Informativo Atitude - Credibilidade é o que conta

O Rio Grande do Norte alcançou 50% da população adulta totalmente imunizada contra a covid-19 nesta quarta-feira (22), ou seja, aquelas pessoas que receberam duas doses ou o imunizante de dose única. O registro é do RN Mais Vacina, plataforma criada e gerida pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN).

A repercussão do avanço da vacinação pode ser percebida nos índices de internação e óbitos – cada vez menores – em todo o estado. Nas últimas 72h, o RN não registrou mortes decorrentes da pandemia de coronavírus que atinge todo o mundo desde 2019.

Uma mulher e o filho foram feitos reféns na tarde desta quarta-feira (22) após quatro homens armados em um Palio branco roubarem o veículo da vítima no bairro do Tirol.

Durante a ação, dois dos bandidos ficaram no Palio e os outros dois foram até o HB20 em que estava a mulher com o filho.

As duas vítimas foram liberadas pelos assaltantes em Felipe Camarão, na zona Oeste.

Como diz a Segurança Pública no RN, foi mais um dia “atípico” na capital.

Fonte: Blog do Gustavo Negreiros

Como nada foi resolvido, o mal-estar está grande entre os “Meninos”, ainda existe quem aposte em retaliação, mas os mais íntimos admitem que Bob Filho (Emídio Júnior) não tem coragem de aplicar medidas punitivas a Netinho, o quem tem deixado os membros do alto escalão da Prefeitura com os nervos à flor da pele. Ainda como se não bastasse, vários acontecimentos mostram com clareza que os Meninos poderão subir em palanques diferentes em 2022. O bloco do Iluminado Denílson Gadelha, não estaria gostando de algumas coisas que estão acontecendo dentro da Prefeitura, principalmente, das que estão ligadas a Netinho. Então, amigos, preparem o coração, pois hoje os Bastidores prometem.

Ingrid Guimarães não renovou seu contrato fixo com a Globo e deixará a emissora após 28 anos. A artista, inclusive, já tem uma casa nova. Ela assinou contrato com a Amazon, onde desenvolverá um novo projeto para o streaming.

A atriz apareceu pela primeira vez na Globo na novela ‘Mulheres de Areia’, em 1993. Ela também ganhou destaque com os humorísticos ‘Sob Nova Direção’, ao lado de Heloísa Périssé, ‘Zorra Total’, ‘Escolinha do Professor Raimundo’ e ‘Chapa Quente’.

Quem também deixou a emissora nessa terça-feira, foi o ator Lázaro Ramos. Segundo informações da colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, Ingrid e Lázaro assinaram acordo de exclusividade com a Amazon.

Com informações de Istoé

Acompanhantes de pacientes e servidores do Hospital Walfredo Gurgel estão sem alimentação desde segunda-feira (20). O motivo é a greve dos funcionários que prestam serviço de alimentação terceirizada aos hospitais do Estado. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde-RN), essa categoria está com os salários atrasados desde agosto deste ano e também sem o auxílio transporte.

Por causa da greve, as equipes da empresa encontram-se reduzidas com apenas 30% dos funcionários trabalhando, fato que acarretou a falta de alimentação para servidores e acompanhantes da maior unidade hospitalar pública do RN.

“É desumano que um trabalhador da saúde assuma um plantão de 12h sem direito a se alimentar. É desumano, também, que um acompanhante de um paciente, muitas vezes, idosos vindos do interior do estado e enfrentando forte crise financeira não tenham direito à alimentação”, ressaltou o Sindsaúde, em nota.

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) que foi feito um acordo de pagamento na segunda-feira (20) às empresas JMT e SAFE.  No entanto, a JMT está em tratativas que devem ser solucionadas ainda nesta terça-feira (21).

“Esse fato se deve ao atraso na entrega de documentação comprobatória da execução dos serviços e trâmites processuais entre a Sesap e as empresas, necessário para o pagamento. Nesse sentido, torna-se imprescindível que os funcionários retornem às atividades, evitando assim um prejuízo na assistência da população”, disse a Sesap.

Do Portal da Tropical

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski determinou, nesta terça-feira (21), que sejam enviadas pelo presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), informações sobre a sabatina do ex-ministro da Advocacia-Geral da União (AGU) André Mendonça. As informações são da analista de política da CNN Thais Arbex.

Mendonça, que é ex-ministro da Justiça e ex-advogado geral da União, foi o indicado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para ocupar o lugar do ex-ministro Marco Aurélio Mello no STF.

