Brasil: Policiais sofrem em delegacia sucateada enquanto presos têm até climatizador nas celas

(Reprodução/Street View)

Conselho de Segurança ordenou até instalação de climatizadores em celas

Caixa d’água com vazamentos, problemas nos condicionadores de ar, pouco efetivo, policiais atuando como agente penitenciários. Esses são alguns dos problemas apontados pelo Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis do Mato Grosso do Sul) na Delegacia de Polícia de Sidrolândia, a 73 km de Campo Grande, e que estariam “travando” o andamento de investigações na unidade.

De acordo com a denúncia publicada nas redes sociais do sindicato, o problema na unidade é crônico e se estende há mais de 15 anos. “Se olharmos o pátio, as celas, o cartórios, vamos ver que são espaços já deteriorados, que precisam de reforma e melhoria, ou pelo menos uma ajuda emergencial”, comenta o presidente da entidade Giancarlo Miranda.

O sindicalista também afirma que a falta de efetivo e o desvio de função a que policiais civis são submetidos resulta na lentidão das investigações. “Temos um policial no plantão, dois na investigação e um escrivão, apenas. Nessa delegacia, temos 500 inquéritos em andamento que não vão para frente por falta de efetivo. E para piorar, os policiais precisam fazer o trabalho de carcereiros”, denuncia.

Midiamax

Administrador

Deixe uma resposta