Diante da situação de pandemia e como forma de acolher da maneira mais abrangente possível os usuários do sistema público de saúde local, a Prefeitura de Macaíba passa a adotar o regime de sentinela em três unidades de saúde de sua rede. A novidade foi implantada desde a quarta-feira (01/04) e irá perdurar por tempo indeterminado.

Os postos de saúde contemplados estão respectivamente localizados no Conjunto Potengi, Campo da Santa Cruz e Campo das Mangueiras. Estas unidades estarão abertas em horário estendido até 19h, tendo o seu funcionamento iniciado a partir das 7h. Entre 15h30 e 19h, serão atendidos pacientes em situações de classificação de risco verde ou azul como, por exemplo, dores localizadas (ouvido, cabeça, abdômen, etc.) diarreia, arboviroses (dengue, zika e chikungunya) e influenza (gripe comum) por uma equipe composta por médico, enfermeiro e técnico de enfermagem.

Vale lembrar que os atendimentos de rotina e os procedimentos considerados eletivos continuam suspensos nos postos de saúde em geral devido à situação de emergência do Coronavírus (COVID-19). As demais unidades de saúde da rede municipal permanecem funcionando das 7h às 15h30.

Essa medida adotada pela Prefeitura visa reduzir o fluxo da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e deixá-la para atender exclusivamente situações de urgência e emergência com classificação de risco laranja ou vermelha, em especial relacionados com sintomas suspeitos de COVID-19.

Foto: Arquivo-PMM

Assecom-PMM

A Prefeitura de Macaíba está trabalhando para atender os pacientes com sintomas do novo coronavírus (Covid-19). Neste sentido, em parceria com o Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi, estão preparados 21 leitos para receber pacientes no local.

O Centro Anita Garibaldi também vai atender casos suspeitos da doença em crianças e gestantes, em trabalho conjunto com a UPA de Macaíba. Com relação à Unidade, ela também está sendo preparada para receber as pessoas. O Exército Brasileiro está montando tendas na parte externa da UPA. A administração municipal também comprou 32 novas cadeiras para auxiliar no atendimento aos pacientes.

Neste momento de pandemia, a Prefeitura ressalta a necessidade do isolamento social como medida de prevenção ao novo vírus. Lavar as mãos com frequência e evitar aglomerações devem ser ações feitas constantemente pela população.

Fotos: Márcio Lucas

Assecom-PMM

Chama a atenção a fixação do governo Fátima Bezerra em contratar uma OS da Bahia, também é estranho ser utilizado como hospital de campanha O Arena das Dunas, da OAS, empresa com histórico profundo com o PT. A governadora insiste em não ajeitar os hospitais que já estão abertos ou escolher algum imóvel do estado como o Centro de Convenções, até o Juvenal Lamartine, se é importante ser em um campo do futebol.

Fátima tomou posse não só da cadeira de governadora, mas de todos às instituições, que morrem de medo dela.

Gustavo Negreiros

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio, informou por meio de suas redes sociais que está com Coronavírus:

“Estou em tratamento em casa, junto com Terezinha que também foi contaminada. Estamos sem maior gravidade até o momento. Apenas o incômodo dos sintomas que são duros”, disse.

Meus amigos, recebi hoje o resultado do teste que fiz para COVID-19 desde que passei a sentir sintomas da doença: deu positivo.

Estou em tratamento em casa, junto com Terezinha que também foi contaminada. Estamos sem maior gravidade até o momento. Apenas o incômodo dos sintomas que são duros.

Estou sem contato social há mais de semana. Desde que surgiram os primeiros sinais, me recolhi com Terezinha e passei a me cuidar.

Apesar dos dias difíceis, consigo algum momento de alívio para acompanhar os acontecimentos e decidir as medidas que temos tomado no combate ao vírus em nosso município.

Os sintomas que tenho sentido aumentam a convicção do quanto todos devemos nos resguardar. E do quanto nós, autoridades, devemos lutar para que as pessoas não sejam atingidas por este vírus e não tenham que passar pelo que eu, Terezinha e tantas outras pessoas estamos passando.

Este era um risco que eu, Terezinha, Jalmir e todos que estamos na linha de frente no combate à doença, corríamos.

Agradeço aos que se preocupam e aos que nos mandam preces.

Tudo vai passar e vamos sair disso mais fortes e ainda mais próximos.

A Prefeitura de Macaíba segue com a campanha de vacinação contra a gripe Influenza até o dia 22 de maio de 2020, em todas as Estratégias de Saúde da Família (ESF). O dia 9 de maio, um sábado, será o dia “D” de mobilização nacional da campanha que, nesta primeira fase, conta com mais de 90% dos idosos e todos os profissionais de saúde do município vacinados.

A expectativa é que todos os idosos do município sejam vacinados até o próximo dia 16 de abril, uma quinta-feira. A próxima fase começará nesta data e tem como foco os professores das escolas públicas e privadas; profissionais das forças de segurança e salvamento; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

No dia 9 de maio terá início a terceira fase da campanha, que visa vacinar crianças de seis meses a menores de seis anos de idade; gestantes; puérperas; povos indígenas; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional; adultos de 55 a 59 anos de idade.

