Ministro em recepção a Gelson em uma das últimas visitas do vereador a Brasília 

O Ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho lamenta profundamente a morte do seu amigo e Presidente da Câmara Municipal de Macaíba -RN, Vereador Gelson Lima, ocorrida neste sábado, 06/06, em Macaíba-RN. Na oportunidade se solidariza com a sua família e amigos.

Acabamos de ser informados da morte do vereador Gerson Lima. De acordo com informações, Gerson pode ter morrido de um infarto nas primeiras horas da manhã de hoje. Seu corpo ainda se encontra em sua residência. Familiares e amigos aguardam a chegada do ITEP.

Atualização

Segundo informações, o vereador estava se queixando de cansaço com alguns amigos, que sugeriram  que ele procurasse um médico. Neste exato momento existe uma multidão na casa do vereador.  Ninguém estaria conseguindo chegar perto do corpo de Gerson, pois  um cachorro que Gerson adotou, não estaria permitindo  que ninguém se aproximasse.

Imagem: reprodução

O Ministério da Saúde divulgou nesta sexta-feira (5) seu mais recente balanço de casos confirmados e mortes por complicações da Covid-19. Os principais dados são:

35.026 mortes, eram 34.021 na quinta-feira (4);

Foram 1.005 registros de morte incluídos em 24 horas;

645.771 casos confirmados, eram 614.941 na quinta;

Foram incluídos 30.830 casos em 24 horas;

Nas últimas 24h, 11.977 pacientes foram recuperados;

Balanço por estados

O Ministério da Saúde divulgou também a distribuição dos casos e mortes por complicações do coronavírus Sars-Cov-2 por estado brasileiro. Veja abaixo a distribuição dos casos e mortes por estado apenas nas últimas 24 horas:

No final da tarde desta sexta-feira (05), aconteceu um acidente com vítima fatal na cachoeira do talhado, na Serra de Porto Alegre.

Segundo populares, uma jovem identificada como Rejane, vendedora da Sadia, teria caído da cachoeira no momento que realizava uma selfie. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar estiveram no local fazendo o resgate da jovem, mas infelizmente ela não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local.
O local é muito visitado por pessoas que fazem trilha e gostam de boas paisagens para fotografar.

Em mais um dia de alívio nos mercados internacionais, o dólar fechou abaixo de R$ 5 pela primeira vez desde março. A bolsa de valores ultrapassou os 94 mil pontos e encerrou no nível mais alto em três meses.

O dólar comercial encerrou esta sexta-feira (5) vendido a R$ 4,988, com recuo de R$ 0,144 (-2,8%). A cotação operou em queda durante toda a sessão e fechou no menor nível desde 13 de março (R$ 4,813). Na mínima do dia, por volta das 12h30, chegou a atingir R$ 4,94.

A moeda fechou a semana com queda de 6,6%. Essa foi a maior queda semanal para o dólar desde outubro de 2008. Em 2020, a divisa acumula alta de 24,29%.

O euro comercial fechou o dia vendido a R$ 5,609, com recuo de 3,35%. A libra comercial caiu 2,44% e terminou a sessão vendida a R$ 6,291.

O Banco Central (BC) interveio pouco no mercado. A autoridade monetária ofertou até US$ 620 milhões para rolar (renovar) contratos de swap cambial – venda de dólares no mercado futuro – que venceriam em julho.

Bolsa de valores

No mercado de ações, o dia foi marcado pelo otimismo com o exterior. O Ibovespa, índice da B3 (bolsa de valores brasileira), fechou o dia aos 94.637 pontos, com ganho de 0,86%. O índice está no maior nível desde 6 de março, quando tinha fechado próximo aos 98 mil pontos.

O Ibovespa seguiu o mercado norte-americano. O índice Dow Jones, da Bolsa de Nova York, fechou a sexta-feira com forte alta de 3,15%. Apesar dos protestos antirracistas nos Estados Unidos, os investidores reagiram à queda do desemprego nos Estados Unidos, cuja taxa caiu de 14,7% em abril para 13,3% em maio. A ampliação do pacote de estímulos do Banco Central Europeu de 750 bilhões para 1,35 bilhões de euros também influenciou os mercados internacionais.

Há vários meses, mercados financeiros em todo o planeta atravessavam um período de nervosismo por causa da recessão global provocada pelo agravamento da pandemia do novo coronavírus. Nos últimos dias, os investimentos têm oscilado entre possíveis ganhos com o relaxamento de restrições em vários países da Europa e em regiões dos Estados Unidos e contratempos no combate à doença.