Alcolumbre, porém, ainda não marcou a sabatina na CCJ do Senado, o que gerou a reação dos senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Jorge Kajuru (Podemos-GO), que protocolaram, na última quinta-feira (16), um mandado de segurança no STF contra o presidente da comissão. A decisão de Lewandowski desta terça-feira foi uma resposta a esta ação.

Segundo os senadores, Alcolumbre se recusa a marcar a sabatina de Mendonça. A comissão recebeu a indicação de Mendonça em 19 de agosto, e, desde então, não marcou data para sua sabatina. O parlamentar terá 10 dias para enviar as informações solicitadas pelo STF.

Movimentação nos bastidores
Conforme informou a analista de política da CNN Thais Arbex, após um movimento de líderes evangélicos, aliados de Alcolumbre disseram à CNN que o senador decidiu destravar o processo e que vai marcar a sabatina no colegiado até 15 de outubro.

Nos bastidores, pessoas próximas a Alcolumbre dizem, no entanto, que a decisão de marcar a sabatina não muda a posição contrária do senador à indicação de Mendonça ao Supremo.

O ex-presidente do Senado é um dos principais entusiastas do nome do procurador-geral da República, Augusto Aras, para a vaga na Corte.

O indicado para a vaga no STF obrigatoriamente precisa passar pela CCJ, e, se for considerado apto pelos senadores, seu nome vai para votação no plenário.

Para ser aprovado, é necessário ter apoio da maioria absoluta da Casa, com ao menos 41 votos favoráveis. Em caráter reservado, aliados de Alcolumbre disseram à CNN que, tão logo a data da sabatina seja anunciada, haverá uma força-tarefa para consolidar uma derrota de Mendonça no plenário do Senado.

CNN Brasil

 

 

Com o objetivo de “apurar possível acumulação ilegal de cargos públicos, envolvendo servidores com três ou mais vínculos funcionais”, a promotora de Justiça Luciana Queiroz Lopes de Melo Martins Pessoa instaurou inquérito civil que vai investigar quase 800 casos em “situação de possível acúmulo ilegal de três ou mais vínculos funcionais”.

Dentro do inquérito civil, que foi publicado na edição desta terça-feira do Diário Oficial do Estado, a promotora pede a “listagem, em ordem alfabética e numeração crescente, dos 795 servidores identificados pela equipe do Projeto AUDITA RN, preservando a identificação do CPF e o quantitativo de vínculos, bem como sinalizando eventuais casos de duplicidade.

O AUDITA RN é é coordenado pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Além disso, foi requisitado à Secretaria de Estado de Administração e Recursos Humanos (SEARH), no prazo de 30 dias úteis, “informações atualizadas sobre as providências adotadas pelo Estado em relação aos 795 servidores identificados pela equipe do Projeto AUDITA RN, em situação de possível acúmulo ilegal de 3 ou mais vínculos funcionais”.

Dentro dessa solicitação, o MPRN pede “identificação nominal dos casos: a) de duplicidade de servidores constantes na listagem confeccionada pela equipe do Projeto AUDITA RN; b) de servidores para os quais não foram identificados vínculos com a Administração Estadual; c) de servidores que não possuem acúmulo irregular; e d) de servidores com processos de investigação em andamento, no Processo SEI 05510090.000946/2020-20, devendo restar evidenciado, o trâmite atual de cada um desses casos e as razões dos arquivamentos de alguns desses procedimentos”.

Fonte: Blog do Gustavo Negreiros

O Google e o Twitter classificaram como desproporcionais e possível censura prévia as decisões do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes de bloquear perfis bolsonaristas. As declarações foram feitas em inquérito que investiga a ação de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na organização das manifestações de 7 de Setembro.

Diversos perfis do YouTube (que pertence ao Google), Instagram, Facebook e Twitter foram bloqueados a mando de Moraes em dias anteriores aos protestos.

A abertura do inquérito e os mandados contra os alvos da operação atenderam a um pedido da PGR (Procuradoria Geral da República), que investiga manifestações contra instituições.

Poder 360

Um idoso de 60 anos foi encontrado morto dentro de casa, com marcas de facadas nas costas, nesta segunda-feira (20) em uma vila residencial em Ponta Negra, na Zona Sul de Natal.

A vítima foi identificada como José Donizete Soares. Ele não era visto desde a última quinta-feira (16). Segundo a polícia, um amigo dele foi ao imóvel à procura do idoso, na manhã desta segunda, sentiu um cheiro forte e chamou a polícia. Quando os policiais entraram na casa se depararam com o corpo da vítima.

Segundo informações colhidas pelo 5º Batalhão da Polícia Militar, o idoso teria chamado amigos para uma festa na própria casa e, desde então, não atendia mais as ligações dos colegas de trabalho. Nenhum suspeito foi preso.

Com informações do G1