O Ministério da Saúde tomou a decisão de realizar a campanha com um mês de antecedência, que historicamente acontecia em abril, pelo momento que o mundo passa no combate ao novo coronavírus (COVID-19). Com isso, pretende-se proteger a população contra a gripe além de minimizar o impacto sobre os serviços de saúde. Destaca-se que os sintomas desta doença são semelhantes aos do coronavírus e essa antecipação visa reduzir a carga da circulação de Influenza na população.

Sobre o COVID-19, a Prefeitura de Macaíba ressalta que todas as medidas de saúde estão sendo tomadas no âmbito municipal para a prevenção à doença. Neste sentido, conta com a colaboração de todos os cidadãos e cidadãs do município para evitar aglomerações, entre outras medidas preventivas divulgadas amplamente nos meios de comunicação oficiais da administração.

Foto: Márcio Lucas

Assecom-PMM

A pandemia do novo coronavírus chegou nesta quinta-feira, 2, à marca de 1 milhão de pessoas infectadas e já tirou a vida de mais de 51 mil. O surto que começou na província chinesa de Hubei e foi declarado pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS) após se disseminar para 181 países e regiões. Os mais impactados – Estados Unidos, Itália, Espanha, China e Alemanha – adotaram mudanças drásticas nos seus modos de vida – do trabalho à religiosidade.

Na noite desta quinta-feira, os EUA registraram 1.169 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, segundo contagem de referência realizada pela Universidade Johns Hopkins, atingindo o recorde de mortes mundiais em um único dia desde que a pandemia começou.

O presidente americano, Donald Trump, falou em possivelmente 100 mil mortes no país – mais que a soma das Guerras da Coreia e do Vietnã. A chanceler alemã, Angela Merkel, fez seu primeiro pronunciamento televisivo à nação em 14 anos de mandato, pedindo calma, solidariedade e união da maior potência econômica europeia frente ao “maior desafio desde a 2ª Guerra”.

ESTADÃO CONTEÚDO

O enfermeiro Antonio De Pace, de 28 anos, confessou ter matado a própria namorada, a médica recém-formada, Lorena Quaranta, de 27, na Itália. Logo após o crime, o homem ligou para as autoridades. Ele ainda tentou se suicidar cortando os pulsos, no entanto, foi socorrido. As informações são da jornal Daily Mail.

Segundo o jornal, os dois trabalhavam no mesmo hospital em Messina, na Sicília, e cuidavam do atendimento de infectados pelo coronavírus. Antonio disse às autoridades que matou Lorena porque ela havia lhe passado coronavírus.

No entanto, o casal foi testado para a doença, mas os exames não apontaram diagnóstico positivo para o Covid-19. As autoridades italianas estão investigando o caso. Antes do crime, Lorena chegou a publicar nas redes sociais um texto sobre a morte de 41 médicos italianos por Covid-19.

“Agora, mais do que nunca, precisamos demonstrar responsabilidade e amor pela vida. Vocês devem demonstrar respeito por si mesmos, suas famílias e o país. Vamos ficar todos em casa. Vamos evitar que o próximo adoecer seja um ente querido ou nós mesmos”, escreveu a médica.

UOL

A secretaria Municipal de Saúde de Mossoró confirmou nesta quinta-feira (2) a terceira morte no Rio Grande do Norte por Covid-19. É o segundo óbito em Mossoró. O paciente estava internado na UTI de um hospital privado da cidade com pneumonia viral.

A vítima Luiz Alves de Brito de 48 anos, conhecido como Luiz, que trabalhava como técnico de enfermagem em Mossoró na Maternidade Almeida Castro e enfermeiro, em Areia Branca. Ele estava entre os 106 casos confirmados pela Sesap.

A Prefeitura de Areia branca através do seu perfil no Instagram lamentou a morte:

Do portal G1RN:

O Rio Grande do Norte registrou na noite desta quinta (2) a terceira morte de paciente com coronavírus. A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). A vítima é um técnico de enfermagem, de 48 anos.

De acordo com a Sesap, o paciente deu entrada em um hospital privado com pneumonia viral. Ele ficou internado e teve a confirmação de que era Covid-19 no dia 28. Na noite desta quinta ele morreu.

Até o último boletim da Sesap, divulgado na tarde desta quinta (2), o Rio Grande do Norte tinha 106 casos confirmados e 2.153 suspeitos da Covid-19.

Um homem foi assassinado a tiros dentro de um carro, na tarde desta quinta-feira (02), no bairro Dix-Sept Rosado, Zona Oeste de Natal. De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi atingida por disparos que vieram de atiradores que estavam em outro carro. Os veículos ficaram lado a lado na Avenida Coronel Estevam (Av. 9).

Os suspeitos conseguiram fugir e até o momento ainda não foram localizados. As polícias Civil e Militar foram acionadas e tiveram dificuldade para isolar o local do crime para aguardar a chegada das equipes do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep).

Os policiais se dividiram entre colher elementos para iniciar as investigações e dispersar a população do bairro, que se aglomerou perto da cena do crime. Por causa disso, uma das faixas da avenida precisou ser interditada, o que causou transtornos no trânsito da via.

Os curiosos estavam próximos uns dos outros, o que deve ser rigorosamente evitado para conter o contágio pelo novo coronavírus (Covid-19), segundo orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS). Uma cartaz que está na pagina do Facebook diz que o jovem atirou na sua cunhada e em uma criança de 05 anos.

Imagens e texto retirados da página Notícias no Face

Ler mais…