Agência Brasil

Por motivo da ocasião da pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), a Prefeitura de Macaíba continua a distribuição de máscaras nas mais diversas localidades. Nesta primeira semana de junho, a distribuição é feita em comunidades rurais tradicionais como Capoeiras – Quilombola e Tapará – Indígena, totalizando mais de 1 mil unidades entregues aos moradores.

A disponibilização de oferta de máscaras no município se dá graças a parcerias com o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas/RN), e com o Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon/RN).

Vale lembrar que no final de abril, foram distribuídas mais de 2,5 mil máscaras para proteção de nossa população na região central Centro do município. Também é importante lembrar que cada um deve fazer a sua parte, saindo de casa somente quando for necessário, principalmente se for idoso ou tiver alguma doença crônica. O isolamento social ainda é a melhor forma de prevenir e combater a doença.

Uso de máscaras é obrigatório em locais públicos e estabelecimentos comerciais de Macaíba desde 30 de abril do corrente ano, quando foi publicado o Decreto nº 1.945/2020, que pode ser conferido na íntegra no Boletim Oficial do Município, Nº 0469, Ano III.

Segundo o Boletim mais recente da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap/RN) sobre a situação do COVID-19 em âmbito local, com dados de 04 de junho, Macaíba conta com 06 óbitos confirmados, 177 casos confirmados e 687 casos suspeitos. Além disso, há 02 óbitos em investigação.

Assecom-PMM

Na data em que é celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente, a Prefeitura de Macaíba realizou uma ação de limpeza e plantio de 50 mudas de plantas como Jenipapo, Uvaia do Mato e Baba de Moça nas imediações da nascente do Rio Pitimbu, na manhã desta sexta-feira (5), no assentamento Quilombo dos Palmares. O secretário municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, Telmo Guerra, esteve presente na ação.

A iniciativa da Prefeitura de plantar mudas no local e em todo o município é realizada desde 2008 em várias comunidades, bairros e distritos macaibenses. Nas margens do Rio Pitimbu, a administração realiza ações para diminuir os danos causados pela degradação ambiental na região, sendo que entre as ações estão palestras nas escolas de todo o município, recuperação da mata ciliar em trabalho conjunto com a comunidade escolar e moradores da área.

Um dos mais importantes rios do Rio Grande do Norte, responsável pelo abastecimento de água potável para aproximadamente 30% da população de Natal, o Rio Pitimbu conta com uma bacia hidrográfica de aproximadamente 130 km, distribuída entre os municípios de Macaíba, Parnamirim e Natal.

Fotos: Márcio Lucas

Assecom-PMM

Policiais da Força Tática do 2° BPM prenderam na tarde desta quinta feira 04 de junho de 2020, durante Operação na região do Santa Delmira em Mossoró RN, José Alves Cardoso Neto,  o “Dudé”.

A equipe da FT realizava patrulhamento no Promorar, quando foi informada pelo Ciosp de que estava ocorrendo disparos de arma de fogo na região. Durante diligências os policiais perceberam quando uma pessoa que estava na calçada de casa entrou rápido na residência e fechou a porta.

Suspeitando que havia algo de errado, a equipe foi até a casa e sabendo que o imóvel era moradia de Dudé e com autorização do pai dele que estava na calçada entraram na casa onde encontram um revólver calibre 38 municiado.

Dudé foi encaminhado a delegacia de plantão da Polícia Civil para os procedimentos. Na delegacia foi constatado que o mesmo estava em liberdade condicional, o que impede do delegado arbitrar fiança em seu favor.

Ele foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e passará a noite custodiado na DP de Plantão. Na manhã desta sexta feira (05) o mesmo será encaminhado ao sistema prisional, onde ficará a disposição da justiça

A escolha do deputado federal Felipe Franchscini (PSL-PR) para substituir Joice Hasselmann (PSL-SP) na liderança do PSL da Câmara teve o objetivo de distencionar a relação entre bivaristas e bolsonaristas.

A trégua acontece sete meses depois que parlamentares apoiadores de Jair Bolsonaro de dentro da sigla romperam com os que ficaram ao lado do presidente do partido, Luciano Bivar (PSL-PE).

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) atuou para aproximar os dois grupos, mas trabalhou para que Joice fosse afastada, chegando a oferecer votos da base presidencial para derrubá-la.

Ontem, após a coluna revelar a troca, Francischini recebeu diversos cumprimentos por mensagens de colegas bolsonaristas comemorando seu nome. Sob seu comando, a ordem é que quem quiser  brigar com o governo Bolsonaro fará isso sozinho.

BELA MEGALE – O GLOBO