 2012, o DEM tomou a decisão em poucos dias de expulsar o então senador Demóstenes Torres (GO), acusado na Operação Monte Carlo.

CLÁUDIO HUMBERTO

Fábio Faria recebe hoje á noite em Brasília (DF) os dirigentes nacionais do PSDB e do PSD na sua residência na Capital Federal. Luta por uma aliança do PSB com o PSDB também no RN como deverá acontecer com Geraldo Alkmin (PSDB) e  Gilberto Kassab (PSD) em São Paulo (SP). O governador do RN Robinson Faria e os deputados Ezequiel Ferreira, Gustavo Carvalho (estaduais) e Rogério Marinho (federal) estarão presentes.

Pode acontecer tudo e não acontecer nada.

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Agência Brasil – A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (17) pelo recebimento da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) pelos crimes de corrupção e obstrução de Justiça. As acusações fazem parte de um dos inquéritos resultantes da delação do empresário Joesley Batista, do grupo J&F. Com a decisão, o senador se torna réu no processo.

A decisão foi tomada com base no voto do ministro Marco Aurélio, relator do caso. Para o ministro, o fato de o senador ter sido gravado por Joesley e citar que tentaria influi na nomeação de delegados da Polícia Federal mostra indício dos crimes que teriam sido praticados por ele.

Por unanimidade, o relator, e os ministros Alexandre de Moraes, Luiz Fux, Rosa Weber e Barroso votaram pelo recebimento da denúncia pelo crime de corrupção.Sobre a acusação de obstrução de Justiça, a votação foi obtida por maioria. Moraes e o relator entenderam que não é possível acusar o senador pelas votações no Congresso, ato inerente a sua atribuição.

Também são alvos da mesma denúncia e também se tornarão réus a irmã do senador Andrea Neves, o primo Frederico Pacheco e Mendherson Souza Lima, ex-assessor parlamentar do senador Zezé Perrella (PMDB-MG), flagrado com dinheiro vivo. Todos foram acusados de corrupção passiva.

Segundo a denúncia, apresentada há mais de 10 meses, Aécio pediu a Joesley Batista, em conversa gravada pela Polícia Federal (PF), R$ 2 milhões em propina, em troca de sua atuação política. O senador foi acusado pelo então procurador-geral da República Rodrigo Janot.

A obstrução ocorreu de “diversas formas”, segundo a PGR, como por meio de pressões sobre o governo e a Polícia Federal para escolher os delegados que conduziriam os inquéritos da Lava Jato e também de ações vinculadas à atividade parlamentar, a exemplo de interferência para a aprovação do Projeto de Lei de Abuso de Autoridade (PLS 85/2017) e da anistia para crime de caixa dois.

“Há indicativos de solicitação de vantagem indevida por detentor de mandato eletivo, com auxílio da irmã, de Frederico Medeiros e de Mendherson Souza Lima”, disse o relator.

Foto: Ueslei Marcelino – Reuters

Comandantes militares têm o direito de opinar publicamente sobre temas políticos, avalia a maioria da população brasileira.

Segundo pesquisa Datafolha, 61% dos entrevistados defendem que militares possam comentar a situação política do país. Contra essas manifestações estão 33% dos brasileiros, enquanto 6% não souberam opinar.

Esse debate voltou à tona após o comandante do Exército, o general Eduardo Villas Bôas, afirmar em rede social no dia 3, véspera do julgamento do habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no STF, que repudia a impunidade.

“Asseguro à nação que o Exército brasileiro julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade e de respeito à Constituição, à paz social e à democracia, bem como se mantém atento às suas missões institucionais”, escreveu.

A declaração foi interpretada por muitos como tentativa de interferência no STF.

Em setembro de 2017, declarações de outro militar também despertaram polêmica.

Hoje na reserva, o general Antonio Hamilton Mourão disse na época que as Forças Armadas poderiam “impor uma solução” caso o Judiciário não solucionasse “o problema político”. Mourão não foi punido por Villas Bôas, que contemporizou as declarações.

Um decreto assinado em 2002 pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso classifica como “transgressão disciplinar”, passível de punição, qualquer manifestação pública, sem autorização, de um militar da ativa sobre assuntos políticos.

No caso de Villas Bôas, entretanto, há dúvidas sobre a aplicação da regra. Especialistas em direito militar avaliam que, por ser comandante do Exército, ele só poderia ser desautorizado por seu superior hierárquico —no caso, o presidente Michel Temer, que não comentou as declarações.

Quanto ao apreço do brasileiro pela democracia, os números ficaram estáveis em relação à última pesquisa, em setembro de 2017. Para 56%, a democracia é sempre a melhor forma de governo.

Segundo o Datafolha, 21% dos brasileiros dizem que tanto faz se o governo é uma democracia ou uma ditadura. Já 17% afirmam que, em certas circunstâncias, é melhor uma ditadura.

Desde que a pergunta passou a ser feita pelo instituto, em 1989, o maior apoio à democracia foi constatado em 2014, quando 66% a defenderam como o melhor regime.

Folha de São Paulo

O deputado estadual Gustavo Fernandes (PSDB) solicitou, nesta terça-feira (17), em requerimento enviado à Comissão de Finanças e Fiscalização da Assembleia Legislativa, a elaboração do calendário de apreciação das contas do governador Robinson Faria (PSD) referentes ao exercício financeiro do ano de 2016, que recebeu parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE) pela reprovação.

De acordo com o artigo 16, conjuntamente com o artigo 282, parágrafo quinto, do regimento interno do Poder Legislativo Estadual, o parecer do TCE deve ser enviado ao plenário para votação em até 90 dias após recebido pela Casa. O relatório pela desaprovação das contas foi entregue à Assembleia no dia 7 de fevereiro deste ano. “A Assembleia precisa cumprir o prazo para fazer valer sua missão de fiscalizar o Executivo”, destacou o parlamentar.

Para mudar a recomendação do Tribunal de Contas, são necessários dois terços dos votos dos parlamentares, que somam 16 deputados. Iniciado o debate, as contas do governo deverão ser votadas pelo plenário do legislativo estadual ainda no primeiro semestre deste ano. Caso prevaleça o parecer do TCE, o governador ficará inelegível, enquadrado na Lei da Ficha Limpa, por oito anos.
Portal no Ar

Na ordem, Herbet, seu post e o vereador Denilson Gadelha

O policial civil Herbet Pessoa, mais conhecido por Herbinho, disse, através das redes sociais, que o “Judiciário de Macaíba é bricadeira”, acrescentando em seguida: “Corrupção generalizada”. Para dar exemplo, Herbinho poderia ajudar o MP dizendo onde sua mulher,  Patrícia Correia de Lima,  lotada no gabinete do vereador Denilson Gadelha, na Câmara de Macaíba, dá expediente.

CIDADE DA CORRUPÇÃO I

Um observador da cena local, ao ler as declarações do policial civil Herbinho, que tem a mulher lotada no gabinete do vereador Denilson Gadelha, imaginou que a reclamação do Policial se trata de uma denúncia, feita há mais de dois anos, ao MP, sobre a venda do Centro Social de Mães Nair de Andrade Mesquita, pelo seu diretor Valério Mesquita, ocorrida em 1988 por 800 mil cruzados. Para quem não sabe, o tal Centro era um prédio público onde funcionou a Creche Casulo e hoje funciona o Restaurante Popular. Abaixo, procuração de venda do prédio público.

Resultado de imagem para rapto de crianças fique atento

Uma tentativa de rapto de uma criança no distrito de Cajazeiras, distante aproximadamente 25 km da zona urbana de Macaíba deixou os moradores da localidade aflitos. O caso ocorreu na manhã desta terça-feira (17), por volta das 9h. Segundo informações, uma criança caminhava em direção à casa de familiares, quando, na altura da igreja católica do distrito, dois casais, num veículo preto, modelo não identificado, abordaram a criança. Familiares gravaram um áudio por meio do aplicativo WhatsApp alertando os moradores de Cajazeiras sobre o ocorrido.

Os ocupantes do veículo teriam convidado a menina para entrar nas dependências do carro. Atenta, a garota ignorou o pedido e muito assustada, correu em direção à residência de sua avó. Após tomar conhecimento do caso, familiares da vítima fizeram diligências pela região para encontrar os possíveis aliciantes, mas não obtiveram sucesso.

Rapto de crianças são mais comuns do que imaginamos

No RN, o rapto de crianças acontece com bem mais frequência do que imaginamos. O sumiço das criancinhas do Planalto, bairro de Natal, é até hoje o caso mais emblemático desse tipo de crime, no estado potiguar. O caso aconteceu entre os anos de 1998 a 2011, onde cinco crianças foram retiradas de suas famílias sem deixar nenhum vestígio. O crime ganhou repercussão nacional, mas, mesmo assim, até hoje as autoridades não desvendaram o mistério. As cinco crianças foram raptadas das residências de seus familiares.

O mais recente caso de rapto envolvendo crianças aconteceu no último dia 28 de março deste ano, no bairro da Redinha, Zona Norte de Natal. Yasmin Lorena, 12 anos, saiu de casa para deixar um dinheiro na casa de uma vizinha a pedido da mãe. Desde então, não foi mais vista. Próximo de completar um mês do desaparecimento, as autoridades potiguares ainda não desvendaram o mistério do paradeiro de Yasmim.

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decide hoje (17) sobre o recebimento da denúncia contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) em um dos inquéritos resultantes da delação do empresário Joesley Batista, da JBS.

A sessão está marcada para as 14h. A Primeira Turma é composta pelos seguintes ministros: Marco Aurélio Mello (relator), Alexandre de Moraes (presidente), Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Rosa Weber.

Segundo a denúncia, Aécio solicitou a Joesley Batista, em conversa gravada pela Polícia Federal (PF), R$ 2 milhões em propina, em troca de sua atuação política. O senador foi acusado dos crimes de corrupção passiva e tentativa de obstruir a Justiça.

Agência Brasil